Ainda que não seja o único, o Uber é o aplicativo de transporte mais conhecido entre os cidadãos. Você já faz uso desse tipo de serviço? Gostaria de algumas dicas para o Uber e similares?

A Uber chegou ao Brasil em 2014, sendo o Rio de Janeiro a primeira cidade do país a receber a multinacional americana. Logo, São Paulo e Belo Horizonte conheceram a novidade que pouco a pouco se espalhou para outras cidades e estados.

Tudo que é novidade, seja porque chegou há pouco no mercado ou porque você acabou de conhecer, gera um pouco de receio. Por isso, se você ainda não é um “expert” no assunto, aqui vão algumas dicas úteis para o passageiro da Uber e serviços parecidos!

1. Peça o carro do lado de dentro de seu ponto de partida

Sempre que possível, peça seu carro de dentro de casa ou do estabelecimento comercial em que estiver. Essa é uma dica de segurança para evitar que você se exponha a riscos por estar com o celular nas mãos em vias públicas da cidade.

Lembre-se de que o próprio aplicativo da Uber ― assim como os similares ― vai avisar você quando seu motorista estiver chegando e quando ele de fato chegar;

2. Prefira locais menos tumultuados

Se você está saíndo de um evento, como uma peça de teatro, sabe que a porta do estabelecimento vai estar repleta de pessoas pedindo Uber e outros serviços de transporte. Para o motorista, encontrar um local apropriado para parar o carro enquanto espera por você pode ser bem complicado.

Por essa razão, evite o tumulto sempre que possível. Uma opção é esperar o volume de pessoas no local diminuir para então solicitar o serviço ou caminhar até um local próximo para pedir seu carro.

O motorista que aceita a corrida tem comunicação direta com você por meio do aplicativo. Então, você também pode optar por enviar uma mensagem dizendo “estou no teatro TAL, mas pode parar um pouco mais à frente, perto da loja X para facilitar”;

3. Verifique a reputação do motorista

Outra boa dica para o Uber e serviços similares é verificar a reputação do motorista. Assim que o aplicativo encontra um carro disponível para a sua viagem, você recebe informações sobre o veículo e sobre o motorista.

Dê atenção especial à sua pontuação. Na Uber, a pontuação máxima é 5 estrelas e quanto mais próximo disso o motorista estiver, melhor a sua reputação. Em outras palavras, a pontuação lhe diz se há muitas reclamações ou não quanto ao serviço prestado por aquele motorista.

Caso você perceba que o motorista tem uma pontuação muito baixa, pode cancelar a corrida e solicitar outro carro. Atenção! Você precisa ser rápido porque, caso demore muito para fazer o cancelamento, pode acabar sendo cobrado por isso;

4. Preste atenção aos dados do motorista e do carro

Além de verificar a reputação do motorista, é importante prestar atenção a questões como a sua aparência, o seu nome, o modelo, a cor e a placa do carro.

Quando o veículo chegar, antes de entrar, é aconselhável que você confira se está tudo de acordo. Caso algo não bata ― como outro motorista ou outra placa de carro ―, não entre. Cancele a corrida, reporte o erro pelo aplicativo e solicite um novo carro; 

5. Certifique-se de que o motorista sabe o seu nome

Ao aceitar a corrida, o motorista fica sabendo qual é o nome do passageiro do Uber. Essa é mais uma informação que pode ser verificada para a sua segurança ― e também para a segurança do próprio motorista.

Em geral, os motoristas são instruídos pelas empresas a perguntar o nome do passageiro assim que chegam ao destino. Caso ele diga o nome errado, confira mais uma vez as informações do carro no aplicativo para tentar identificar a origem do problema.

Se a situação fizer com que você se sinta inseguro, você pode cancelar o serviço e, depois de reportar o problema pelo aplicativo, solicitar seu reembolso;

6. Confirme as informações de sua viagem

É comum que o motorista não saiba qual é o destino de quem solicitou a viagem até confirmar seu início. Em outras palavras, só depois que você cumpre todas as dicas para o Uber mencionadas e entra no carro, é que essa informação fica disponível ao prestador do serviço.

É que o destino só é mostrado no aplicativo do motorista quando ele confirma o início da viagem. Muitas das vezes, eles são instruídos a confirmar as informações perguntando algo como “estamos indo para o teatro TAL, no bairro Y, certo?”. Mas você mesmo pode tomar a iniciativa se o motorista não se manifestar.

O objetivo é confirmar que está tudo certo com os dados de sua viagem e que você vai chegar ao destino correto;

7. Sente-se no banco de trás e atrás do motorista

Há quem, por motivos próprios, prefira se sentar no banco da frente, ao lado do motorista. A recomendação, porém, é para que o passageiro do Uber dê preferência para o banco de trás e há bons motivos para isso.

Um deles é que, se você for descer em locais de muito trânsito, estando atrás tem a opção de escolher por qual das portas é mais seguro deixar o carro. O outro passa por aquilo que tende a ser mais confortável para o próprio motorista.

Ainda, uma dica especial para mulheres, é sentar no banco logo atrás do motorista. Isso evita que o condutor seja capaz de fazer muito contato visual ou até mesmo de tocar a passageira.

As empresas de transporte têm normas de conduta para evitar casos de assédio, mas como sabemos que eles podem acontecer, achamos por bem compartilhar essa informação;

8. Compartilhe sua viagem

Pelo próprio sistema do aplicativo, você pode compartilhar sua viagem para algum familiar ou amigo. Essa pessoa passa a ter acesso ao trajeto que seu motorista está fazendo e pode verificar se você chegou ou não ao destino.

Assim, em caso de irregularidades, você tem alguém que está acompanhando a viagem e pode lhe oferecer a ajuda necessária;

9. Agende uma viagem para sua comodidade

Uma dica para o Uber e outros aplicativos do tipo é a possibilidade de agendar a sua viagem. Nos tempos em que os táxis reinavam, podíamos ligar para o motorista ou para cooperativa para agendar uma corrida importante.

Atualmente, esse agendamento pode ser feito para os serviços de transporte privado, por meio do próprio aplicativo. É preciso atenção a dois fatores, porém: alguns serviços cobram uma taxa extra para o agendamento e existe uma antecedência mínima para o agendamento em cada aplicativo;

10. Salve seus destinos favoritos no aplicativo

Você tem destinos frequentes quando utiliza seus aplicativos de transporte? Então, saiba que você pode poupar tempo e esforço deixando de digitar, dia após dia, os endereços mais utilizados.

O aplicativo permite que você salve destinos favoritos como “Casa”, “Trabalho”, “Casa de Fulano”, “Médico Tal” e etc. Assim, com poucos cliques e mais praticidade você consegue fazer a sua solicitação;

11. Avalie o motorista após a corrida

A dica final para quem utiliza o app da Uber ou de qualquer serviço do tipo é avaliar o motorista após a corrida. A gente sabe que, vez ou outra, tem o azar de pegar um motorista que é imprudente no trânsito ou que tem algum tipo de conduta desagradável.

Especialmente por essa razão, é importante avaliar o serviço para que as empresas priorizem seus melhores motoristas, garantindo a qualidade do atendimento.

E por falar nisso, lembre-se também de avaliar os bons motoristas porque o reconhecimento é bem-vindo e aumenta o prestígio deles na plataforma!

Gostou do post e está pronto para mais uma leitura? Confira nosso conteúdo sobre os melhores aplicativos de transporte!