Quem não gosta da companhia de um cachorro para estar junto nos melhores momentos da vida? Os cachorros já provaram que podem ser os melhores amigos do homem. Mas e do pessoal da terceira idade? Será que também?

É o que vamos descobrir com o texto que preparamos para você sobre as melhores raças para fazer companhia para idoso. 

Esperamos que tenha uma boa leitura!

Companhia para idoso: Por que apostar em cachorros?

Ter a companhia de cachorros para qualquer idade já é motivo de alegria para a maioria das pessoas. Os cachorros são animais amigáveis, dóceis e divertidos, o que traz para o ambiente positividade e alegria para dentro de casa ou espaço. 

No caso de pessoas com mais idade, além de trazer felicidade para os donos, os cães também podem ajudar muito na saúde dessas pessoas. Os cães são responsáveis por trazer acolhimento e possuem muitas vezes conexões inegáveis com os donos, de forma que todos a sua volta sintam o seu carinho. 

É claro que nem todas as raças podem ser tão adequadas para pessoas idosas. É o caso de animais de grande porte, pesados e podem ter uma dose “exagerada” de energia. O ideal é que os cachorros sejam pequenos e dóceis para que consigam se adaptar melhor a vida de seus donos. 

Inclusive, animais de pequeno porte são mais fáceis de serem transportados e cuidados, o que ajuda, caso seja necessário movê-lo para algum lugar para algum tratamento ou até banho e tosa. 

Sem contar que um cachorro pequeno poder uma verdadeira “mão na roda” quando o dono desejar levá-lo para passear, principalmente em shoppings e praças que sejam adeptos do “pet friendly”. 

As melhores raças para a terceira idade

Algumas raças podem ser bastante indicadas para pessoas da melhor idade por apresentarem um histórico de boa adaptação com esse público. Confira agora algumas sugestões para fazer uma boa escolha:

Beagle

Conhecido por suas orelhas (fofas) e caídas, o Beagle é uma excelente raça para pessoas da terceira idade. De temperamento dócil, traz uma energia divertida para o ambiente familiar. 

Além disso, é um amigo presente para exercícios, caminhadas e passeios em geral. Como possui pelo curto, também é fácil para manter limpo, trazendo uma vantagem para donos que sejam mais velhos. 

Shih Tzu

O nome pode parecer difícil de falar, mas se é uma coisa que esse cãozinho não tem é dificuldade para conviver com os seus donos. É uma raça bastante fácil para ser transportadas e são animais muito amorosos e de bom convívio. 

Se você é do tipo de pessoa que gosta de companhia para exercícios, é melhor passar para a próxima opção. Os cães dessa raça não costumam ter tanta disposição para saírem, preferindo ficar horas deitados e dormindo ao lado do dono. 

São animais que possuem muito pelo e exige cuidado especial para a sua limpeza. Então, se o idoso possui alguma alergia, esse animal não é recomendado. 

Pug

Quem nunca viu um Pug na rua? Com uma expressão inconfundível, esse cachorro pode chegar até 30 centímetros de comprimento. São muito recomendados para idosos, pois se adaptam facilmente aos ambientes. Ficam bastante apegados aos donos também. 

Carismáticos, o Pug é uma das raças mais inteligentes entre todos os cães, o que pode contar como uma vantagem para a escolha do seu companheiro. 

Além disso, são fáceis de manter, pois possuem pelos muito curtos, raramente precisam de tosa e também não precisam de banho sempre. 

Bolognese

Quase com nome de prato italiano, esse cãozinho pode ser o companheiro certo na hora de fazer as suas principais refeições (sim, ele vai ficar pedindo comida enquanto você se alimenta). 

A raça bolognese lembra muito o Poodle, porém não são a mesma raça. Se você está a procura de um cachorro é uma verdadeira fofura, extremamente calmo e dócil, pode apostar nessa raça. 

Com a aparência quase de um bichinho de pelúcia é uma raça extremamente leal ao dono, que adora brincar e de receber carinho. 

Yorkshire Terrier

Os cachorros dessa raça costumam ser bem pequenos, mas possuem muita personalidade e carisma. São amigáveis e bastante amáveis, o que pode ser a chave principal para conquistar o coração de um futuro dono. 

Também são cachorros que aceitam facilmente comando e treinamento. Agem como verdadeiro cães de guarda e são muito leais. 

Lulu da Pomerânia

O nome parece até de um personagem de história em quadrinhos, mas a verdade é que esse nome pertence a uma das raças mais fofas que têm por aí. 

O Lulu da Pomerânia é uma raça de pequeno porte. Além disso, é muito leve, fácil de ser levado no braço para todos os lugares. Seus hábitos são moldados pelos hábitos do dono. 

É um cachorro que adora brincar, dá pouco trabalho para cuidar e tem bastante afeto para doar. 

Maltês

Uma das raças mais indicadas para fazer companhia de idosos. É um cachorro que não é agitado, então não corre o risco da pessoa mais velha se assustar com pulos inesperados ou que ele saia correndo por aí. 

O seu pelo é fácil de cuidar e também não costuma perdê-lo com facilidade. É um cachorro muito dócil, amoroso e bonito. 

Boston Terrier

Essa raça lidera uma das melhores escolhas para fazer companhia para pessoas idosas. São cachorros que gostam muito de estar em família. São bastante leves e fáceis de transportar. 

Além disso, por mais que sejam um pouco travessos, estão conscientes de que devem atender aos seus donos. São muito protetores, gostam de aprender, são fascinados por truques e são bem inteligentes. Experimente treinar esses cachorros e terá excelentes companheiros. 

Gostam de exercício na medida certa, mas o que preferem mesmo é que sejam cuidados com muito carinho e afeto. Com esse cão não existe tempo ruim. 

Escolhendo a raça que te faz bem

Essas são apenas algumas indicações para raças de cachorro que tem tudo a ver com um público sênior.

Porém, a nossa maior recomendação é que você escolha o cachorro pela identificação. Não há nada mais precioso quando existe uma identificação inexplicável entre um cão e uma pessoa que pode tratá-lo com carinho e respeito que ambos merecem. 

Você gostou desse texto? Ele ajudou a você a fazer a melhor escolha de melhor amigo de 4 patas? Então, não deixe de acompanhar os nossos conteúdos para mais dicas para a sua vida ficar ainda mais saudável e feliz.

Share:

1 Comment

  • Isabel, 4 de julho de 2021 @ 08:22 Reply

    Sim gostei do texto e ajuda a escolher uma raça.
    A dúvida está onde arranjar criador na zona.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *