Quer ficar famoso(a) na internet, mas não sabe como gravar um vídeo no YouTube? Então, chegou a hora de tirar os planos de papel e começar a colocar o seu conteúdo no ar! No texto de hoje a ObaBox vai te ajudar a você dar os seus primeiros passos como criador de conteúdo. 

Vamos falar sobre como escolher os melhores temas, como gerar mais engajamento para o seu conteúdo, como fazer uma boa filmagem e deixar o seu público encantado para o seu canal.

Está pronto para fazer sucesso na rede? Então, não deixe de conferir nesse texto as nossas dicas. 

Esperamos que goste da leitura!

Você criou o seu canal. Agora, como gravar um vídeo para YouTube?

Muita gente tem em mente que para começar a gravar para o YouTube precisa ter os melhores equipamentos e as melhores ferramentas para fazer sucesso logo de cara.

Só que uma coisa é certa: quem é criador de conteúdo e começou do zero, sabe que menos é mais. 

E o que isso quer dizer? Bom, você já deve ter ouvido falar do exemplo Whindersson Nunes que começou seus vídeos de forma caseira e se tornou um dos maiores YouTubers do mundo.

O canal do cara conta com quase 40 milhões de inscritos. E ele começou de forma profissional? Não. E justamente por isso ele chamou tanta atenção. 

Com uma câmera simples, a mesma do seu celular ou laptop, ou até uma webcam, é possível começar a dar os seus primeiros passos para virar um criador de conteúdo. 

Gravou seus vídeos? Perfeito!

Experimente colocar na plataforma, divulgue em suas redes sociais e veja como as pessoas reagem. Isso vai te dar mais informações sobre o que você precisa melhorar e os seus pontos fortes. 

Não esqueça de fazer alguns testes antes

Uma das primeiras dicas é gravar para si mesmo.

Faça um experimento e veja se você conseguiu enquadrar bem a câmera, se o áudio foi bem captado. Ah, e lembre de gravar em um local que faça o máximo de silêncio possível. Os ruídos podem atrapalhar bastante quem está assistindo. 

A edição também pode ser uma ótima ferramenta para limpar os ruídos. Se você puder contar com um microfone profissional, isso pode ajudar e muito que a sua voz seja ouvida de forma mais leve e as pessoas gostem mais do áudio. 

Lembre de escolher bons temas

É normal que nos primeiros vídeos ainda não se tenha total certeza sobre o que o canal vai falar. Por isso, é necessário experimentar e ver a reação do público.

Porém, é necessário levar em consideração como a plataforma trabalha a sua forma de divulgação e até monetização dos canais. 

Recentemente, o YouTube anunciou uma série de novas medidas para adequação de conteúdo dos canais ativos e futuros canais. Uma dessas medidas foi o “Family Friendly” que aposta em monetizar apenas conteúdos “amigáveis”, isto é, que não venham a ferir o entendimento do público sobre assuntos diversos. 

Por exemplo, muitos canais foram desmonetizados se apresentassem algum tipo de exposição excessiva a pele. Então, conteúdos que pudessem conter nudez, mesmo que fizessem parte de um relato médico, por exemplo, acabaram entrando na regra. Esse conteúdo ficou conhecido como “conteúdo sensível”

Então, antes de começar a gravar, é importante conhecer as diretrizes que o YouTube coloca para seus criadores de conteúdo. Assim fica mais fácil definir que temas você pode escolher. 

E o engajamento?

O engajamento do YouTube é o quanto as pessoas interagem com o conteúdo, além de se inscreverem, recomendarem, gostarem e comentarem nos vídeos do canal. Quanto mais há esse tipo de interação, mais o canal é divulgado em vídeos relacionados. 

Então, não tem jeito. O segredo está na divulgação.

Comece divulgando em suas redes sociais, mas depois busque quem possa te ajudar, páginas e amigos que lhe ajudem nos compartilhamentos. 

Além disso, você também pode usar ferramentas como os próprios anúncios pagos da plataforma para que mais pessoas cheguem até o seu canal. E os valores não são inacessíveis, mas é necessário que você conheça bem o seu público e entenda que tipo de perfil ele tem. 

Edição é importante? Depende

A edição pode levar um vídeo a ser um grande sucesso quando bem feita.

Porém, conteúdo virais nos trazem informações valiosas de que “o menos é mais” e situações espontâneas fazem toda a diferença para que um vídeo emplaque na plataforma. 

Porém, se você acaba ficando nervoso gravando ou algo deu errado durante a gravação, a edição é uma ótima ferramenta para que você não precise refazer o seu trabalho.

Além disso, existem recursos que você pode utilizar durante a sua edição que vão trazer mais personalidade para o seu vídeo e canal. É o caso das vinhetas, por exemplo. 

Tem vergonha de ficar em frente a câmera? Calma!

Muita gente tem optado em gravar apenas áudios para o YouTube e postá-los em formatos de vídeos. Essa é uma ótima maneira para quem ainda tem vergonha ou simplesmente deseja não aparecer na gravação. 

Para transformar áudios em vídeos é bem simples. Basta você gravar o seu áudio e passar o seu formato mp3 para mp4. Existem sites que fazem esse tipo de trabalho e de graça. Confira aqui um desses sites.  

Nesse texto você viu:

  • Para criar vídeos para o YouTube é necessário se planejar;
  • Menos é mais. Por isso, aposte na simplicidade do que você já tem para começar a gravar os seus vídeos: use sua câmera de celular, laptop ou até webcam;
  • É importante conhecer as diretrizes de conteúdo que o YouTube possui na hora de escolher um tema;
  • Faça testes antes de lançar o vídeo na plataforma para ver se você fez uma boa gravação e captou bem o seu áudio;
  • Gravar para o YouTube exige dedicação, então coloque a mão na massa para divulgar o seu canal de verdade;
  • A edição pode ser uma excelente ferramenta, mas não é indispensável para que você faça sucesso na plataforma;
  • Você pode gravar sem aparecer para câmera. Os áudios também tem feito sucesso para quem deseja só focar o seu conteúdo na voz.

Mais sobre YouTube e informação

E quem disse que lugar de mulher não é na cozinha? Lugar de mulher é onde ela quiser e para falar ainda mais sobre as mulheres que entenderam muito essa mensagem, disseminando-a com sucesso, preparamos um texto especial!

Que tal falar de quem realmente fez e vem fazendo história na gastronomia e que sabe muito bem colocar um bom prato na mesa? Não deixe de conferir o nosso post Sucesso na cozinha! Conheça 7 chefs mulheres que dominam a gastronomia e se deliciar com quem sabe muito bem o que está fazendo!

Esperamos que goste do conteúdo!

Gostou do conteúdo? Esperamos que sim! Então, não deixe de compartilhar esse texto com quem tudo para bombar gravando um canal no YouTube!