O surgimento do formato .mp3 resultou em uma verdadeira revolução na forma como consumimos música. A consolidação da migração do analógico para o digital tem relação com essa tecnologia, mas ainda encontramos músicas em outros formatos. Você sabe como converter MP3?

Desde que o MP3 se popularizou, temos a opção de transformar diversos arquivos, inclusive os de vídeo, para esse formato. O objetivo é fazer com que tais arquivos ocupem menos espaços e, sobretudo, que possam ser ouvidos por meio de diferentes dispositivos, do celular moderno à caixa de som.

É certo que, muitas vezes, já encontramos as músicas no formato desejado, entretanto, há situações em que é preciso converter em MP3. Saiba mais!

Por que vale a pena converter para MP3

Aqui no blog da Obabox, temos um conteúdo específico sobre a história do MP3 e algumas curiosidades. Entre outras coisas, contamos sobre a revolução que o formato promoveu por tornar muito mais fácil o compartilhamento de conteúdos de áudio pela internet. Algo que também facilitou o consumo digital.

Além disso, apontamos que, atualmente, existem outros formatos mais avançados do que o MP3. São formatos que conseguem ocupar menos espaço e garantir um som de mais qualidade. Pensando nisso, por que ainda vale a pena converter para MP3?

Atualmente, os melhores programas para ouvir música ― os famosos serviços de streaming ― usam tecnologias como o ACC. Entretanto, ainda existe uma infinidade de arquivos digitais em MP3 e de programas especiais para converter em MP3. Por isso, optar por esse formato é uma escolha prática.

Isso sem contar que, ainda que alguns outros formatos tenham um som melhor, a perda do MP3 não é tão significativa. Inclusive, é também por essa razão que sua criação revolucionou o consumo de música.

É possível converter arquivos em MP3 com relativa facilidade e criar uma extensa biblioteca de áudios que sejam do seu interesse. Assim, você pode ouvi-los por meio de pen drives, no computador, em um celular moderno ou até em uma caixa de som portátil, como a ObaSound.

Converter de qualquer formato para MP3

Agora que você já sabe por que converter em MP3 segue sendo uma boa ideia, vamos partir para as instruções. Existem diferentes outros formatos como .flac, o .wav, e o .ogg.

Para tanto, você vai precisar ter o arquivo que deseja converter em MP3 em seu computador e acessar o site Online Audio Converter. Existem outros que fazem um processo similar, mas escolhemos este por considerá-lo simples o bastante.

Ao acessar o site, você logo vai perceber que tem a opção de “abrir arquivos” que estejam salvos diretamente em seu computador ou notebook. Tem também a opção de selecionar aqueles que estejam em serviços de nuvem ― programas de armazenagem de dados ― como o Google Drive e o dropbox. Ainda, pode escolher um arquivo “url”, ou seja, um link da internet.

Em seguida, você deve escolher a qualidade que deseja para o arquivo convertido em MP3: econômico, padrão, bom ou melhor. Perceba que a qualidade é proporcional ao tamanho. Um arquivo padrão ocupa menos espaço do que um arquivo bom, por exemplo.

Depois, é só selecionar o botão de “converter” e aguardar. O arquivo é baixado em seu computador e você pode mantê-lo salvo no equipamento ou enviar para um pendrive ou para um MP3 player, por exemplo.

O Online Audio Converter é gratuito e também converte em MP3 arquivos de vídeo. Isso é interessante porque os serviços de transmissão de música trouxeram muita praticidade, mas nem sempre encontramos todos os artistas ou álbuns em uma mesma plataforma. Em outros casos, se buscamos uma versão cover, por exemplo, não a encontramos em serviço algum.

Em geral, a solução para isso é recorrer ao bom e velho youtube. Por lá, podemos encontrar até mesmo gravações amadoras que nos sejam bem interessantes.

Já pensou em como ter essas versões diferentes para ouvir quando quiser? Basta copiar e colar a “url”, ou seja, o endereço do vídeo no youtube no programa conversor do site para ter o áudio em MP3.

Outros sites ou programas para converter arquivos

Como dito, focamos nosso post em um site em específico, mas existem outras opções. Caso você tenha algum problema ou dificuldade com o Online Audio Converter, pode conferir as alternativas abaixo e encontrar aquela que mais lhe agrada.

Em geral, fatores como a interface e a usabilidade ― que se traduzem na facilidade para o uso da ferramenta ― geram preferências de um usuário para o outro. Por isso, conheça também:

Converter em MP3 é legal?

Entre os usuários da internet, especialmente considerando as gerações que cresceram em meio ao movimento de explosão da música digital, é difícil encontrar alguém que nunca baixou um CD ou um vídeo.

Nesse movimento, muita gente baixa arquivos, seja para convertê-los em MP3 ou não, sem a autorização dos criadores. A famosa “pirataria” é considerada uma saída válida por muitos que não querem pagar para ter as músicas em seus computadores ou dispositivos móveis.

Atualmente, com o sucesso dos serviços de streaming, é menos comum que as pessoas façam download de arquivos de música. Muitos optam por ouvir tais arquivos em suas versões originais, nem que seja por meio das categorias gratuitas de plataformas como o Spotify, o Deezer e o Tidal.

Entretanto, ainda assim, você pode decidir baixar arquivos e convertê-los em MP3. Com isso em mente, recomendamos que você dê preferência a conteúdos que são disponibilizados, pelos seus criadores, para download.

Além disso, lembre-se que uma conversão para MP3 nem sempre é pirataria. Um arquivo original que você tenha salvo em um DVD, por exemplo, pode ser convertido no novo formato para ser ouvido em seu celular moderno ou caixa de som portátil.

Para evitar qualquer problema, lembre-se de não comercializar esses arquivos ― a menos que se trate de um conteúdo original seu ou de alguém que tenha lhe dado autorização para venda. Do contrário, você pode acabar violando os direitos autorais de outra pessoa.

Gostou da ideia de converter em MP3, mas ainda gosta de elementos da música “das antigas”? Conheça a ObaVintage: a vitrola retrô com toca discos e MP3 da Obabox!