Na cabeça de muita gente, smartphone é só um jeito chique de fazer referência a um celular moderno. Ainda que esse entendimento seja aceitável, a verdade é que existem diferenças entre as duas tecnologias.

Neste post, vamos falar sobre essas diferenças, sobretudo para que você entenda como funciona um smartphone. Afinal, esse conhecimento vai ajudar você a entender os conceitos e ainda, tirar melhor proveito da tecnologia que tem em mãos.

Boa leitura!

Celular versus smartphone

A melhor forma ou talvez a forma mais simples de entender a diferença entre celular e smartphone é considerando que um smartphone é um celular que tem múltiplas funções. Cai bem também dizer que é um celular com funções adicionais.

É bem verdade que diferentes aparelhos de celular já tinham câmeras, jogos e até acesso à internet. Entretanto, essas ― e outras funcionalidades ― foram levadas a novos níveis nos smartphones.

Pode ser que você já tenha se deparado com a expressão “celular moderno” sendo usada em referência aos smartphones. Aqui mesmo, no blog da Obabox, já recorremos a esta definição.

Com isso, temos um esclarecimento útil para que você amplie sua capacidade de diferenciar as duas tecnologias: nem todo aparelho que tem tela touch ― aquela que é sensível ao toque de nossos dedos ― é um smartphone.

Apesar disso, essa característica é realmente mais comum nos “telefones inteligentes”.

Outro ponto de destaque é que, diferente dos smartphones, aparelhos celulares não possuem sistema operacional. Tenta puxar aí na memória se alguém falava em Android ou iOS anos e anos atrás!

Principais características de um celular

Para que seja ainda mais fácil entender o que é cada tecnologia, vamos a algumas de suas principais características, começando pelo celular. Confira:

  • Na maioria das vezes, não possui tela touch, ainda que essa possa ser uma realidade;
  • Tem funcionalidades mais básicas, sendo indicado principalmente para quem se limita a fazer ligações e mandar mensagens de texto (SMS) por meio do aparelho;
  • Tem conectividade limitada, ainda que o acesso à internet seja possível. No mercado, existem até celulares com internet 3G, mas em geral não são aparelhos desenvolvidos para facilitar a navegação pela internet e nem são projetados para tecnologias mais avançadas como o 4G;
  • Seu armazenamento interno é limitado, havendo pouco espaço para guardar mídias como fotos e vídeos;
  • Não tem sistema operacional, por isso, não permite que novos programas sejam instalados. Celulares não contam com uma “loja de aplicativos” e, por essa razão, muitos dos programas que consideramos úteis para o nosso dia a dia hoje não podem ser usados por meio desses aparelhos.

Principais características de um smartphone

Para dar sequência a essa conversa e ajudar você a entender ainda mais claramente do que estamos falando, vamos descobrir melhor o que é um smartphone com base em suas principais características. Acompanhe:

  • São comumente identificados pelo fato de possuírem tela touch, ainda que essa característica não seja exclusividade dos smartphones;
  • Têm múltiplas funcionalidades, sendo usados para diversas outras atividades além da ligação e do envio de mensagens de texto.

Já ouviu a brincadeira de que “celulares modernos nos permitem fazer de tudo, inclusive ligar para os outros”? Pois é.

Trata-se de uma forma bem humorada de indicar que carregamos na palma da mão uma tecnologia que extrapola as funções iniciais de um aparelho de telefonia móvel;

  • São desenvolvidos para a conexão constante com a internet e, por essa razão, é muito mais fácil navegar por sites por meio de um smartphone do que por meio de um celular;
  • Possuem melhor armazenamento interno, podendo ter até 256 GB de memória e permitindo, em alguns casos, o uso de cartões de memória para ampliar o espaço disponível;
  • Contam com um sistema operacional e loja de aplicativos, o que permite que programas que se tornaram tão populares ― como o whatsapp, o Uber e outros ― sejam instalados e facilmente utilizados.

Perceba que tanto no que diz respeito ao celular quanto ao smartphone, apresentamos as características de forma simples, sem aprofundar ou optar por explicações mais técnicas.

A ideia é apenas que você tenha o entendimento básico para entender as diferenças entre as tecnologias em questão.

O que é o celular para idosos da Obabox?

Agora que apresentamos todas essas características e diferenças que permitem a você entender melhor o que é um celular e como funciona um smartphone, precisamos fazer um comentário importante: o que é o celular para idosos da Obabox?

Esse celular, o ObaSmart 2, é na verdade um smartphone. Sendo assim, além de ligações e mensagens de texto, é um aparelho desenvolvido para o acesso à internet e o uso dos diversos aplicativos que ganharam significativa relevância em nosso dia a dia.

Por que, então, frequentemente dizemos “celular para idosos” e não smartphone para idosos? É simples: para facilitar as coisas.

Algumas pessoas da terceira idade não entendem bem o conceito de smartphone ou não conseguem assimilar a ideia de forma prática. Em geral, porém, conseguem entender que existem aparelhos mais modernos que permitem aos usuários fazer mais do que ligar para alguém de forma convencional.

Ainda, como indicamos ainda no início deste texto, os termos celular e smartphone são comumente usados como sinônimos. Mesmo que diferenças existam, como vimos aqui, não há problema em falar celular para se referir a um smartphone, não é mesmo?

Com este post, nosso objetivo era apenas ajudar você a saber que as diferenças existem e entender quais são elas. É algo interessante a se saber, mas você não precisa mudar sua forma de se referir a cada aparelho no dia a dia ― e nem nós!

Por isso, quando falamos do ObaSmart 2, também o chamamos de o melhor celular com whatsapp para idosos sabendo que isso ainda permite que as pessoas tenham ideia de como o aparelho funciona.

Consideremos, porém, que o termo “smart” no nome sirva como indicativo de que trata-se de um aparelho mais moderno, ainda que tenha sido desenvolvido para facilitar o uso por pessoas com menos afinidade com novas tecnologias.

Em resumo, existem diferenças entre smartphone e celular, mas é comum não fazer essas distinção na hora de falar e tudo bem, ainda que convenha saber “quem é quem”.

Este post fez você pensar como foi a evolução da tecnologia até o dia em que os smartphones dominaram o mercado? Conheça a história dos celulares!

Share:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *