Você está pensando em trocar de aparelho, mas não sabe qual o melhor celular para comprar? Então, chegou ao post certo! Ainda que pareça simples, essa escolha não é das mais fáceis e toda dica vem a calhar.

Para tentar resolver suas dúvidas e dar a você todas as informações que precisa para saber qual é o celular ideal considerando suas necessidades, preparamos este conteúdo especial. 

Talvez você já tenha reparado que, hoje em dia, a capacidade técnica dos aparelhos é muito destacada. É normal não entender do assunto, mas pensamos uma forma de tentar ajudar você a fazer uma boa escolha, considerando até mesmo essas questões mais tecnológicas. Vamos lá?

O que analisar antes de comprar um celular

Há cerca de 15 anos, basicamente as únicas coisas que considerávamos antes de comprar um celular era o design e o preço. Gradativamente, algumas pessoas se identificavam mais com esta ou aquela marca, mas não havia preocupação com questões como o sistema operacional, por exemplo.

Mais adiante na leitura deste post, você vai conhecer melhor os sistemas existentes e saber qual a diferença entre eles. Antes disso, porém, vamos a uma breve conversa sobre configurações. 

Não se preocupe, a ideia não é entrar em detalhes e sim contar a você uma forma de não sentir como se descobrir qual o melhor celular para comprar fosse uma tarefa difícil demais! Para isso, vamos passar por três fatores: processador + capacidade, espaço de armazenamento e tela.

Processador e capacidade

O processador é como o cérebro do celular moderno e tem relação com o bom desempenho e a velocidade do aparelho para abrir aplicativos, carregar as mensagens e imagens.

A capacidade vem traduzida pelo número de gigabytes (pronuncia-se “gigabaites”) ou GB. E é neste momento que você deve analisar qual é o seu objetivo de uso para o novo celular.

Se sua ideia é ter um aparelho para ler e-mails, acessar aplicativos como o WhatsApp e o Facebook, um celular com processador quad-core e memória RAM de 1GB pode ser bom o bastante. Para não correr riscos de lidar com lentidão, porém, você pode buscar uma opção com 2GB ou 3GB.

Em comparação, os aparelhos mais avançados ― e normalmente mais caros ― tem processador octa-core e memória RAM de 8GB. Costumam ser aparelhos excelentes, mas é sempre bom avaliar sua necessidade para não gastar demais, pagando por recursos que nem vai usar.

Dica: não se preocupe se você leu, mas ficou sem saber o que é “quad-core” ou “memória RAM”. São configurações técnicas que não precisamos desvendar a fundo, para além do que já foi dito.

Espaço de armazenamento

O uso do WhatsApp é bastante comum nos dias de hoje. Quem nunca recebeu uma mensagem de bom dia, com uma bela imagem de paisagem? Até mesmo vídeos divertidos circulam adoidado pelo aplicativo, não é mesmo?

Muitas vezes, todos essas fotos e vídeos ficam salvas no celular, assim como as mensagens que trocamos nas conversas. As fotos e vídeos que fazemos também ocupam espaço, assim como cada app que baixamos e por aí vai.

Isso faz com que seja importante ter atenção ao espaço de armazenamento. Se você gosta de trocar muitas mensagens pelo WhatsApp diariamente e registrar momentos e encontros legais do dia a dia, precisa pensar nisso!

O melhor celular para comprar é aquele que não vai impedir você de salvar uma nova foto por falta de espaço. Atualmente, o mínimo que um bom aparelho deve ter é 8GB, mas a recomendação é para que você escolha modelos com pelo menos 16GB de espaço para armazenamento.

Outros aparelhos, com capacidade maior e preço mais elevado, podem ter de 32GB a 64GB.

Tamanho da tela do celular

Pode ser que você já tenha reparado: as telas dos celulares modernos estão cada vez maiores. Os fabricantes pensam nisso porque sabem que muitas pessoas usam seus aparelhos para assistir a vídeos, à televisão e à filmes e séries de serviços como a Netflix.

Com isso, o tamanho da tela acaba definindo o tamanho do celular como um todo. Por essa razão, você precisa analisar duas questões práticas: 

  1. Você pretende usar seu aparelho para assistir a vídeos e afins com frequência? 
  2. Você se sente confortável com aparelhos maiores?

Se você pretende assistir apenas aos vídeos que recebe pelo WhatsApp, por exemplo, e não tem intenção de usar seu celular para passar horas vendo TV ou um filme, pode optar por uma tela menor.

Além disso, é interessante que você analise se um celular grande é fácil de manejar para você ou não. Homens têm mais costume de usar os bolsos das calças para guardar os aparelhos, já as mulheres, tendem a preferir suas bolsas. Em ambos os casos, a praticidade também deve ser levada em conta.

Sobre o tamanho das letras e números na tela

Outra preocupação recorrente tem relação com a usabilidade por parte de quem não tem uma visão 100%. Às vezes, letras e números maiores tornam o uso do celular mais fácil, certo?

Quanto a isso, há três possibilidades que vão ajudar você a encontrar o melhor celular para comprar:

  1. Analisar o aparelho pessoalmente, considerando que as lojas têm celulares disponíveis para que você os veja em funcionamento e conheça melhor suas características;
  2. Analisar as imagens e informações sobre o celular nos sites, caso deseje comprar pela internet. Aqui, vale mencionar que muitas lojas virtuais têm chats para que você possa conversar pelo computador com algum vendedor ou técnico para fazer as perguntas que deseja e tirar suas dúvidas;
  3. Descobrir se o aparelho tem uma configuração que permite a você alterar o tamanho das letras e números para ajustá-los às suas necessidades.

E o sistema: Iphone ou android, qual a diferença?

Agora, vamos falar do tal do sistema operacional. Se você já tentou tirar dúvidas com alguém sobre um celular moderno, pode ser que já tenha ouvido a pergunta: “seu aparelho é iphone ou android?”. E se você ainda não sabe que existe diferença e qual é essa diferença, chegou a hora de descobrir!

Antes de qualquer coisa, você precisa saber que os celulares de hoje em dia funcionam com diferentes sistemas operacionais. Um desses sistemas é o iOS que só existe no iphone ― aquele aparelho da Apple, a marca com o desenho de maçã. E o outro sistema, chamado android, existe em aparelhos de diferentes marcas.

Isso faz com que o iphone funcione de um jeito único e que os aparelhos android, ainda que de modelos e marcas diferentes, tenham um funcionamento parecido entre si.

No dia a dia, você não precisa saber quais as características de cada sistema. O legal é entender que, por serem diferentes, representam experiências distintas para os usuários.

É comum que quem tenha um iphone há muito tempo nem pense em trocar por um android por já estar habituado o sistema da Apple. O contrário também vale. Então, se você já se acostumou a usar um android, por exemplo, é interessante tentar conhecer um iphone antes de decidir comprar um para aumentar suas chances de adaptação!

Por que o vendedor pergunta sobre iphone e android?

Se você for em uma loja física ou acessar o chat de uma loja virtual pedindo sugestões de qual o melhor celular para comprar, é provável que o vendedor pergunte se você já tem um iphone ou um android. Isso porque, como vimos, a familiaridade com um dos sistemas pode ser importante para a sua próxima escolha.

E se você ainda não tem um celular moderno para saber com qual sistema se identifica mais, o que fazer? Bom, neste caso, além de observar as questões técnicas que comentamos anteriormente, você pode analisar a relação custo-benefício.

Existe celular bom e barato?

Em termos práticos, o que define um celular como bom são fatores como: ele suporta os aplicativos que usamos, consegue carregar fotos e vídeos rapidamente, não trava ou não congela como se tivesse parado de funcionar e tem espaço suficiente.

Quanto ao preço, isso depende de cada um, mas sem sombra de dúvidas, existem bons celulares que não custam nossos rins! Hoje em dia, o modelo mais moderno do iphone pode chegar a R$10.000 e os androids não ficam muito atrás.

Em compensação, existem modelos que se enquadram na nossa descrição técnica de “processador quad-core, memória RAM de 2GB e 16GB de espaço” ― geralmente adequado à terceira idade ― por R$500 a R$600.

Basta lembrar que, quando falamos do processador, capacidade e espaço para armazenamento, mencionamos que quanto mais poderoso o aparelho, mais elevado é o seu custo. Além disso, modelos mais antigos, sejam do iphone ou do android, são mais baratos do que os mais novos.

No fim das contas, o melhor celular para comprar é aquele que atende às suas necessidades e caiba no seu bolso!

Share:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *