Indícios apontam que a música faz parte da vida desde os tempos pré-históricos, em uma provável imitação dos sons da natureza. Há um vestígio de uma flauta feita de osso que data de 60.000 a.C.

Com um mini resgate histórico desses, o que queremos é te contar que, para nós, a relação que os seres humanos têm com a música parece inevitável.

Desde um simples murmurar de sons até uma experiência mais profunda sentindo a vibração do som, todo mundo pode estabelecer uma ligação especial com a música. Como é com você?

Sejam quais forem suas preferências, o som da sua vida toca melhor nas caixas portáteis da Obabox!

Musiké téchne

De origem grega, a palavra “música” vem de musiké téchne ― μουσική τέχνη ― ou a arte das musas. Trata-se de uma sucessão de sons e silêncio agradável ritmada e organizada ao longo de um período determinado de tempo.

Para muitos de nós, esses elementos sonoros são percebidos pela audição, mas essa não é a única possibilidade. Entre as pessoas que se conectam mais com a música e as que são surdas, o som também pode ser sentido por suas vibrações.

Características como altura do som, intensidade, ritmo e outras contribuem para criar essa experiência sensorial e despertar emoções.

Atualmente, não se tem notícia de uma civilização que não manifeste sua cultura por meio da música. O som está sempre presente, seja puramente pela arte ou para outros fins.

Isso é bastante abrangente porque a definição do que é música varia de acordo com o contexto, com a cultura e, às vezes, com a opinião de cada pessoa. No fim, porém, sempre estabelecemos uma conexão com essa “sucessão de sons”.

A importância da música

“Sem música, a vida seria um erro”, Friedrich Nietzsche.

Talvez essa colocação do famoso filósofo seja um pouquinho dramática, mas não é tão difícil entendê-lo. Se não propriamente um erro, achamos que a vida seria ainda mais desafiadora sem a música. Concorda?

A música tem papel importante no nosso desenvolvimento e aprendizado, humor, cultura e estilo de vida, além de estar relacionada a um incontável de memórias afetivas.

Se você ‘der um Google’, vai descobrir que diversos pesquisadores atestam que a música ajuda a desenvolver a mente humana. Atrelado a isso, pegamos como exemplo as aulas de musicalização infantil e a musicoterapia.

É que a música promove o equilíbrio e isso nos leva a um estado de bem-estar que tende a facilitar a concentração e o raciocínio. Dá até para aplicar no dia a dia para focar nos estudos ou no trabalho!

Ainda, a música ativa o centro de prazer do cérebro, liberando dopamina; substância que também está atrelada ao bem-estar. Com isso, a música pode ser usada como estímulo para a prática de exercícios físicos e até ajudar no alívio de dores.

Estilo de vida e memória afetiva

Outro ponto que merece destaque é o papel da música em um nível muito pessoal. Para muitos, a música tem a ver com sua identidade e, para tantos outros, funciona como uma caixinha de memórias.

Já reparou? É fácil encontrar pessoas que atrelam seu estilo de vida ao seu gênero musical favorito. Pegue, por exemplo, a turma do rock ou a do reggae e você logo entenderá o que estamos dizendo.

Também é fácil perceber que uma música pode nos levar em uma viagem no tempo e trazer de volta recordações e emoções que nos marcaram.

Com tudo isso, mais do que um artifício para dar o tom no dia a dia, a música pode ter raízes profundas em nossa formação enquanto indivíduos. Intenso, né!

Música em qualquer ocasião

No intervalo da aula, colegas cantam e dançam o hit do momento. No caminho para o trabalho, a pessoa no carro ao lado solta a voz sem se preocupar com quem está vendo.

No escritório, alguém logo tira o fone de ouvido da mochila e pluga ao computador para criar sua vibe ideal para o trabalho. Na academia, a música dita o ritmo do treino.

No apartamento ao lado, seu vizinho colocou aquela do Raça Negra pra tocar e fez a alegria da galera na sexta-feira à noite. No sábado de manhã, foi você quem ativou o streaming na “playlist da faxina”.

Poderíamos continuar criando diferentes situações em que a música se faz presente no dia a dia, mas nossos exemplos já bastam para dizer que é uma delícia ouvir música sempre que a gente quiser.

Sabe uma forma ótima de fazer isso? Tendo caixas de som portáteis à sua disposição, dessas que você pode levar com você de um lugar ao outro porque a vida fica mais divertida se você puder ter trilha sonora na sala, na cozinha e até no chuveiro.

A verdade é que seguindo nossas dicas para montar uma playlist perfeita, você vai querer levar sua caixa de som para qualquer lugar: tardes na piscina, rolês na cachoeira, viagens, reuniões, festinhas e por aí vai.

Fala sério, a essa altura, a frase de Nietzsche de que a vida sem música seria um erro faz cada vez mais sentido, não acha? Vem viver a Nossa Música com a Obabox e aproveite cada momento em alto e bom som ― porque nossas caixinhas garantem qualidade, viu!

Gostou? Conheça a linha Nossa Música e escolha a caixa de som portátil que mais combina com você!

Share:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *