É inevitável. Com o passar do tempo, um imóvel precisa de reparos e, eventualmente os proprietários podem desejar fazer alguma melhoria. Já pensou na possibilidade de reformar a casa sem gastar muito?

Para a maioria das pessoas, reforma é sinônimo de dor de cabeça. Geralmente, o que causa todo estresse são os atrasos e a constante descoberta de novas necessidades que resultam em mais dinheiro investido. 

Manter-se dentro do orçamento inicial é difícil, mas temos dicas que podem ajudar você a evitar gastos desnecessários e garantir que a obra não pese no seu bolso. Continue a leitura para saber mais!

Planeje bem a sua obra

Imagine que você decidiu fazer um bolo, começou separando os ingredientes básicos como os ovos, a farinha o leite e seguiu o preparo da massa. Em determinado momento, precisou decidir sabor.

Abriu o armário, e estava sem chocolate de confeiteiro, procurou bem e também não encontrou extrato de baunilha. Checou a geladeira e não tinha laranjas para usar seu suco. E agora? Parar de fazer o bolo no meio do caminho pode prejudicar o resultado e, por isso, quem cozinha sabe, antes de começar qualquer receita, é preciso checar se dispõe de todos os ingredientes.

Esta é uma simples analogia para falarmos sobre o planejamento da obra. Se você quer reformar a casa sem gastar muito, precisa saber exatamente o que quer fazer antes de começar.

Ter um planejamento detalhado, com objetivos e etapas a seguir ajuda você a ter uma noção mais clara dos custos e a manter o controle sobre a reforma. Caso, no decorrer da obra, algo comece a sair diferente do que o previsto, com seu plano em mãos, fica mais fácil detectar a situação e agir para corrigi-la.

Defina orçamento e limite de gastos

A parte financeira é sempre delicada. Antes de começar uma reforma, você precisa ter clareza de quanto dinheiro tem disponível e do quanto quer ou pode investir na obra.

É importante estabelecer um limite de gastos para evitar surpresas que façam com que seja necessário pausar a obra por tempo indeterminado. Sabendo o quanto você pode investir e tomando por base o planejamento feito, você consegue traçar um paralelo entre o resultado dos sonhos e aquilo o que realmente está ao seu alcance nessa reforma.

Lembre-se de considerar imprevistos, porque é improvável que uma reforma esteja livre deles, e reserve um fundo específico. Se a reforma acontece na área externa e há o aluguel de máquinas, por exemplo, um dia de chuva pode atrasar a obra e fazer com que você tenha que pagar por mais um dia de uso do maquinário.

Tenha em mente também possíveis alterações que você pode fazer caso o orçamento aperte. Por exemplo, se o pedreiro abrir a parede e descobrir um cano enferrujado, você precisa trocá-lo. Para tanto, pode abrir mão da porta de correr e substituí-la por uma porta comum mais em conta?

Busque bons profissionais

O famoso “QI”, quem indica, é muito importante para que você consiga reformar a casa sem gastar muito. Obras podem ser trabalhosas e complexas e, por essa razão, você deve fazer o possível para se certificar de que está contando com a ajuda de profissionais que prestam serviços com excelência.

Com ou sem recomendações, lembre-se de apresentar ao profissional o seu planejamento e compartilhar suas ideias e expectativas para a obra. Busque descobrir se ele tem afinidade com o trabalho que precisa ser feito e com os materiais que você deseja usar. Isso pode contribuir para que falhas e retrabalhos, que custam dinheiro, sejam evitados.

Tenha em mente que bons profissionais tendem a cobrar mais caro. Mas saiba que isso não significa que você tem que contratar aqueles que apresentam orçamentos altíssimos. Faça uma boa pesquisa, negocie e contrate alguém que passe segurança.

Crie um cronograma de obra

Com a ajuda do ou dos profissionais contratados, crie um cronograma de obra. É certo que atrasos podem acontecer mesmo quando o planejamento é bem feito, mas cumprir prazos é possível.

A ideia é detalhar o tempo estimado para cada etapa da reforma, definindo intervalos razoáveis para a realização de cada tarefa. Com a obra em andamento, pode ser interessante repassar o cronograma com os profissionais no começo de cada dia, para que fique claro para todos quais são os objetivos a serem cumpridos, e ao final, para verificar se conseguiram se manter dentro do cronograma.

Obras que atrasam resultam em maior gasto financeiro porque o contratante dos serviços prestados paga a mão-de-obra por dia de trabalho. Assim, fazer o possível para que os prazos sejam cumpridos é importante para reformar a casa gastando pouco.

Valorize a organização

A falta de organização, assim como o descaso com a limpeza do ambiente que está passando pela reforma, pode resultar em atrasos e em desperdício de dinheiro.

Uma reforma costuma demandar a compra de diferentes materiais e se não houver organização, estes podem acabar sendo perdidos no meio da bagunça e da sujeira. Como consequência, os profissionais gastam mais tempo procurando-os ou você gasta mais dinheiro comprando novamente algo que simplesmente se perdeu.

Ainda, a desorganização pode fazer com que peças se quebrem ou sejam danificadas. Algo que também implica em mais gastos e eleva os custos da obra.

Prefira materiais de qualidade

Preços baixos fazem a cabeça de qualquer um. Isso porque, ao longo da vida, houve muito trabalho para juntar o dinheiro que hoje se tem para poder arcar com a obra que se deseja fazer.

Entretanto, ao pensar em reformar a casa gastando pouco, você não pode se esquecer de uma coisinha chamada custo-benefício. Uma ideia que também pode ser apresentada com os dizeres “um barato que sai caro”.

Materiais de qualidade inferior certamente custam menos, mas podem comprometer os resultados da obra. Algo que, por sua vez, pode gerar a necessidades de ajustes em curto prazo. Já imaginou ter que refazer boa parte da obra?

Para não correr riscos, é sempre bom comprar materiais de qualidade superior. Assim como acontece com a contratação dos profissionais, porém, você não precisa escolher os mais caros de todos. Busque por marcas renomadas e faça uma cotação entre as opções que encontrar.

Reforme um espaço por vez

Às vezes, ao fazer uma reforma, o que mais queremos é que tudo fique pronto o quanto antes. Convenhamos, obras geram sujeira, barulho, mudam toda a rotina da casa e podem ser desgastantes!

Com tudo isso em mente, é comum pensar que a melhor escolha é reformar tudo de uma vez para lidar com essa “loucura” uma vez só. Essa estratégia, porém, pode acabar fazendo você gastar mais.

Suponhamos que para a reforma de um ambiente, foram solicitados quatro sacos de cimento e, para a do outro ambiente, mais dois sacos. No fim das contas, durante o processo, os profissionais descobrem que o primeiro ambiente precisava apenas de três e agora você tem um sobrando.

Em alguns casos, você pode até conseguir voltar à loja e trocar o pacote extra de cimento por outros produtos. Mas, e se você já não precisar de nenhum material de construção?

Além disso, se acontecerem mais imprevistos do que o imaginado, optar por reformar um ambiente por vez pode assegurar que você finalize a obra, sem precisar interrompê-la, e sem estourar seu limite de gastos.

Se puder, faça você mesmo

Em obras, os profissionais geralmente são pagos por dia de trabalho. Ainda que você encontre pessoas extremamente dedicadas e produtivas ― ou seja, que não desperdicem tempo ― pode fazer mais para diminuir os custos da reforma.

Caso tenha algo que você saiba fazer, não hesite em colocar a mão na massa! Suponhamos, por exemplo, que uma janela de madeira será reaproveitada e precisa ser lixada para ganhar nova camada de verniz e parecer novinha em folha. Você pode assumir essa tarefa e poupar tempo dos profissionais contratados.

Reformar a casa sem gastar muito é possível, desde que você se dedique a isso. A maioria de nós gostaria de poder tomar distância de qualquer obra e só aparecer quando tudo estiver pronto. Entretanto, seu envolvimento do planejamento à conclusão pode fazer toda a diferença!

A vontade de fazer uma reforma aumentou, mas você anda sem ideias quanto ao que mudar? Confira nossa lista de aplicativos de decoração para transformar a sua casa!

Share:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *