Existem diferentes situações em que o direito do consumidor permite a troca de mercadorias. O que você sabe a respeito?

O período após o Natal é um em que os pedidos de troca acontecem. Em um ano como 2020, em que mais gente tem feito compras pela internet, a situação pode se tornar ainda mais comum.

Pensando nisso, preparamos este post para te contar sobre seus direitos e sobre os deveres dos lojistas na troca de mercadorias. Confira!

Quando a loja é obrigada a fazer a troca?

Algo importante que você precisa saber sobre direitos básicos do consumidor é que a troca de mercadoria com defeito é obrigatória.

Para que você tenha esse direito, porém, precisa dar atenção aos prazos estabelecidos para a solicitação:

  • Troca de produto perecível com defeito: prazo máximo de 30 dias;
  • Troca de produto durável com defeito: prazo máximo de 90 dias.

Se você deixar para solicitar a troca depois desses prazos, a loja não é obrigada a acatar seu pedido.

Atenção às regras de cada loja!

Em alguns casos, o direito à troca de mercadorias pode ter regras diferentes de uma loja para a outra.

Se você comprou uma roupa que não serviu direto ou deu um presente a pessoa gostaria de trocar em razão de preferências pessoais, entenda que nada disso é considerado defeito.

Assim, é importante consultar quais são as regras sobre garantia de troca na loja em que a mercadoria foi comprada.

Algumas lojas só trocam peças se ainda estiverem na etiqueta. Outras estabelecem prazos próprios ou definem que a troca só pode ser feita na mesma unidade em que a compra ocorreu.

E a tal troca no prazo máximo de sete dias?

Já ouviu falar que, em alguns casos, o prazo máximo para o pedido de troca é de sete dias corridos?

Essa regra vale para produtos comprados pela internet, canais de televenda e catálogos.

Às vezes, quando a gente compra algo sem poder ver a mercadoria pessoalmente, só percebe que as expectativas não foram atendidas quando o produto chega.

Essa situação é mais comum justamente quando fazemos compras online ou “fora da loja”.

O prazo se aplica a pedidos de devolução que garantem o estorno integral do dinheiro, incluindo o valor do frete. É contado a partir do recebimento da mercadoria.

Trata-se do direito do consumidor à devolução, também apresentado como direito de arrependimento.

Dica importante sobre devolução

Na época do Natal, com o Ano Novo se aproximando, nem sempre damos a devida atenção a tudo o que compramos ou ganhamos.

Com isso, corremos o risco de perder o prazo de pedido de devolução por não ter gostado de uma mercadoria comprada na internet, por exemplo.

São apenas sete dias, passam voando! Considere esse prazo para verificar as características dos produtos, experimentar as roupas e calçados e se certificar de que deseja ficar com eles.

Do contrário, se não houver defeitos na mercadoria, as regras de direito do consumidor não vão te garantir a devolução do produto e seu dinheiro de volta.

Dá para trocar mercadoria sem nota fiscal?

Uma dúvida comum que envolve o direito do consumidor é saber se dá ou não para trocar mercadoria sem nota fiscal.

A resposta? Depende. Algumas lojas aceitam fazer essa troca, mas nenhuma delas é obrigada a isso.

Em alguns casos, o lojista sabe que o produto é seu, conhece a clientela de longa data e faz a troca mesmo que a mercadoria não tenha qualquer tipo de defeito.

No ato da compra, especialmente se for um presente, é legal se informar sobre essa questão da nota fiscal. Até porque, seria chato ter de entregar a notinha junto e a pessoa presenteada ficar sabendo do valor, não é?

Então, informe-se sobre as políticas da loja e repasse a informação a quem você for presentear.

Reimpressão da nota fiscal

É direito do lojista exigir a nota fiscal para trocar uma mercadoria. Quanto a isso, saiba que é possível pedir a impressão de uma nova via do documento.

Considere apenas que algumas lojinhas menores podem não ter um controle muito rigoroso quanto a isso. Por essa razão, é bom solicitar a nota e dar atenção aos detalhes.

Como são feitas as trocas na Obabox?

Na Obabox, sabemos tudo a respeito do seu direito à troca de mercadoria e temos uma promessa a cumprir: um processo livre de chatices e burocracias!

Você só precisa ter os prazos em mente para que sua solicitação aconteça segundo as regras.

Esperamos muito que você não queira ou não precise trocar um produto Obabox, mas caso isso aconteça, você pode entrar em contato pelos telefones:

  • São Paulo: (11) 3509-0214;
  • Rio de Janeiro: (21) 3513-8680;
  • Minas Gerais: (31) 3972-0050;
  • Rio Grande do Sul: (51) 3103-4440.

O atendimento é feito de segunda à sexta-feira, das 08h às 18h, e aos sábados das 08h às 14h30.

Se falar ao telefone não é algo que você curte fazer, pode mandar um e-mail para sac@obabox.com.br.

Regras que você precisa saber

A Obabox tem algumas regras para troca de mercadoria que você precisa conhecer. Veja só:

  • Guarde o produto de volta na caixa, com todos os acessórios, manual e nota fiscal ― do jeito que você recebeu;
  • Embrulhe a caixa em um papel tipo craft ou papel de presente.

Por que tudo isso é importante?

Bom, você vai enviar a mercadoria de volta para nós, então o produto precisa estar devidamente embalado e protegido.

Não trocamos mercadorias danificadas ou fora da embalagem original. Então, seguir nossas recomendações é fundamental.

Depois de solicitar a troca, você receberá um código para postar a mercadoria sem custos.

  • Envie o produto com a nota fiscal.

A nota fiscal é indispensável para que o produto seja transportado e a troca aconteça.

Quando a mercadoria chegar até nós, vamos analisá-la e autorizar a troca. Você pode escolher um produto igual ou outro que já tenha escolhido. Em até 15 dias úteis, enviaremos a você a nova mercadoria.

Devolução de mercadorias

Anteriormente, mencionamos situações em que devoluções são permitidas, um dever que a Obabox deve cumprir, caso a solicitação respeite as regras.

Certamente, nossa expectativa é de que você não desista de nenhum de nossos produtos. Caso isso aconteça, pedimos gentilmente que nos envie um feedback para que possamos pensar em melhorias.

Fora isso, saiba que em um pedido de devolução o produto também passa por análise e, depois, encaminhamos o estorno:

  • Para compras feitas no cartão de crédito, estornamos a cobrança junto à operadora e o valor do produto é descontado de sua fatura;
  • Para compras pagas via boleto, a gente pega seus dados e faz um depósito bancário em sua conta.

Atendimento ao consumidor

Além de pensar nos direitos do consumidor, a Obabox tem a satisfação de nossos clientes como prioridade.

Não é sem motivo que investimos em atendimento humanizado e temos até testemunhas de que nos saímos bem na arte de encantar clientes em nossos atendimentos.

Entenda, se você decidir solicitar uma troca ou uma devolução, nosso objetivo será resolver a situação da melhor forma possível.

Conclusão

A troca de mercadorias faz parte dos direitos do consumidor, seja para compras em lojas físicas, lojas online, televendas ou via catálogos.

Em todo caso, há regras que precisam ser conhecidas, conforme mostramos aqui. Tanto consumidores quanto lojistas precisam saber a respeito e esperamos que o post tenha te ajudado com isso.

Trocas e devoluções acontecem, mas no fundo mesmo a gente espera que corra tudo bem com suas compras de Natal!

Achou as informações deste post útil? Compartilhe-o nas redes sociais!

Share:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *