O YouTube é uma das plataformas que mais cresceu no mundo por conta de seus vídeos assistidos por pessoas ao redor do globo.

A plataforma permitiu que muitas pessoas ficassem conhecidas por conta de seus canais do YouTube que levaram diversão, informação e atualizações para muita gente. 

Pensando nisso, a ObaBox traz hoje um conteúdo exclusivo para quem quer aprender a mexer na plataforma e ficar por dentro de todas as novidades. Vamos abordar como se inscrever em uma canal, além de como criar o próprio canal para fazer conteúdo para que qualquer pessoa assista. 

Esperamos que goste do conteúdo! 

O Youtube

O YouTube é conhecido por ser uma uma plataforma, onde criadores de conteúdo podem fazer o compartilhamento de vídeos. Sua sede está localizada em San Bruno (Califórnia). Foi lançado oficialmente em 2005 por três ex-funcionários do PayPal. 

Em 2006, a companhia foi comprada pelo Google e é uma das empresas mais rentáveis do mundo inteiro. Muitas pessoas viram o YouTube como uma oportunidade para disponibilizar uma variedade de conteúdo caseiro, o que serviu para alavancar personalidades que conhecemos hoje. 

Além disso, por sua plataforma ter uma política de monetização própria, os anunciantes de muitos países divulgam seus produtos em pequenos comerciais exibidos durante os vídeos dos criadores de conteúdo. 

A alternativa de ter um canal tornou viável a visibilidade do trabalho de muita gente que não conseguiria não fosse a plataforma.

Como se inscrever canais do YouTube?

Para se inscrever em uma canal do YouTube é muito simples. O primeiro passo é você acessar ao canal do seu youtuber.

Para isso, é necessário estar navegando na plataforma e buscar pelo nome do canal (na parte de cima da tela, você verá uma lupa de busca que você pode clicar para colocar as informações). 

Feito isso, você encontrará o canal, deve clicar nele e assim que você entrar na página oficial desse canal, você conseguirá ver um botão escrito “Inscreva-se”.

Aperte nele e pronto. Você vai começar a receber notificações quando um novo conteúdo for colocado no ar. 

Mas antes, não se esqueça!

Para você conseguir se inscrever em um canal do YouTube, é preciso que você esteja conectado ao seu Gmail. Ou seja, se você não tem um endereço de email do Gmail ou não estiver com o email ativo (logado), não será possível estar inscrito. Você pode criar a sua conta por aqui. 

Também é importante ressaltar que mesmo logando na sua conta no Gmail, o YouTube pode não reconhecer esse acesso. Então, ele pode pedir para se conectar com a sua conta no Gmail para que você consiga se inscrever no canal. 

A vantagem de você está inscrito em um canal é que, além de você receber notificações sobre os vídeos dos criadores de conteúdo que você mais gosta, você também ajuda que os canais cresçam.

Quanto mais um criador possui gente assistindo o seu canal, mais ele pode investir no próprio trabalho, trazendo mais formatos para o canal e para o telespectador. 

Para ver o quanto um canal é grande, é possível olhar os números perto do botão de “Inscreva-se”. Alguns canais ainda contam com a funcionalidade de não mostrarem o seu número total de inscritos, mas isso fica a critério de cada criador de conteúdo. 

E se você quiser virar um criador de conteúdo?

A primeira coisa que você vai precisar ter em mente que para criar um canal você precisará ter uma conta Gmail. Essa conta vai te dar acesso para o YouTube e para lidar com a plataforma. 

A partir disso e quando você já estiver logado na sua conta na plataforma, você tem algumas opções: no canto direito da sua tela você pode clicar na sua foto que aparece e você verá a opção escrita como “seu canal”. 

A outra opção é que você verá perto do ícone da sua foto, a mesma que está no Gmail, uma câmera. Ao clicar, você será direcionado(a) para o YouTube Studio onde você poderá enviar seus arquivos ou criá-los na hora.

Assim que o fizer, espere carregar (dependendo do tempo de vídeo, pode demorar) e pronto. Seu primeiro vídeo foi postado!

Mas sobre o que falar no canal para YouTube?

Os conteúdos para YouTube costumam ser bastante livres, desde que não exaltem situações de risco, violência e outros assuntos que não fazem parte das diretrizes da plataforma. 

Além disso, recentemente foi implantado uma nova política de “Family Friendly”, onde os criadores de conteúdo precisaram se adequar ao tipo de conteúdo postado.

Um exemplo é de  que vídeos com muitas palavras de baixo calão começaram a ser desmonetizados para que os anunciantes não tivessem a sua marca ligada ao conteúdo. 

Então, vale a pena observar o tipo de linguagem e o que o YouTube exige para que seu conteúdo seja válido para monetização. Além disso, para monetizar o canal, é necessário que tenha ao menos 1.000 inscritos e 4.000 horas de vídeos visualizados.

Então, demora um certo tempo até a pessoa conseguir lucrar com o canal. 

Você viu nesse texto:

  • Se você deseja criar um canal ou apenas se inscrever em um, é necessário que você tenha uma conta no Gmail com acesso (logada) ao YouTube;
  • Se inscrever no canal garante que você saiba quando um vídeo novo foi postado para que você possa assistir;
  • Fazer um canal no YouTube pode ser uma ótima forma de divulgar o seu trabalho com pessoas do mundo todo;
  • Para criar um canal é necessário saber sobre as políticas de conteúdo da plataforma.

Mais sobre internet e YouTube

Se você fizer parte do público da terceira idade, não pode deixar de conferir os canais no YouTube que separamos para você como os melhores para você assistir. 

E mesmo que você não faça parte da melhor idade, vale a pena conferir as novidades e os assuntos desses conteúdos que além de muito interessante, podem trazer uma nova visão de vida. 

Confira no nosso texto “Vale a pena ver: canais no YouTube essenciais para e sobre a terceira idade” e se divirta!

Esperamos que goste da leitura e dos vídeos!

Gostou do conteúdo? Esperamos que sim! Então, não deixe de compartilhar esse texto nas redes sociais com quem ainda não se inscreveu nos canais do YouTube mais gosta.

Share:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *