Os pulmões representam uma das regiões mais importantes de todo o nosso corpo. E quando não saudáveis, além de existir sérios problemas para respirar, o seu mau funcionamento pode acarretar problemas para outros órgãos do corpo. 

No texto de hoje vamos trazer dicas básicas para que você mantenha os cuidados com os pulmões em dia. Além disso, também como falar um pouco sobre como coronavírus afeta essa região e como você pode se prevenir. 

Esperamos que goste da leitura!

As principais doenças pulmonares

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), as doenças do pulmão estão entre as mais graves em relação a saúde. Até o ano de 2030, é estimado pela OMS que a doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) possa se tornar a terceira doença que mais leva pessoas a óbito. 

A doença se divide entre duas doenças diferentes entre si, sendo o enfisema pulmonar e a bronquite crônica. Basicamente a DPOC é uma combinação entre ambas. 

Atualmente as doenças respiratórias já apresentam números alarmantes em relação às suas vítimas.

Doenças inflamatórias do trato respiratório inferior, incluindo a pneumonia passam de 3 milhões de mortes/ano.

Já o câncer de pulmão passa de 1 milhão de mortes ao ano, enquanto a embolia pulmonar não fica muito atrás com praticamente o mesmo número de atingidos. 

As causas, geralmente, vem do próprio tabagismo. Quanto mais cedo uma pessoa começa a fumar, por exemplo, maiores os riscos delas contraírem a doença. Porém, não é apenas o tabagismo que acaba sendo um fator.

A poluição também vem tendo forte participação para contribuir com o quadro. 

A falta de exercícios físicos também pode contribuir para que a capacidade de respirar fique menor. Dessa forma, a pessoa pode se cansar com facilidade, mesmo em exercícios e movimentos que são simples. 

Pessoas por volta dos 40 anos até os 60 podem ser considerados como grupos de risco e onde mais se pode encontrar as doenças citadas.

Por isso, é essencial manter uma vida saudável para que a saúde dos pulmões permaneça bem, saindo das estatísticas de pessoas que sofrem com doenças. 

Como a covid-19 afeta os pulmões?

A covid-19 é uma doença representada por um vírus. Quando o vírus entra em contato com a parte de dentro do corpo, é comum atingir ainda mais quem já possui um histórico de doenças pulmonares.

Quem já tenha alguma doença pulmonar e apresenta reservas respiratórias limitada podem ter maior risco de evolução rápida da doença.

A doença tem uma dinâmica parecida com a de uma gripe, mas é muito mais agressiva ao sistema respiratório.

A falta de ar é um dos seus principais sintomas, pois o covid-19 atinge as células dos alvéolos, infeccionando o pulmão gradativamente.

A inflamação pode crescer ao longo do tempo, ocasionando muitas vezes pneumonia e até insuficiência respiratória. 

Pessoas que já apresentem quadros de bronquite e asma, por exemplo, podem estar mais vulneráveis a doença, pois os seus pulmões podem apresentar certa fragilidade ao vírus. Isso ajuda a contribuir que a doença seja fatal em boa parte das contaminações. 

Por isso, o isolamento é essencial para diminuir o risco de contágio até que uma vacina seja criada e o vírus seja eliminado por completo. Até lá os cuidados com a higiene devem ser indispensáveis. 

Os cuidados com os pulmões

Para manter a saúde em dia, há formas bastante eficazes que podem te ajudar a cuidar da saúde dos seus pulmões por toda uma vida. Confira abaixo as nossas dicas. 

  1. Abra mão do cigarro: O hábito pode ser difícil de ser eliminado na vida, mas o esforço vale muito a pena. O tabagismo, além de poder causar o câncer de pulmão, deixa os fumantes expostos a outras doenças pulmonares. 
  2. A dica acima também vale para fumantes passivos: Você pode até não fumar, mas se estiver perto de uma pessoa que fuma e respirando a fumaça também é considerado fumante. Dessa forma, acaba contribuindo para diminuir a saúde dos seus pulmões. 
  3. Tente não se expôr tanto a poluição: Essa dica pode parecer impossível de ser cumprida, mas dependendo de onde você mora, pode ser que você consiga. Muitas pessoas dão preferência para morar em áreas verdes ou perto do mar. Dessa maneira, a saúde do ar aumenta e do seu pulmão também. 
  4. Faça exercícios: Os exercícios aeróbicos podem te ajudar e muito a aumentar a sua capacidade respiratória. Além disso, também ajudam na eliminação de secreções e também a fortalecer o seu sistema imunológico. 
  5. Beba bastante água: A água é o solvente natural do corpo. Além disso, é responsável por eliminar e limpar o seu organismo de vírus e bactérias que tentem atacá-lo. 
  6. Consuma alimentos verdes escuros: Foi comprovado que alimentos ricos em antocianinas protegem os pulmões por meio de suas propriedades antiinflamatórias e antioxidantes. 
  7. Mantenha o nariz limpo: Bactérias podem atingir as suas vias respiratórias por conta da falta de higienização. Se você puder manter o seu nariz, boca e também as mãos limpas, melhor ainda, pois diminui os riscos de infecção e contágio. 

Você viu nesse texto:

  • As doenças pulmonares estão entre as que mais levam a óbito pessoas do mundo todo, segundo a Organização Mundial da Saúde;
  • O tabagismo e a poluição contribuem e muito para prejudicar a saúde dos pulmões;
  • É necessário manter uma vida saudável para evitar fragilizar os pulmões, deixando-os vulneráveis para doenças agressivas como o DPOC e o Covid-19.

Mais sobre saúde e bem estar

Cuidar da saúde é um exercício diário. É preciso manter uma rotina de exercícios, além de se alimentar bem e também buscar focar na saúde do seu sonol, que não pode ficar de fora.

Por isso, a ObaBox resolve trazer hoje um compilado de textos que pode te ajudar nesses cuidados 

Confira abaixo a seleção das nossas melhores leituras:

  1. Foco na saúde: dicas para fortalecer o sistema imunológico;
  2. Não descuide da saúde nem por um minuto. Conheça 9 aplicativos para cuidar da saúde;
  3. Não durma no ponto! A importância da saúde do sono

Esperamos que goste das leituras! Depois conte para a gente o que achou. 

Gostou do conteúdo? A gente espera que sim! Então, não deixe de compartilhar esse texto em suas redes sociais com quem precisa saber sobre os cuidados com os pulmões.

Share:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *