A correria do dia a dia é uma de nossas principais inimigas para uma vida saudável. Um jeito de acrescentar horas ao dia nós ainda não conhecemos, mas temos dicas que podem te ajudar a cuidar melhor da alimentação no dia a dia.

Talvez você já saiba que a simples falta de tempo para fazer refeições com calma e em intervalos de tempo adequados é prejudicial a nós. Por isso, queremos te dar dicas de como evitar essa situação. Acompanhe!

1. Aposte no cardápio da semana

Você pode até pedir um delivery diariamente pensando na praticidade, mas sabe que o custo vai ser elevado, não é mesmo? Fora isso, nem todas as opções são saudáveis e você pode acabar caindo na armadilha de abusar de fast-foods e similares.

Por isso, a primeira dica para você que está sem tempo para refeições é apostar no preparo do cardápio ou da marmita da semana inteira. Isso porque, ao fazer isso, você precisa cozinhar apenas uma vez a cada semana e acaba ganhando tempo.

Além do mais, por ter comida pré-pronta, você tem mais motivos para vencer aquela vozinha ardilosa que fala ao seu ouvido que vale a pena pular uma refeição e deixar para comer só depois, priorizando o trabalho.

Aliás, tenha em mente que até mesmo para trabalhar melhor você precisa manter seu organismo bem nutrido. Ao preparar o cardápio da semana, além de assegurar que você tenha algo para comer no dia a dia, você também pode se envolver mais na escolha de alimentos saudáveis.

2. Planeje seu cardápio semanal

Para criar tempo em sua rotina com o cardápio semanal, o primeiro passo é planejá-lo. Ou seja, definir o que você quer comer ao longo da próxima semana ― o que não significa que você precisa comer a mesma coisa todos os dias, tá!

A ideia é que você tenha aquilo o que é essencial: carboidrato, proteína (que pode ser de origem vegetal, animal ou ambos), legumes e verduras. Caso queira, acrescente sementes, grãos e frutas.

Planejar o cardápio é o que vai permitir que você tenha refeições saudáveis e consiga otimizar o tempo na hora do preparo, além de dar preferência a receitas para congelar e deixar tudo ainda mais prático.

Por exemplo, se você definiu que vai comer abóbora duas vezes naquela semana, prepare tudo de uma vez ao invés de preparar a abóbora de segunda, fazer outras coisas e depois preparar a de quarta-feira, por exemplo.

Lembre-se de usar a criatividade! Se você vai comer frango, pode preparar uma refeição com filé e outra seguindo uma receita simples de frango xadrez (aquele cortado em cubos e com molho shoyo).

3. Faça as contas e defina porções

Quando pessoas passam a preparar os próprios alimentos para ter marmitas para a semana toda, costumam compreender melhor seu consumo de alimentos.

Pode ser, então, que nesse movimento você aprenda o verdadeiro tamanho da sua fome e entenda a quantidade de comida que precisa comprar e preparar para cada semana, evitando desperdícios.

Para começar esse aprendizado, comece a observar o quanto de comida sobra a cada refeição e até o quanto você precisa jogar fora porque acabou estragando. Assim, você vai ter melhores condições de pensar seu cardápio.

4. Facilite sua vida no dia a dia

Não existe regra, mas se a ideia é ter refeição pré-pronta para a semana toda, pode ser uma boa ideia reservar algumas horas no fim de semana para deixar tudo certinho para segunda-feira.

Seja como for, a dica é para que você não espere o dia do preparo do cardápio chegar para fazer o básico. Logo após comprar, você já pode descascar e picar alguns legumes, por exemplo, e guardá-los em recipientes porcionados.

Assim, você vai dedicando um pouquinho do seu tempo a atividades simples e, como consequência, simplificando o preparo das refeições para a semana toda.

Para que isso funcione da melhor maneira possível, pode ser preciso congelar alguns alimentos. Então, sugerimos que você leia nosso post sobre como fazer o branqueamento os alimentos antes de levá-los ao congelador.

5. Otimize o preparo dos alimentos

Quem tem o hábito de cozinhar já tem mais clareza de como organizar a dinâmica na cozinha de forma a fazer bom uso do tempo disponível. Se você não tem esse contato diário com o fogão para preparar refeições, nossas dicas podem ser valiosas:

  • Comece pelo alimento que demora mais tempo para ficar pronto. Em geral, é o que acontece com assados e com o feijão;
  • Caso for utilizar o forno, considere preparos simultâneos. Se você vai assar frango e também planejou algum legume assado para a semana, coloque-os juntos no forno e apenas observe o ponto certo.

6. Saiba como guardar os alimentos

Uma vez que as refeições forem preparadas, você precisa levá-las à geladeira e ao congelador. Quanto a isso, mantenha a atenção para que seus pratos fiquem devidamente resfriados.

Você não precisa congelar tudo o que preparar porque o alimento a ser consumido no dia seguinte, por exemplo, não vai estragar se ficar um dia na geladeira. Então, tenha bom-senso.

Além do mais, lembre-se que saladas só devem ser temperadas na hora ― esse tempo você não consegue poupar! Do contrário, as folhas vão acabar murchando e legumes crus podem acabar perdendo a crocância.

7. Invista em versatilidade e praticidade

Por último, mas não menos importante, pense na forma de acondicionar cada refeição, sobretudo se você precisa levá-las como marmita para o trabalho.

Muita gente gosta de ter vasilhames com divisórias para que a comida não se misture. Também há quem prefira usar embalagens de vidro para evitar o uso de plástico e o risco que algumas substâncias como o BPA apresentam.

É importante colocar suas preferências na balança. Seja como for, já que a ideia é poupar tempo, recomendamos que você aposte em embalagens que garantam praticidade para a sua rotina.

Atualmente, existem embalagens livres de BPA e que podem ir direto da geladeira para o microondas. Opções que facilitam a sua vida evitando que você pule refeições ou almoce só um lanchinho só para se livrar da trabalheira de preparar ou arrumar um prato.

Gostou do post? Compartilhe-o nas redes sociais e em conversas de whatsapp para que mais pessoas confiram essas dicas!

Share:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *