Você sabe quanto tempo dura uma panela? Essa pergunta te pegou de surpresa? Pois é!

Você não é a única pessoa que passa por essa experiência. Pouca gente sabe, mas dependendo do tempo que você está cozinhando, existe um momento ideal sobre quando trocar as panelas é indispensável. 

As panelas também possuem uma vida útil e precisam ser observadas de perto. Afinal, quando uma panela começa a envelhecer, pode começar a soltar alumínio, por exemplo, o que é extremamente prejudicial para a nossa saúde. 

Para evitar que isso aconteça, o texto de hoje vai te ensinar a reconhecer quando é o momento ideal para trocar as suas panelas. Além disso, vamos trazer também informações para você aumentar a vida útil do seu conjunto de utensílios para cozinhar. 

Esperamos que goste da leitura!

Não é você. Sou eu: se despedindo das suas panelas

Pode até parecer brincadeira, mas as panelas acabam ocupando um lugar dentro do nosso coração. Quem nunca se apegou àquela panela fácil de cozinhar? Ou então sem motivo específico, apenas pelo apreço.

É mais comum do que parece. Porém, uma panela velha, mesmo que possa fazer comida boa, precisa de uma dose de atenção ainda maior. 

Quando a panela começa a perder qualidade para cozimento, os sinais são claros. É possível verificar que ela começa a perder a sua antiaderência.

Então, os alimentos começam a grudar com maior facilidade, ainda que você use uma quantidade de óleo para o cozimento. 

O segundo sinal é quando além dos alimentos grudarem, manchas escuras começam a ficar no objeto.

Observe, pois esse é um dos sinais mais comuns de que o material de revestimento começará a se desfazer em pouco tempo. 

O material de revestimento, como teflon e alumínio podem começar a se soltar e ir para a comida. Sabe aqueles pontinhos pretos que você encontra na sua comida e que você sabe que não são de tempero?

Pois é!

Esse é o tal revestimento que estamos falando. Então, você passa a ingerir esse material de revestimento que é altamente tóxico para o organismo humano.

Sem contar que o gosto também pode ficar diferente por conta desses fragmentos.

Outro sinal que também pode mostrar que o revestimento já está se desfazendo são os arranhados. Muitos deles podem surgir pela limpeza errada das panelas.

Se você usa uma esponja abrasiva em um material teflon, esse material antiaderente já começa a se desfazer com o tempo, perdendo a sua função.

Além disso, quem limpa as panelas antiaderentes colocando-as quentes em água fria já perde também a potência do revestimento.

Cozinhar com materiais metálicos também auxilia e muito a ferir o revestimento e fazer com que ele se solte na comida com o tempo. 

E agora?

Não tem jeito. Quando a panela começa a ficar assim, não há nada que você possa fazer a não ser descartá-la.

A panela que chega a esse tipo de estágio já não está boa para o uso.

Por mais apego que você tenha, é o melhor que você pode fazer para a sua saúde. 

Porém, se você verificar que a sua panela está apenas queimada, pode ser que ela tenha solução. Experimente utilizar água morna com vinagre para ver se mancha de queimado se desfaz.

Se for algo muito denso é provável que você precise trocar a panela. 

Cuidados com a panela: evitando o desgaste

Não é como se toda panela tivesse um prazo de validade. Quando cuidados com a panela são tomados da forma correta, esses objetos podem durar vários anos.

Mas é necessário ter total atenção com a forma que você cozinha, como limpa e armazena esses utensílios.

Confira abaixo nossas dicas para aumentar a vida útil da sua panela:

  1. Sua panela é antiaderente. Atenção ao primeiro uso: Para que uma panela dure muito tempo, o primeiro uso pode ser decisivo. Experimente esquentar a panela por um pouco de óleo e depois espere esfriar. Limpe suavemente e em seguida armazene para o primeiro cozimento. Isso vai fazer com que o revestimento esteja preparado para receber a comida no próximo uso. 
  2. Esponjas de aço ou metal não: Essas esponjas são verdadeiras inimigas para quem deseja manter a vida útil da panela por muito mais tempo. Então, opte por esponjas macias. Não esqueça de deixar a panela de molho para facilitar a limpeza.
  3. Atenção sobre como você usa o fogo: As panelas devem ficar no centro do fogo. Se você move para outros lados, pode ser que o cozimento seja afetado. 
  4. Foco aos queimados de fora da panela: O lado de fora também desgasta. Se o lado exterior da panela começar a apresentar danos, é provável que seja necessário algum tipo de manutenção. Em todo caso, é necessário avaliação para saber se vale a pena comprar uma nova ou resgatar a antiga. 

Você viu no texto de hoje:

  • Panelas velhas podem prejudicar a saúde das pessoas se elas não tiverem uma boa manutenção;
  • É necessário ficar de atenção, caso as panelas comecem a soltar o seu revestimento durante o cozimento;
  • Sinais como mudança de sabor da comida, pontos pretos nos alimentos, alimentos grudando ao cozinhar podem simbolizar que é o momento ideal para fazer a troca das panelas. 

Mais para a sua cozinha ficar ainda mais bonita

Agora que você sabe quando é o momento ideal para trocar a sua panela, que tal saber como escolher o conjunto ideal?

Quando a gente vê aqueles programas de culinária da televisão, os olhos até brilham com as panelas. Quem nunca sonhou em ter uma frigideira antiaderente?

Mas que tal parar de sonhar um pouco e saber como montar o seu conjunto ideal de panelas? Sim, pessoas! É possível. E a ObaBox separou as melhores dicas para te ajudar com essa tarefa. 

Não deixe de ler nossa sugestão de texto de hoje: Quer montar um jogo de panelas e não sabe como? A Obabox te ensina.

Esperamos que goste da leitura! Depois conta para a gente o que achou e não esquece de nos convidar para estrear essas belezinhas! 

Gostou do conteúdo? A gente espera que sim! Então, não deixe de compartilhar esse texto com amigos e familiares nas suas redes sociais!

Share:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *