Calabresa, marguerita, pepperoni… Qual o seu sabor de pizza favorito?

Se bateu a vontade de comer só de pensar na resposta para essa pergunta, que tal aprender como fazer pizza em casa?

O preparo da massa da pizza envolve alguns processos que podem assustar quem não tem muita afinidade com a cozinha ou com o preparo desse prato em específico.

É possível mudar isso, inclusive porque se você não quiser encarar o processo tradicional, pode até optar por fazer pizza na frigideira, seguindo passos bem mais simples.

Siga em frente com a leitura para saber mais!

A pizza no mundo e no Brasil

Para “forrar o estômago”, começamos com uma breve história da pizza e de seu consumo no Brasil.

Ao que se sabe, faz mais de seis mil anos que uma massa similar à da pizza foi feita pela primeira vez, pelos egípcios.

Foram eles os responsáveis por combinar, água, farinha e alguns outros ingredientes, e assar tudo em tijolos quentes.

Há quem explique, porém, que a primeira pizza “de verdade” foi preparada em Nápoles, na Itália, no ano 1600.

Foi também no país da bota que a massa ganhou o formato circular quando, em 1889, o chef Raffaele Sposito preparou uma pizza enfeitada com as cores da bandeira italiana: queijo (branco), manjericão (verde) e tomate (vermelho).

A criação deveria servir à rainha Margherita ou Margarida de Sabóia e deu origem à pizza de… marguerita!

Demorou um tempinho até que, em 1910, a primeira pizzaria brasileira fosse aberta, em São Paulo. Algo que aconteceu, sobretudo em razão da migração de italianos para o país.

Foi só em 1950, porém, que o prato se tornou popular entre os brasileiros e de lá pra cá uma relação muito forte se estabeleceu. Para que você tenha ideia, estamos entre os países que mais consomem pizza no mundo!

Pizzarias não faltam, mas há algo de especial em fazer uma pizza caseira e temos algumas dicas para você que tem esse desejo.

Dicas para uma pizza tradicional de forno

É muito fácil encontrar receita de pizza na internet. Basicamente, você precisa de farinha, água, fermento, óleo, sal e um pouco de açúcar. O preparo da massa é que pode ser desafiador.

Por isso, temos algumas orientações para você que quer aprender a como fazer pizza em casa:

Siga corretamente as proporções da receita

Como qualquer receita, é possível mudar a quantidade de ingredientes para o preparo da pizza caseira caso você queria alimentar menos ou mais gente.

Quem cozinha sabe que é importante seguir proporções, mas que é possível fazer uns testes para chegar a um resultado que considere mais interessante.

Se você nunca preparou uma pizza antes, evite testar e siga as instruções com rigor para garantir uma boa consistência;

Lembre-se de sovar bem a massa

Sovar é aquele processo de amassar bem a massa da pizza.

É uma etapa que pode ser um pouco “chatinha”, mas não deve ser ignorada porque é justamente a que permite que o glúten aja para impedir que os gases liberados pelo fermento, responsáveis pelo crescimento da pizza, saiam antes da hora.

A recomendação é sovar a massa por aproximadamente 10 minutos.

Algo que vai garantir que a pizza cresça corretamente e fique crocante;

Deixe a massa descansar

A próxima dica para você que está aprendendo a como fazer pizza caseira é respeitar o tempo de descanso da massa.

Para tanto, é interessante dividir a massa em porções no formato de bolinhos que caibam na palma de sua mão.

Em seguida, você deve colocar os bolinhos em um recipiente seco de modo que não encostem uns nos outros e tenham espaço para crescer.

É preciso cobrir esse recipiente com um pano limpo e levemente umedecido e deixar a massa descansar por pelo menos 30 minutos. Importante: esse tempo pode variar de receita para receita;

Saiba como abrir a massa corretamente

Depois do período de descanso, a massa poderá ser aberta para formar os círculos tradicionais ou, se você preferir, para caberem em uma assadeira retangular.

Seja como for, não é aconselhado usar rolos ou equipamentos similares. O mais indicado é abrir a massa com as mãos, delicadamente, para não perder os gases da fermentação que precisam ser preservados para que a massa cresça no forno.

Vale saber que existem vários tutoriais em vídeo que ensinam como abrir a massa da forma correta;

Pré-aqueça a massa

Outra dica de chef de como fazer pizza em casa e obter um ótimo resultado é pré-aquecer a massa depois de aberta.

Depois de colocar a massa na assadeira, faça alguns furos com o garfo e coloque-a no forno por cerca de cinco a 10 minutos, apenas para dourar levemente.

Em seguida, você deverá retirar a massa do forno para colocar o molho e os recheios de sua preferência;

Dê atenção à temperatura do forno

Em todo o momento em que a massa estiver no forno, dê atenção à temperatura e obedeça as instruções da receita.

A pressa é sua inimiga e uma temperatura elevada demais vai impedir que a massa asse por igual, além de queimá-la.

Ainda, atente-se ao tempo indicado na receita de pizza que você escolher porque deixar a massa no forno além da conta vai deixá-la dura e difícil de comer.

Dicas para uma pizza prática de frigideira

Gostou de conferir nossas dicas, mas quer mais praticidade e está em busca de orientações sobre como fazer pizza de frigideira? Esse é o seu momento!

Ao pesquisar por uma receita de pizza na frigideira você pode se deparar com uma lista de ingredientes um pouquinho diferente.

Você pode precisar, por exemplo, de farinha, leite, óleo, ovo, sal e fermento para preparar uma massa de liquidificador.

Os ingredientes devem ser misturados na proporção e, em alguns casos, na ordem em que são apresentados na receita. Quanto a isso, basta observar as orientações.

Em seguida, tudo o que você vai precisar é despejar a massa em uma frigideira larga, esperar que buraquinhos comecem a se abrir para saber que é hora de virá-la de lado. Então, deve colocar o molho e o recheio.

Vale lembrar que, a depender do tipo de frigideira, você vai precisar colocar um pouco de óleo ou azeite para evitar que a massa grude.

Caso você tenha um modelo antiaderente, como a ProPan, vai ter vida ainda mais fácil no preparo de sua receita.

No fim das contas, não importa se você prefere tentar uma pizza tradicional ou uma pizza na frigideira. Conta mais se divertir com o processo e, claro, se deliciar com o prato preparado!

E então, vai bancar o pizzaiolo em casa? Aproveite para descobrir quais as principais panelas antiaderentes do mercado!

Share:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *