Quando o piso é novinho, deixá-lo brilhando pode ser tarefa simples. Entretanto, com o passar do tempo e a depender do tipo de material, limpar o chão pode se tornar uma tarefa complexa. Você tem dificuldades com isso?

Varrer o chão, escolher os produtos certos para tirar manchas do rejunte, esfregar, passar pano… Para a conservação do piso e, claro, para tirar toda a sujeira, é preciso saber o que fazer para conseguir que o processo seja o mais prático possível. Afinal, quanto menor o desgaste de quem limpa, melhor.

Com tudo isso em mente, vamos a 4 dicas de como limpar diferentes tipos de piso. Acompanhe!

1. Dica geral: comece pela vassoura ou aspirador

Em geral, independente do tipo de piso que você for limpar, o ideal é começar varrendo o chão ou passando um aspirador de pó. Tem gente que tem preguiça de cumprir essa etapa ― e nós entendemos bem! ―, mas retirar as sujeiras dessa maneira vai contribuir para a qualidade do resultado.

Já pensou se você pula direto para a parte de passar pano e acaba arrastando o pó úmido de um lado para o outro ao invés de realmente removê-lo? Não há produto de limpeza cheiroso que corrija por completo essa situação.

Se você vai limpar o chão de uma área externa, jogar água ao invés de varrer tudo pode ser mais produtivo. Ao tomar essa decisão, tente evitar o desperdício e se lembrar de que não é legal “varrer” a sujeira com a mangueira!

Agora, se a área é interna a solução pode ser botar a mão na vassoura ou contar com um aspirador de pó. Se optar pela vassoura, escolha uma que seja adequada ao piso. Madeiras, por exemplo, pedem por cerdas macias.

A favor da praticidade, no mercado atual você encontra até mesmo modelos de aspirador robô que podem cumprir essa etapa do serviço por você e facilitar a sua vida.

Usar o aspirador, seja ou não um modelo robô, evita que o pó fique suspenso no ar, como acontece no processo de varrição. Assim, se você é ou tem alérgicos em casa, pode apostar nessa alternativa para amenizar problemas respiratórios.

2. Laminado e madeira: limpeza com pano úmido

Depois de varrer ou aspirar, a próxima etapa para limpar chão de laminado ou madeira é passar um pano úmido. Você pode escolher entre umedecê-lo somente com água ou usar também um produto desinfetante adequado para o piso.

Os desinfetantes têm odor agradável ― aquele desejado cheirinho de limpeza que até aumenta a satisfação uma vez que a tarefa é cumprida. Devem, porém, ser utilizados sem exagero, obedecendo as proporções indicadas no rótulo.

Seja laminado ou madeira, uma dica importante é para que você não deixe o pano molhado demais. O excesso de líquido pode danificar o piso de forma a causar podridão ou outros problemas que tendem a ser resolvidos apenas com a substituição do assoalho.

Caso queira, você pode passar uma fina camada de cera para finalizar e manter o chão protegido por mais tempo. Nesse caso, após aplicar o produto, convém esfregar o piso levemente com uma flanela de algodão.

3. Pedras: aposte na mistura de água e detergente

Muitos pisos são feitos de pedras como a ardósia ou até mesmo o granito. Para limpar o chão, é sempre válido buscar informações específicas sobre os tipos de processo pelos quais o material pode ou não passar.

O granito, por exemplo, ainda que resistente à água como a maioria das pedras, pode acabar sendo danificado pelo uso de produtos químicos mais abrasivos. Por isso, no caso de dúvidas, a solução mais segura é fazer uma mistura de água e detergente neutro.

A ideia é usar uma colher de sopa de detergente para cada cinco litros de água. A mistura deve ser espalhada sobre o chão e este, por sua vez, deve ser esfregado com o auxílio de um pano ou de um esfregão.

Pedras mais rústicas, de áreas externas, também podem ser esfregadas com a ajuda de uma vassoura. Sabendo disso, é sempre importante avaliar o quanto essa ferramenta auxiliar pode danificar a pedra caso seja utilizada.

No processo de limpeza do chão, tenha cuidado com a proximidade dos móveis. Você certamente não vai querer “inundar” o piso da sala e acabar atingindo os pés da sua mesinha de centro ou o manchando o tecido de seu sofá. Por isso, atenção e cautela!

4. Chão da cozinha: esfregue, mas sem usar esponjas

Quem é responsável por varrer chão e limpar piso sabe: a cozinha é um território desafiador. Diariamente, no processo de preparo dos alimentos, esse ambiente se suja com respingos, migalhas e gordura.

Sabendo disso, não podemos negar que a limpeza diária do chão da cozinha faz toda a diferença. Se você tem pouco tempo disponível ao longo da semana, mas têm o hábito de cozinhar em casa, tente reservar alguns minutinhos para uma limpeza rápida.

Isso porque quanto mais a gordura se acumula, mais difícil é fazê-la sair. Não falamos de uma missão impossível, mas esfregar é preciso e cansativo! Por essa razão, tente varrer várias vezes ao longo da semana e passar um pano úmido. Um esfregão ou rodo tipo mop podem ajudar.

No dia da limpeza mais pesada, a dica é esfregar bem o chão evitando usar esponjas que podem acabar arranhando e danificando o piso. Para o processo, você pode apostar em uma mistura de água e sabão neutro, escolher produtos químicos específicos para o piso em questão ou apostar nas misturas caseiras.

Misturas caseiras para limpar chão da cozinha:

Mistura com bicarbonato de sódio:

Basta misturar em 400 ml de água: cinco colheres de sopa de detergente neutro, 50 ml de álcool, 100 ml de vinagre branco, uma colher de sopa de bicarbonato de sódio.

Aplique a mistura usando um pano seco e macio e deixe agir por alguns minutos. Em seguida, lave o chão com água e seque-o com auxílio de um rodo ou de panos secos.

Mistura com vinagre e álcool:

Em um balde, junte 750 ml de vinagre branco (ou de álcool), 150 ml de álcool e quatro colheres de sopa de detergente desengordurante.

Aplique a mistura no piso, esfregue com o auxílio de uma vassoura e aguarde cerca de 20 minutos. Retire a mistura com um rodo e, em seguida, enxágue o chão. Utilize o rodo novamente ou panos secos para secar.

Percebe como a limpeza pesada é mais trabalhosa? Por isso, no dia a dia, invista em pequenas tarefas como varrer o chão ou passar pano na cozinha para evitar o acúmulo que torna seu trabalho mais difícil.

Gostou do post? Saiba o que é um aspirador de pó e água e como esse equipamento pode ajudar você na limpeza de sua casa!