Você já ouviu falar de cozinha afetiva? Se o conceito é novo para você ou se você já chegou a ouvir esse nome em alguma vez na sua vida, o texto de hoje vai esclarecer ainda mais esse tema.

Tão atual, a cozinha afetiva vem ganhando espaço. Muitas pessoas já se deixaram conquistar pelo chamado da comfort food. Afinal, quem não gosta de se sentir acolhido e feliz quando faz as suas refeições do dia a dia?

Bom, essa é uma das premissas básicas para a culinária comum se torne então a culinária afetiva. 

Para deixar você com um pouco de água na boca, vamos trazer também algumas receitas que vão dar um toque especial para a sua semana. Venha conosco e descubra. 

Esperamos que goste da leitura! 

O que é o Comfort Food?

Também com o nome de “culinária afetiva” ou “comida afetiva”, o Comfort Food é um movimento de pessoas que desejam ver emoções positivas em seus pratos. A essência desse movimento é trazer lembranças especiais para quem está se alimentando. 

A partir disso, a combinação com ingredientes especiais e previamente selecionados, permite resgatar pratos da infância e de momentos que marcaram a vida de uma pessoa.

A intenção é de que quando alguém se alimente a pessoa também esteja alimentando suas emoções e a alma. 

Esse movimento do Comfort Food surgiu nos anos 2000 como uma resposta a forma mecanizada como as pessoas vinham se alimentando. Principalmente, em relação aos fast foods que tomam cada vez mais espaço e visam o lanche rápido, mas não necessariamente momentos especiais. 

O objetivo da culinária afetiva é resgatar o paladar saudável e apurado para temperos e alimentos que muitas vezes deixamos de lado pela falta de tempo em prepará-los.

Portanto, o movimento acabou virando uma filosofia de vida para se obter atenção sobre o que consumimos e como isso impacta diretamente na saúde. 

Há restaurantes especializados em culinária afetiva? 

Sim. Boa parte dos restaurantes com o passar do tempo estão focando nesse tipo de consumo consciente. Para provar isso, muitas redes vem empregando o nome de “culinária afetiva” para informar aos seus clientes que a proposta principal do restaurante é a satisfação física e emocional de quem se alimenta. 

Existem também algumas categorias de Comfort Food que pode te ajudar a entender ainda mais como esse processo acontece. Confira abaixo alguns deles:

Comidas nostálgicas

Os alimentos desses pratos são voltados às memórias antigas de pratos que foram consumidos há bastante tempo. Além disso, são pratos voltados para pessoas que estão distantes de suas famílias há muito tempo. 

Comidas de conveniência

Voltadas a quem deseja ter um consumo rápido sobre um alimento. Também é voltado a como uma pessoa foi criada e alimentada ao longo da vida para que isso se reflita na confecção de um prato para ser consumido imediatamente

Comidas de indulgência

Esse tipo de comida está voltado ao prazer pelo comer. Por mais que determinada comida cause sensação de culpa, como é o caso de junk food, a situação pode ser favorável. Assim a pessoa tem o prazer do consumo, mas a consciência do ato. 

Comidas de conforto físico

São os tipos de comida que são aliadas a textura, onde a pessoa pode sentir bem estar físico. Além disso, a temperatura é outro fator predominante nesse tipo de comida, provocando reações emocionais a quem a consome.

É o caso do chocolate, por exemplo. 

Receitinhas básicas de Comfort Food

Quer começar a colocar a mão na massa e fazer o seu prato de Comfort Food? Então, confira as dicas que separamos para você! Se divirta e tenha um bom apetite!

Sopa de legumes

A receita de sopa é super fácil de preparar e pode ser considerada como uma comida nostálgica, assim como uma comida de conforto físico. Saiba como fazer o preparo: 

Ingredientes: 

  • 1 batata;
  • 1 chuchu;
  • 1 cenoura;
  • 1 tomate;
  • 50g de cebolada picada;
  • Uma colher de azeite;
  • 1 dente de alho picado;
  • Sal a gosto;
  • Meio litro de água.

Modo de preparo:

Pegue todos os legumes, retire a casca e pique em cubos pequenos. Refogue em uma panela média o alho e a cebola no azeite por 3 minutos.

Em seguida, misture os legumes picados e coloque a água. A água precisa estar fervendo. Adicione o sal e mantenha o cozimento em fogo médio. Feche com a tampa semiaberta.  

Depois de 30 minutos, confira o cozimento e caso necessário, coloque mais um pouco de sal. Pronto! 

Bolinho de chuva

Mais um exemplo de comida nostálgica e comida de conforto físico. Simples e rápido, garanta a diversão da sua tarde. 

Ingredientes:

  • Meia xícara de leite;
  • Meia xícara de açúcar;
  • 1 xícara e meia de farinha;
  • 1 ovo;
  • 1 colher pequena de fermento em pó;
  • 400 ml de óleo;
  • Um prato com mistura de açúcar e canela.

Modo de preparo:

Dentro de uma tigela misture o leite, o ovo, o açúcar, a farinha e o fermento. Após a mistura ficar homogênea, faca bolinhas com a massa e frite no óleo quente. 

É essencial que o óleo esteja aquecido a 180° para começar a fritura. Assim que os bolinhos estiverem fritos, passe-os no prato com açúcar e canela. Pronto! Agora é só aproveitar! 

Você viu nesse texto:

  1. Comfort Food é um conceito nascido nos anos 2000 para chamar atenção sobre consumo consciente de comida;
  2. O objetivo do movimento é trazer bem estar para alimentação e não consumo automático;
  3. O movimento também visa trazer e resgatar boas lembranças do passado de pratos que agradam o paladar das pessoas;
  4. Muitos restaurantes vem trazendo a culinária afetiva para os seus cardápios. 

Mais sobre boa alimentação 

Antes de colocar o pé na cozinha, que tal assistir um bom filme para te inspirar? Se você é do tipo de pessoa que adora assistir tudo relacionado a cozinha, então não pode deixar de ver o que preparamos para você. 

Hoje a ObaBox traz uma seleção de filmes para poder te inspirar e para vocês assistir com toda a sua família. E tem filme para todos os gostos.

Dá uma conferida nas nossas dicas. Leia o nosso post De dar água na boca: 8 filmes e séries sobre gastronomia e culinária e aproveite! 

Esperamos que goste dos filmes e da leitura! 

Gostou do conteúdo? Esperamos que sim! Então, não deixe de compartilhar esse texto sobre comfort food em suas redes sociais com quem adora descobrir algo novo sobre boa alimentação.

Share:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *