Já faz tempo que este eletrodoméstico faz parte de nossas vidas, mas você tem certeza que sabe tudo que não pode ir ao microondas? Sabe porque restrições existem?

Se o que queremos é praticidade, precisamos saber como alcançá-la sem que isso represente um risco. Por essa razão, fizemos este post para esclarecer algumas dúvidas que ainda podem existir sobre o uso do microondas. Acompanhe!

A importância de dar atenção a isso

Você já deve saber que não é todo material feito de plástico que pode ir ao microondas, mas acha que é só porque derrete? Deve saber também que alumínio e materiais com detalhes metálicos não devem ser levados a esse forno, mas entende o motivo?

Certamente, se um plástico derreter você pode ter um baita trabalho para limpá-lo do microondas, além de perder uma vasilha e ter de jogar fora o alimento.

Ainda, nem sempre esse derretimento é tão forte e você pode achar que está tudo bem, mas a verdade pode ser outra. Alguns plásticos contêm componentes que podem contaminar a comida caso sejam aquecidos no microondas. Por isso, todo cuidado é pouco!

Quando falamos de alumínio ou de peças metálicas, o que ocorre é risco da formação de faíscas que podem levar à explosões graves. Acredite, isso pode acontecer até com um prato de porcelana que só tem um detalhezinho em metal.

Alimentos

Precisamos dizer ainda que existem alguns alimentos que merecem atenção caso você deseje colocá-los no microondas. Você sabe quais são? Se a resposta foi não, siga em frente com a leitura, falaremos mais a respeito adiante.

O que não pode ir ao microondas

Estamos falando de um eletrodoméstico que já provou sua utilidade e que pode facilitar em muito nossas vidas. Por isso, a boa notícia é que existe uma lista do que não pode ir ao microondas, mas é fácil manter a praticidade apesar dela. Veja só!

Objetos que não podem ser usados

Vamos começar com os objetos, ou seja, com itens que funcionam como vasilhames para aquilo o que desejamos aquecer no forno de microondas:

Plástico comum

Como dissemos anteriormente, há plásticos que vão simplesmente derreter e te dar trabalho. Nesses casos, porém, é inevitável que você não perceba que algo deu errado.

O risco maior está em usar plástico comum, ou seja, aquele que não é próprio para o microondas, ainda que não derreta. É que esse material pode conter substâncias cancerígenas em sua composição que são liberadas com o aquecimento.

É o caso, por exemplo, do Bisfenol-A, muito conhecido como BPA. A dica, portanto, é para que você sempre busque por plásticos próprios para o microondas e livres de BPA, como os da linha de cozinha da Obabox.

Observação importante! Vale lembrar que acrílico é plástico e que, por isso, também não pode ir ao microondas;

Papel alumínio

O risco com o papel alumínio não é a liberação de substâncias que podem contaminar a comida e, pouco a pouco, contaminar seu organismo levando ao desenvolvimento de um câncer.

Diferente disso, o risco do alumínio é o da geração de faíscas que podem provocar incêndios e, por isso, esse é mais um item na lista do que não pode ir ao microondas. Ninguém quer ter que lidar com um incêndio em casa, certo?

Atenção! Alguns fabricantes de marmita usam alumínio que pode ir ao microondas, algo confirmado até mesmo pela Associação Brasileira do Alumínio (ABAL). Para tanto, é preciso seguir as instruções à risca, do contrário, problemas podem ocorrer;

Metálicos em geral

Ao falar do alumínio, pode ser que já tenha ficado claro para você que metálicos em geral não podem ir ao microondas e isso inclui, como já apontamos, louças de porcelana com detalhes em prata ou em ouro.

Apenas para evitar que você corra riscos, resolvemos contar um pouco mais a respeito. Metais podem ser ótimos condutores de eletricidade e, por isso, podem acabar superaquecendo dentro do microondas, gerando faíscas, fogo e explosões;

Isopor

A comida chegou no isopor ou você a colocou nesse tipo de recipiente para poder levar para casa e se deliciar. A melhor coisa que você tem a fazer é transferir o alimento para outro tipo de recipiente antes de aquecê-la no microondas.

Assim como o plástico, o isopor pode soltar substâncias tóxicas quando aquecido, inclusive em forma de gás. Isso pode levar à contaminação da comida e ser perigoso para você;

Embalagens de comida chinesa

A menos que exista uma informação clara na embalagem de que esta é adequada para o uso no microondas, não invente moda!

Talvez você não saiba, mas embalagens de comida chinesa costumam conter metal, por isso, levá-las ao microondas é arriscado. O metal pode existir somente para segurar a caixinha ou ser usado como revestimento interior para manter o alimento aquecido por mais tempo;

Vidro não-refratário

A maioria dos vidros de hoje em dia são refratários e isso significa que são capazes de aguentar altas temperaturas, sendo adequados para o uso no microondas.

Independentemente disso, convém verificar as orientações no próprio vidro. Se você tem peças mais antigas, é provável que sejam não-refratárias e possam superaquecer, trincar ou até quebrar dentro do microondas. Além do transtorno, isso pode ser um risco à sua vida.

Se um pedacinho do vidro se soltar e ninguém perceber, esse pedacinho pode ser ingerido e causar problemas sérios!

Alimentos que precisam de atenção

Como prometido, temos também uma lista de alimentos que merecem sua atenção ou que não podem ir ao microondas. Confira:

Ovo

Já pensou em fazer ovo cozido no microondas? A ideia parece ótima e super prática, mas saiba que ovos com casca podem explodir dentro do forno porque acabam funcionando como uma espécie de estufa e, eventualmente, podem não resistir à pressão.

Os riscos em preparar ovo sem casca são menores, mas ainda existem. Há recipientes próprios, feitos de plástico, que podem ajudar. Quanto a isso, vale apenas confirmar se são adequados;

Pimenta

Pimentas podem pegar fogo quando superaquecidas e, por isso, figuram na lista do que não pode ir ao microondas.

É importante saber também que pimentas podem produzir e liberar gases que irritam os olhos e as vias respiratórias, ainda que não fiquem quentes o bastante para provocar uma explosão;

Cenoura

Em sua composição, a cenoura tem porções de ferro, magnésio e selênio que são… isso mesmo, metais! Por essa razão, aquecer uma cenoura no microondas pode levar à formação de faíscas capazes de darem início a um incêndio;

Alimentos com casca

Tomate, batata e berinjela são exemplos de alimentos que, como o ovo, podem explodir ao superaquecer e, por isso, estão na lista do que não pode ir ao microondas.

Isso também vale para alimentos com casca não-natural, como salsichas e linguiças, ok?

A regra tem exceções, porém. Por exemplo, a batata pode ser cozida no microondas desde que furos sejam feitos em sua casca. Os furos permitem que o vapor aquecido, proveniente da umidade natural do alimento, tenha por onde escapar ao invés de transformá-lo em uma mini bomba;

Água

Talvez você já tenha ouvido que água não pode ir ao microondas, mas pensado que essa afirmação era falsa. Não é!

Saiba que ao ser aquecida no microondas, a água pura não forma bolhas, mas ferve mesmo assim e pode “explodir” queimando suas mãos ou rosto.

É que ainda que pareça que não está tão quente assim, a água está sim em processo de ebulição e o simples toque de suas mãos no recipiente pode causar uma reação capaz de desencadear a explosão. Por isso, o perigo é real.

A solução é esquentar a água do jeito tradicional, no fogão, ou colocar um palitinho de madeira, como o de picolé, dentro do recipiente, junto com a água que vai ao microondas.

Ainda, água misturada a outras substâncias, como um sachê de chá, podem ir ao forno sem perigo.

Como evitar riscos

A melhor forma de evitar riscos é conhecendo as regras e esperamos que este post tenha sido de grande ajuda. No caso de dúvidas, consulte as informações do fabricante.

Atualmente, é crescente o número de recipientes que podem ir ao microondas, então basta verificar as inscrições que costumam vir cravadas no fundo, seja de plásticos ou de vidros. Apesar disso, é bom ter em mente que alguns materiais realmente não devem ser usados, não importa o quão modernos sejam.

Considerando ainda alimentos que podem causar problemas se aquecidos no microondas, lembre-se sempre de usar a tecnologia a seu favor. Pegue logo seu celular e pesquise a respeito, dando preferência a fontes confiáveis.

Gostou da leitura? Confira também: Microondas Faz Mal à Saúde? Verdades e Mentira Sobre esse Aparelho!

Share:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *