Para muita gente, a falta de tempo ou os desafios naturalmente apresentados pela idade faz com que seja difícil dar conta da limpeza da casa por conta própria. Você já pensou em contratar os serviços de uma diarista?

Se a sugestão lhe parece interessante, você certamente precisa descobrir se vale a pena pagar diarista. E uma das formas válidas de fazer essa reflexão é conhecendo os direitos dessas trabalhadoras que precisam ser respeitados por quem as emprega.

Além disso, você também precisa saber o que avaliar para fazer uma boa contratação e evitar frustrações. Continue a leitura do post para saber mais!

Os direitos envolvidos na contratação de diaristas

Na mente de muita gente, as diaristas cumprem um trabalho informal e, por essa razão, sem regras pré-definidas. A verdade não é bem essa, porém. Confira algumas determinações ou pontos importantes que precisam ser conhecidos:

  • Diaristas devem receber pelo serviço realizado no mesmo dia em que realizarem a faxina ― e não somente no fim do mês. Quanto a isso, é interessante que você solicite a assinatura de um recibo em duas vias;
  • Caso decidam interromper a prestação de serviços, as diaristas não precisam, por lei, avisar com antecedência, ainda que seja interessante que o façam;
  • Diferente dos empregados domésticos, diaristas não têm direito ao 13° salário, férias remuneradas, descanso semanal remunerado ou horas extras;
  • Por serem autônomas, a responsabilidade de recolhimento do INSS é das próprias diaristas;
  • Diaristas não têm sua jornada de trabalho definida pelo empregador. Entretanto, é aconselhável evitar que o período da prestação de serviço exceda 8 horas diárias.

Atenção ao vínculo empregatício! Diarista são trabalhadoras que comparecem à sua casa no máximo duas vezes por semana. Contar com uma faxineira três ou mais vezes por semana configura vínculo empregatício.

Uma vez que esse vínculo passa a existir, a trabalhadora deixa de ser vista como autônoma (diarista) e passa a ter os mesmos direitos de uma empregada doméstica. A saber, empregadas domésticas devem ter sua carteira assinada e tudo aquilo o que garante a PEC das Domésticas.

Funções da diarista

É muito importante que as funções que podem ser atribuídas a uma diarista estejam claras para quem a contrata. Antes que a prestação de serviços comece, é importante ter essas atribuições alinhadas para evitar conflitos.

Assim, lembre-se de conversar com a trabalhadora sobre essa questão durante a entrevista ou com a empresa por meio da qual você decidir contratar a diarista.

Abaixo, relacionamos algumas funções comuns à rotina das diaristas. Falamos da limpeza da área interna e externa da casa, considerando ações como:

  • Varrer e passar pano no chão;
  • Aspirar o chão, carpetes, tapetes, cortinas e afins ― algo que pode ser feito com o auxílio do Obaclean;
  • Limpar vidros e vitrais;
  • Lavar e higienizar banheiros e cozinha;
  • Retirar a poeira de móveis, itens de decoração e outros;
  • Limpar paredes e teto do interior imóvel.

É importante salientar que as funções não podem representar riscos para a diarista. Se você mora em um apartamento, a limpeza da parte externa das janelas, por exemplo, só pode ser feita se não houve risco de queda.

Outras atribuições

Cozinhar e passar roupas são tarefas que também podem ser atribuídas às diaristas. Entretanto, é preciso que haja um acordo entre as partes para que isso aconteça, já que essas são consideradas atribuições extras.

Como escolher a diarista ideal

O bom e velho “QI”, ou seja, o famoso “quem indicou” é uma excelente estratégia para contratar uma diarista. Todos nós, quando buscamos alguém para fazer a limpeza de nossas casas, queremos profissionais competentes e de confiança.

Por essas razões, a escolha da diarista ideal muitas vezes passam por uma rede de recomendações. Como nem sempre isso é possível, porém, é interessante que você saiba que existem sites como o Mary Help e até mesmo aplicativos que ajudam você a contratar uma diarista.

Em geral, quando há intermédio de uma empresa, um processo de seleção já é previamente realizado para garantir um serviço de qualidade. Se você preferir não contar com essa ajuda, aqui vão algumas dicas para acertar na contratação da diarista:

  • Confirme a disponibilidade de horário. Diaristas são trabalhadoras com a agenda flexível e que podem ter mais de um empregador. Por isso, certifique-se de que a entrevistada pode atender você nos dias e horários desejados;
  • Pergunte sobre as tarefas desempenhadas. Combinado não sai caro, diz o ditado. Por isso, evite presumir quais funções a diarista está disposta e cumprir e confirme com ela quais tarefas serão realizadas;
  • Avalie a experiência e peça recomendações. Pessoas que estão começando também merecem chances, mas se a entrevistada já tem experiência na função, verifique a possibilidade de contatar outro contratante para pedir sua recomendação;
  • Pergunte como você pode facilitar o trabalho da diarista. A sinergia é um fator importante para a convivência e a qualidade do serviço prestado. Por isso, vale a pena perguntar se há algo que a profissional precisa como, por exemplo, um check list de tarefas ou um cronograma de afazeres.

Valores e pagamento

Certamente, o valor do serviço deve ser questionado ainda na entrevista para que, se necessário for, você negocie um pagamento que seja adequado ao seu bolso.

Aproveite para definir a forma de pagamento ― em espécie, depósito, boleto bancário ― e outras questões como a possibilidade de emissão de Nota Fiscal.

Lembre-se de que o mais comum é que diaristas sejam pagas no dia da execução dos serviços. Entretanto, vocês podem chegar a um acordo prévio para um pagamento semanal ou quinzenal, por exemplo.

Contratar diarista é a melhor opção?

A essa altura, você ainda está se perguntando se vale a pena contratar uma diarista? Esse questionamento é bastante válido e não existe uma resposta correta. Tudo depende das suas necessidades.

Tem gente que quer a limpeza da casa sendo feita diariamente ou com uma frequência igual ou superior a três vezes por semana. Em casos assim, contratar uma diarista não vale a pena ― até porque você teria que contar com mais de uma profissional para evitar a criação de um vínculo empregatício.

Por outro lado, se você busca uma ajuda esporádica para manter a casa em ordem e evitar se responsabilizar pelo serviço pesado, a contratação de uma diarista pode ser a escolha certa.

Vale ter em mente que, por serem trabalhadoras autônomas, a contratação de diaristas não implica no pagamento de benefícios por parte do contratante. Algo que pode representar uma interessante economia para o seu bolso.

“Legal, mas não quero contratar. E agora?”

Se depois de tudo isso, você quer pensar mais um pouco ou decidiu que não quer contratar uma diarista, temos duas dica para facilitar seu trabalho de limpeza da casa por conta própria:

  1. Fique de olho no blog da Obabox para conferir nossos conteúdos com recomendações, misturinhas e truques para a hora da faxina;
  2. Conheça nossos produtos que vão ajudar você a manter sua casa brilhando feito um brinco, como a ObaSpin ― uma escova elétrica que você pode usar para limpar paredes, azulejos e mais!

Ainda que você decida por contratar uma diarista, conferir nossos conteúdos sobre limpeza de casa e conhecer nossos produtos vai ser útil.

As informações podem ser compartilhadas com a trabalhadora e as ferramentas podem contribuir para resultados ainda mais satisfatórios.

Este post foi útil? Compartilhe-o com outras pessoas que também se interessam pela contratação de uma diarista!

Share:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *