De 2000 em diante, a compra pela internet foi gradativamente se popularizando entre os consumidores brasileiros. Você faz compras on-line? Ou está no grupo dos que ainda não viveram essa experiência?

Atualmente, qualquer um que visite sites de vendas de produtos sabe que a variedade é muito maior na internet do que na maioria das lojas físicas. Por vezes, o preço também é mais interessante e o fato de poder comprar de diversos lugares do Brasil e do mundo pode influenciar completamente nossas decisões.

Há quem tenha medo de fraudes e roubo de senhas, mas é possível evitar esses problemas e comprar pela internet sem medo de ser feliz. Continue a leitura e confira dicas que você deve saber antes de começar!

Faça pesquisas de preço

Atualmente, até mesmo por meio de redes sociais como o Facebook, vemos propagandas e recebemos ofertas dos mais diversos produtos. Quando entramos em um site de notícias ou entretenimento, também vemos anúncios que podem ganhar a nossa atenção.

Seja como for, a dica é controlar os impulsos e pesquisar. Da mesma forma que fazemos quando vamos comprar algo, como um eletrodoméstico, em lojas físicas, “rodar” as lojas on-line em busca do melhor preço também vale a pena.

Com isso em mente, é válido observar questões como o número de parcelas sem juros e também o valor do frete. Algumas empresas contam com serviço terceirizado de entregas que independe dos Correios e, por essa razão, conseguem estabelecer preços diferenciados de frete.

Tenha atenção àquilo que cabe no seu bolso, considerando as condições de pagamento e, claro, sem esquecer da qualidade. Uma observação que nos leva à próxima dica que você precisa conferir antes de começar a comprar pela internet.

Confira depoimentos e sites de avaliação

Quando estamos comprando algo, sabemos bem que uma das coisas que nos ajuda a ter segurança de que o investimento vale a pena é a qualidade. Marcas reconhecidas não têm a nossa preferência sem motivo.

Entretanto, as marcas mais famosas tendem a ser menos acessíveis, ou seja, ter um custo mais elevado. Além disso, as facilidades de compra e venda on-line, entre outros fatores, ampliaram nosso leque de opções e nem sempre nos deparamos com um produto cuja reputação nós já conhecemos.

Você se lembra da ideia de que a melhor propaganda é o boca a boca? Se alguém nos recomenda uma marca ou diz para que nos afastemos dela com base em experiências ruins, tendemos a levar esses conselhos em consideração. Certamente, você ainda pode conversar com conhecidos sobre o que deseja comprar pela internet e obter seus conselhos.

No mundo on-line, existem outros recursos que podem ajudar. Nos sites que você visitar em busca dos produtos que deseja, tem chance de se deparar com uma seção de avaliação e comentários em cada página. Muitas lojas inclusive marcam os comentários como selos de “compra verificada” para assegurar que você está lendo a opinião de alguém que realmente comprou aquele produto.

Existe também um site chamado Reclame Aqui que sempre vale a pena consultar antes de fazer uma compra. Basta acessar e digitar o nome da loja para saber se há reclamações, se são muitas ou graves e descobrir se os problemas foram satisfatoriamente resolvidos ou não.

O Reclame Aqui tem um sistema próprio para classificar a reputação das lojas com base nas reclamações e soluções apresentadas. Com isso, você consegue descobrir em quem pode confiar e de quem deve fugir!

Certifique-se de que o site é seguro

Um dos pontos que geram dúvida em quem ainda não sabe como comprar pela internet é a segurança. Todos nós temos medo de ter nossos dados roubados por criminosos cibernéticos, os chamados “hackers“. Tendo atenção, porém, você consegue escapar do perigo.

Quando você acessa um site seguro, como o da Obabox, vê a figura de um cadeado fechado antes do endereço ― o mesmo vale para o termo “https”. Quando você acessa um site que não é seguro, esse cadeado está aberto, colorido de vermelho ou cortado, é sinal de alerta.

Só isso, porém, não basta. Sobretudo quando você receber ofertas por e-mail ou por mensagens online, verifique se o endereço que se abre no navegador é real. Criminosos podem fazer uma página falsa muito parecida com a verdadeira, mudando pequenos detalhes como um “obebox.com.br” que quase passam despercebidos.

Ainda, antes de compartilhar seus dados bancários, verifique se a loja que você escolheu para comprar pela internet tem algum serviço de compra segura ou verificada. Há casos em que o site avisa que garante a devolução de seu dinheiro caso o produto não chegue ao destino, por exemplo.

Utilize um dispositivo próprio

Outra dica de segurança muito simples é usar seu próprio equipamento para comprar pela internet. Evite até mesmo dispositivos corporativos e dê preferência ao seu próprio celular moderno, tablet ou notebook.

Caso vá comprar por um computador desktop ou computador de mesa, faça em que seja de uso pessoal. Em outras palavras, evite usar equipamentos compartilhados ― uma dica que vale para compras on-line e para acesso ao site do seu banco (internet banking).

A ideia é evitar o risco de esquecer alguma página aberta com informações sigilosas ou até mesmo algum deslize que resulte no salvamento automático de senhas no dispositivo usado. Tais situações pode criar oportunidade para que um usuário mal-intencionado utilize seus dados para fazer compras para si próprio.

Informe-se sobre a política de trocas

Ninguém gosta de ter que trocar um produto, mas a possibilidade sempre existe, não é mesmo? Tamanho inadequado, defeito ou afins podem estar entre os motivos que nos fazem precisar efetuar uma troca.

Antes de fechar uma compra on-line, informe-se no site da loja sobre a política de trocas para saber quanto tempo você tem para trocar o produto e quem precisa arcar com os custos da devolução e reenvio.

Muitas lojas garantem a primeira troca grátis, mas isso não é regra. Além do mais, os prazos variam e é preciso atenção para não acabar tendo um problema maior depois.

 Atenção ao pagamento

Anteriormente, mencionamos a importância da pesquisa de preço e das condições de pagamento. Outra dica para comprar pela internet é observar as opções para a realização do pagamento.

O uso do cartão de crédito é bastante comum, mas há lojas que permitem o pagamento via boleto bancário, além de outros serviços on-line como o PayPal. Busque a loja que mais se adequa às suas possibilidades.

Além disso, ao compartilhar seus dados bancários, evite a opção de salvar a senha para compras futuras. Alguns bancos mais modernos, como o Nubank, dão ao cliente a opção de um cartão digital acessado somente pelo aplicativo e especialmente desenvolvido para tornar compras on-line mais seguras.

Lembre-se de rastrear o pedido

É comum que lojas grandes deem aos consumidores a opção de rastrear o pedido. Em geral, essa informação é automaticamente enviada para o e-mail do comprador e atualizada de tempos em tempos.

Há casos, por exemplo, em que você pode saber quando o pedido foi registrado, quando saiu da loja, quando chegou de um estado ao outro e qual a previsão de entrega na sua casa.

Lojistas ou comerciantes menores nem sempre têm um sistema automático. Entretanto, ao negociar os termos da venda pela plataforma on-line ou em conversa pelo WhatsApp, você pode optar pelo frete dos Correios que inclui o código de rastreio.

Nesse caso, você mesmo tem a responsabilidade de acessar o site dos Correios e informar o código de rastreio em “acompanhe seu objeto”. Assim, pode se certificar de que a encomenda está a caminho e não sofreu nenhum desvio.

Cadastre-se em e-mails e aplicativos

Nossa dica final para você que está prestes a comprar pela internet é de que você se cadastre na lista de e-mails ou baixe os aplicativos das lojas que mais gosta.

O cadastro pode ser feito por meio do site da própria loja e a opção geralmente é apresentada logo que você acessa o endereço. Em muitos casos, você vai notar uma mensagem como “cadastre-se e receba um percentual de desconto na primeira compra”. Além disso, você receberá ofertas e promoções exclusivas.

Baixar o aplicativo também tende a encaminhar você para ofertas de produtos de seu interesse. Além disso, uma vez que você se cadastra no aplicativo, passa a ter uma vida mais fácil ao comprar on-line.

É que todas as vezes que você for comprar, vai precisar fazer cadastro na loja (em caso de primeira compra) ou informar seus dados de acesso. Com o aplicativo, essa etapa só acontece uma vez, bastando que você confira os dados antes de concluir a compra.

Agora que você já sabe o que observar antes de comprar pela internet, aproveite para “passear” pelo site da Obabox e escolher seus produtos preferidos!

Share:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *