Já pensou em falar com um robô? Esse cenário pode parecer até coisa de filme, não é? Só que a gente precisa te contar um segredo.

Talvez você já tenha falado com um e não tenha se dado conta disso. E dizemos mais: o nome desse robô que você falou é chatbot

Mistério, suspense ou mágica? Bom, nada disso. Inovação!

O chatbot é uma das revolução dentro do mercado digital. Entender como funciona um chatbot pode até não parecer simples, mas nós estamos aqui para te dar uma forcinha. 

Veja no texto de hoje tudo sobre o tema e como eles podem fazer mais parte da sua vida do que você imagina.

Boa leitura!

Como funciona um chatbot?

Antes de você saber como funciona um chatbot, que tal saber o que é um.

Bom, a gente já poderia sintetizar a sua dúvida respondendo que se trata de um robô. Mas não é qualquer robozinho não.

O chatbot tem o objetivo de ajudar em atendimentos, fazendo com que dúvidas sejam atendidas e até compras sejam realizadas. 

Ou seja, o chatbot é uma espécie de assistente totalmente online.

Porém, não há uma pessoa interagindo em tempo real com você, mas sim mensagens de texto totalmente automatizadas. 

Para você entender como funciona um chatbot é simples. O chatbot é um objeto de programação.

Dessa forma, um profissional da área de tecnologia consegue programá-lo para responder às perguntas de pessoas reais por meio de um histórico de mensagens que fica registrado no aparelho. 

Se você não consegue visualizar muito bem ainda como funciona o chatbot, vamos te dar um exemplo.

Sabe aquelas janelas que abrem quando você entra em um site. Aparece muitas pessoas uma figura de um chat mostrando que você pode entrar em contato. Isso é um exemplo de chatbot.

E você nem percebeu!

O chatbot tem o objetivo de ser uma central de atendimentos totalmente inteligente. Dessa forma, muitos desses chats fazem uma triagem das informações essenciais para solucionar um problema já na primeira etapa ou então direcionar para o setor apropriado.

Simples, rápido e fácil. 

A ferramenta é uma inovação para empresas e usuários

Você pode até não conseguir visualizar esse cenário agora, mas o chatbot ajuda e muito às empresas a atenderem melhor os seus clientes.

Você deve conseguir se lembrar do tempo que você passa esperando atendimento de uma pessoa real no telefone, não é? E quando você depois de passar esse tempo descobre que precisa ser transferido para outro setor?

Nossa! Dava até vontade de sumir!

Pois bem. O objetivo do chatbot é justamente encurtar os processos e fazer com que o cliente fique satisfeito quando precisar solicitar reparos, responder dúvidas e até fazer algum pedido.

É praticidade que você quer, é praticidade que o chatbot vai te dar. 

Com a cooperação dos chatbots, o tempo de resposta para resolução de problemas também melhorou.

Sem contar que com menos custos de tempo e dinheiro para empresas, mais se pode oferecer em serviços e melhorias para os clientes. Realmente o chatbot vem para deixar todo mundo satisfeito. 

Porém, nem tudo são flores. Mesmo os chatbots mais avançados contém limitações.

Às vezes, o cliente vai precisar entrar em contato com a central da empresa para reportar algo. Mas ainda assim, é uma melhoria e tanto nos atendimentos. 

Você sabe como falar com um chatbot?

Agora que você já descobriu como funciona um chatbot, está na hora de você saber como falar com um.

Talvez você se pergunte: “Mas tem uma forma certa de falar com um robô?”. E a resposta é: Sim.

Como se trata de respostas e perguntas programadas, quanto mais simples as informações que você der para o robô, mais fácil fica de você resolver o seu problema.

Confira as dicas que separamos para você entender mais:

  1. Fale menos: As pessoas que não sabem que estão conversando com um robô podem não querer economizar nos detalhes. Mas não esqueça que você está falando com um robô. Ele vai entender comandos simples. Por isso, economize as palavras e busque responder em poucas palavras o que você está buscando no seu atendimento. 
  2. Fique de atenção nas opções dadas a você: Quando você aciona um chatbot, o próprio robô já mostra as opções de resposta que você pode dar para ele entender o que você está procurando. 
  3. Cuidado com o tempo: Os chatbots podem ter um tempo de espera para você fornecer a resposta ou a informação que é necessária para o atendimento. Por isso, evite demorar e busque sintetizar as informações. 
  4. Não culpe o robô: O robô é um facilitador para conseguir atender a sua necessidade. Porém, ele também tem suas limitações. Se você não encontrar a resposta que estiver buscando, entre em contato com a central. 

Você viu nesse texto:

  • Os chatbots são robôs utilizados para melhorar o atendimento entre empresas e usuários;
  • Esses robôs trazem facilidade na hora da triagem de informações de clientes para que exista economia de tempo e maior satisfação no atendimento;
  • Os chatbots possuem respostas programadas e simples para conseguir atender ao maior número de solicitações possível;
  • Nem sempre um chatbot terá todas as respostas. Por isso, respostas simples e diretas podem ajudar no atendimento;
  • Os chatbots já estão muito presentes no dia a dia das pessoas, mesmo que nem sempre elas percebam. 

Mais sobre tecnologia e inovação

E aí? Vamos continuar falando de robô? Que tal saber agora como os robôs aspiradores têm conquistado o mercado? Se você ainda não conhece esse tipo de tecnologia, essa é a sua chance de conhecer. 

Buscar mais comodidade para cuidar de casa e ainda ter tempo para a família e para o lazer é um desafio. Mas se o que estiver “emperrando” a você conseguir realizar essa vontade é a limpeza da sua casa, está aqui a solução. 

No texto Robô aspirador: será que vale a pena ter um? você vai encontrar o que precisa saber para poder saber se esse aparelho é ideal para você. 

Esperamos que goste da leitura!

Gostou do conteúdo? A gente espera que sim! Então, não deixe de compartilhar esse texto em suas redes sociais com amigos e familiares.

Share:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *