Você já deve ter tido a oportunidade de ter visto a agulha para toca discos de perto. Porém, poucos sabem sobre o seu papel e como cuidar dessa parte importante do toca discos. 

A agulha para toca discos também é um personagem importante se você deseja tocar a sua música sem correr o risco de estragar a sua relíquia em forma de disco. 

Pensando nisso, a ObaBox traz no texto de hoje dicas para você cuidar da agulha e não ter qualquer preocupação sobre o aparelho e nem sobre o disco. 

Esperamos que você goste da leitura! 

Entendendo a função da agulha para toca disco

A agulha faz parte da cápsula, responsável em fazer contato com o disco. Para que isso ocorra da forma certo, é necessário que uma força seja exercida pelo braço do aparelho, de modo que a agulha continue presente no sulco no momento em que o disco roda no aparelho. 

A tal força responsável por todo esse trabalho é chamada de força de rastreamento.

Só para você entender um pouco mais, a agulha tem cerca de 3 a 4 gramas. Porém, não se engane com a aparente fragilidade da mesma.

A pressão exercida pela agulha é de cerca de 6.000 libras por polegada quadrada por segundo. Você imaginaria isso? 

Então, por conta dessa pressão, se a agulha apresentar alguma irregularidade ou até rugosidade é muito provável que cause danos incalculáveis no disco.

É essencial, portanto, que a agulha seja bastante dura para que não se desgaste com facilidade. As verdadeiras agulhas de qualidade são feitas de diamante puro ou safira, materiais mais resistentes e consistentes. 

Cuidando da agulha

Para cuidar das agulhas é necessário levar em conta algumas observações.

A agulha não costuma sujar. Esse processo acontece apenas quando o disco é manuseado de forma errada, onde a pessoa pode tocar a mão na face do disco e receber a gordura e o óleo da mão.

Essas substâncias acabam ficando acumuladas na agulha e pode ser quase impossível removê-las. 

Se a agulha estiver suja por algum material de fácil remoção, a melhor instrução é utilizar um pincel seco para fazer a limpeza. Também é necessário esperar que a agulha esfrie para poder fazer o procedimento.

Com o calor produzido pela agulha no momento em que o toca discos é usado, pode fazer com que qualquer superfície que a toque acabe danificando a agulha. 

Dependendo do tipo de sujeira, o uso de água e álcool isopropílico pode ser uma boa solução para fazer a limpeza da agulha. Entretanto, é necessário extremo cuidado para o procedimento.

O uso do pincel e de uma lupa podem ser utilizados. Lembrando que é essencial passar o pincel molhado delicadamente para que a agulha não seja danificada. 

Caso você não queira arriscar, também é possível utilizar produtos específicos para a limpeza da agulha. Um desses produtos é pincel para agulha.

É necessária atenção para a composição desse tipo de produto, pois dependendo do material da agulha, pode ser que mesmo com o produto adaptado para o mesmo possa danificar essa parte do toca discos. 

Você não deve usar em momento algum

A limpeza com o álcool comum, whisky ou vodka podem produzir verdadeiros estragos para a agulha do toca discos.

Por isso, eles não devem ser usados para esse tipo de tarefa. Também não é recomendado utilizar o dedo para limpar a agulha ou até mesmo objetos pontiagudos que podem acabar danificando o aparelho. 

O momento da troca

Para efetuar a troca da agulha por conta do seu desgaste ou por algum tipo de dano, o processo é bastante simples, mas exige cuidados. Confira abaixo:

  1. Faça a remoção da agulha puxando-a em direção horizontal para fora, ou seja, na direção contrária ao braço.
  2. Feito isso, anote a marca da cápsula e também o modelo para escolher a agulha ideal para ser feita a reposição. Se possível, leve a agulha antiga para a loja para fazer a troca da forma correta. Caso a agulha não esteja mais disponível, será necessário trocar a agulha e também a cápsula. 
  3. O último passo é inserir a agulha nova na parte de abertura da cápsula. A ponta necessita estar direcionada para baixo.

Dicas finais para ajudar o cuidado com a agulha

  1. Sempre que possível limpe os discos com produtos fabricados especialmente para esse tipo de função. Se for tocar algum disco, limpe-os antes de fazê-lo. 
  2. Para proteger a agulha contra danos, busque não deixar o braço do toca discos cair. É essencial não deixar que a agulha entre em contato com outros materiais e superfícies que não seja um disco.
  3. São essenciais fazer ajustes de pressão e anti-inclinação para manter a qualidade de reprodução do som.

Você viu nesse texto:

  • A agulha do seu toca discos é que vai ser responsável pela emissão correta de um bom som e sem danificar o seu disco;
  • Uma das partes mais sensíveis do aparelho, possui cuidados bastantes exigentes para limpeza e manuseio;
  • As agulhas mais resistentes são feitas de materiais mais firmes, como diamante e safira;
  • Limpeza a seco com um pincel é o mais indicado para a limpeza da agulha. Porém, dependendo do tipo de sujeira, a limpeza pode ser feita com água morna. 

Mais sobre discos e cultural retrô

Já que falamos de algumas dicas para poder o seu toca discos em dia, que tal falarmos sobre a maneira certa para preservar os seus discos de vinil? Se você é um amante da cultura retrô, a nossa dica de leitura de hoje é para você. 

Os discos de vinil marcaram gerações e até hoje são comercializados como verdadeiras relíquias da indústria fonográfica. Amantes da boa música guardam com carinho todos discos e sabem direitinho como armazená-los e mantê-los como novos em suas estantes. 

Por isso, se você tem os seus e também quer saber como manter esse cuidado, então não pode deixar de conferir o nosso texto 9 dicas para você conservar muito bem seus discos de vinil e sua vitrola

Esperamos que goste da leitura!

Gostou do conteúdo? Esperamos que sim! Então, não deixe de compartilhar esse texto em suas redes sociais e de deixar um comentário para nós. Vamos adorar!

Share:

1 Comment

  • Agnaldo Luiz da Silva, 7 de maio de 2020 @ 21:58 Reply

    Muito bom eu ainda tenho um toca disco funciona ainda perfeito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *