A perda de peso durante a terceira idade é algo muito comum para a maioria dos médicos.

Algumas pessoas até aproveitam esse período para conseguirem ter o corpo que sempre sonharam e conquistar a boa forma esperada. 

Entretanto, uma perda de peso acentuada quando se é idoso requer atenção.

E mesmo para quem quer perder uns quilinhos, é necessário redobrar os cuidados para não prejudicar a saúde. 

No texto de hoje vamos falar mais sobre como o processo de emagrecimento acontece quando se tem mais idade e como reconhecê-lo como um alerta do organismo. 

Esperamos que goste da leitura!

Causa de emagrecimento na terceira idade

Quando a perda de peso não está associada a mudança na alimentação, ao aumento de atividades físicas ou uma mudança no estilo de vida de modo geral, é necessário atenção.

Emagrecer muitas vezes pode estar ligado também ao fator emocional e pode ser desencadeado pelo estresse, por exemplo. 

Porém, há casos também onde o emagrecimento pode estar ocorrendo por conta de alguma enfermidade.

Diabetes, tuberculose e câncer são alguns dos exemplos que podem apresentar o emagrecimento como sintoma. 

Quando o foco são pessoas idosas, o emagrecer pode ser normal. Isso acontece por conta da perda de massa muscular, da massa óssea e da diminuição da massa magra que pode levar a diminuição do peso.

Então, se a pessoa costuma se alimentar normalmente, sem exageros, é normal que o seu peso diminua com o processo. 

Entretanto, é necessário observar. Com a chegada da velhice, esquecer de se alimentar ou dar preferência apenas para determinados tipos de alimento podem ser a causa do emagrecimento na terceira idade.

Por isso, é ideal observar a rotina para mantê-la em dia e com a devida alimentação necessária. 

Com o emagrecimento na terceira idade, o corpo pode acabar ficando mais frágil e vulnerável.

Então, acidentes podem acabar apresentando uma gravidade ainda maior pela diminuição do peso do corpo e dos músculos que ajudam a proteger cada osso e articulação.

Quando é hora de se preocupar?

Se não houver estímulo para o corpo perder peso, isto é, se não houver dietas e exercícios que estejam sendo feitas para se perder peso, é necessário observar alguns fatores.

Se uma pessoa adulta perde cerca de 3,5 quilos ao longo de 1 a 3 meses, é necessário investigar as razões que podem ter trazido esse resultado. 

Sinais além da perda de peso como perda de apetite, cansaço, fraqueza, a pessoa fica gripada ou resfriada com frequência, alteração do ritmo cardíaco e alteração no ritmo do intestino é necessário que a pessoa busque um médico.

Esses sintomas podem apontar para uma fragilidade no organismo que precisa ser investigada. 

Emagrecendo de forma saudável

A perda de peso na terceira idade é possível. Não é porque está ficando mais velho que a pessoa não pode querer cuidar do corpo. Porém, alguns cuidados essenciais são precisos durante esse processo.

Conheça alguns deles:

  1. Consulte um nutricionista: Quer emagrecer com saúde? Consultar um nutricionista pode te ajudar a fazer esse processo da forma correta. Além disso, uma alimentação balanceada vai garantir que o idoso não deixe de absorver os nutrientes necessários sem prejudicar o seu organismo.
  2. Consulte um professor de educação física: Um profissional da área de educação física pode te ajudar a saber os melhores exercícios para o seu bem estar. Exercícios muito pesados devem ser evitados para não ocasionar lesões no corpo da pessoa. 
  3. Tenha uma rotina: Pouca gente sabe, mas ter uma rotina ideal também é uma forma de manter o seu emagrecimento em dia. Uma rotina desorganizada pode fazer com que a pessoa perca o foco no emagrecimento e até na saúde. 
  4. Faça exames de rotina: Um médico pode acompanhar o seu emagrecimento saudável trazendo um feedback importante sobre como o seu organismo se encontra. Por isso, mantenha sempre o seu check-up período atualizado. 

Evitando a perda de peso na terceira idade

Se o seu objetivo não é emagrecer, mas sim manter o seu peso ideal e também a sua saúde, confira como fazer isso da melhor maneira possível. 

  1. Evitando a má nutrição: Se alimentar da forma incorreta ou então não se alimentar pode fazer com que o idoso perca peso em um curto período de tempo. Além disso, isso pode trazer uma sensação maior de fraqueza e indisposição para fazer suas tarefas habituais. 
  2. De olho na medicação: Alguns remédios podem trazer a falta de apetite para o idoso. Por isso, é necessário observar o quanto a pessoa pode querer deixar de comer. Caso isso aconteça, é necessário consultar o médico e se informar sobre uma possível mudança dos remédios. 
  3. Atenção à sensibilidade: Com o passar dos anos a pessoa pode perder a sensibilidade e o estímulo para se alimentar. Os sentidos como olfato e paladar podem ficar prejudicando, diminuindo a vontade de comer. Por isso, caso isso ocorra é necessário consultar um nutricionista ou médico para que a pessoa continue tendo o gosto em se alimentar de forma saudável e nutritiva. 
  4. Precisamos falar de saúde mental: Um dos fatores que levam um idoso a não querer mais se alimentar é a saúde mental. Doenças como depressão e ansiedade podem prejudicar a sua vontade de comer. Qualquer sintoma dessas doenças devem ser conversadas com o médico para que juntos consigam encontrar uma solução. 
  5. Cuidando da saúde oral: Feridas e incômodos na região bucal podem causar menos vontade da pessoa se alimentar. A dor pode ser um dos principais fatores que pode levar um idoso a não querer fazer uma refeição, perdendo peso gradualmente. 

Mais sobre saúde e bem estar

A perda de peso é apenas um dos problemas que podem apontar para alguma questão na saúde que precisa de mais atenção. Porém, ela não é a única. 

A alimentação tem um papel fundamental para prevenir que doenças acometem o organismo de idosos, prejudicando a sua imunidade. 

Por isso, para manter uma alimentação balanceada e em dia, a ObaBox traz como sugestão de leitura de hoje um texto para te ajudar nesse quesito.

Não deixe de ler: De olho na dieta: quais os cuidados com a alimentação dos idosos?

Esperamos que tenha uma boa leitura!

Gostou do conteúdo? A gente espera que sim!

Então, não deixe de compartilhar esse texto em suas redes sociais com quem precisa saber mais sobre a perda de peso na terceira idade.