Quem aí não sente saudade daquela época em que podíamos reunir a família para um delicioso almoço de domingo, ou preparar um jantar especial para receber amigos especiais? Bons tempos que esperamos voltar a viver em breve, não é mesmo? 

Aqui na ObaBox, nós estamos contando os dias para que possamos abraçar as pessoas que amamos sentados ao redor de uma mesa farta de pratos maravilhosos que somente de sentir o aroma irão acalentar os nossos corações. 

Mas para quem não abre mão de um momento gastronômico como esse, uma coisa que precisamos saber é como calcular a quantidade de comida que teremos na mesa. 

Você tem dúvidas sobre como fazer esse cálculo? É sobre isso que falaremos no post de hoje. Preparamos um conteúdo especial com todas as informações para você preparar um menu sob medida. Tenha uma ótima leitura!

Por que é importante saber a quantidade de comida por pessoa? 

Para muitos o que vale é a máxima do “antes sobrar do que faltar”. Esses são os que se você falar que o menu é para 20 pessoas, com certeza eles farão comida para 40. 

É até legal ver a mesa farta de iguarias saborosas que dão até um colorido bonito e digno de uma foto. Mas aí onde entra a consciência e o cuidado com o desperdício? Por isso, o melhor caminho é evitar exageros. 

Por outro lado, tem aqueles que calculam para menos e aí imagine que você convidou 8 pessoas para um jantar e aí só tem comida para 6. O que fazer nessa hora? Aborta o jantar e pede um delivery para o pessoal? Constrangedor, não? 

Por isso, é importante saber fazer esse cálculo com o máximo de precisão para não errar a mão na hora de preparar o menu. 

O que levar em consideração na hora de calcular a quantidade de comida por pessoa? 

Existem alguns aspectos que parecem simples, mas podem passar despercebidos por você e aí é que mora o perigo para o sucesso do seu evento. 

Com o objetivo de ajudá-lo, listamos alguns aspectos que devem ser avaliados na hora de preparar esse momento especial. Confira!

Avalie o menu que será servido

Primeiramente algumas comidas proporcionam maior sensação de saciedade do que outras. Por exemplo, os pratos ricos em carboidratos e proteínas vão deixar as pessoas mais cheias do que um prato de salada. 

Além disso, outro aspecto a ser pensado é se a ideia é ter ou não uma variedade de pratos. Imagine um churrasco sem arroz, vinagrete e farofa como acompanhamento. 

Neste caso, você precisa ter mais carne na brasa para deixar os convidados bem alimentados. Mas se houver mais opções de pratos aí você pode economizar neste quesito. 

A mesma lógica vale também para um jantar, pois neste tipo de ocasião é importante definir se haverá apenas o prato principal, ou se o seu menu contará com as ilustres presenças da entrada e da sobremesa. 

Pense no tipo de evento que será realizado

Se a ideia não é bem um jantar, mas sim uma festa grande com muita música para o pessoal ficar bem animado e dançar, a tendência é que as pessoas comam menos e se preocupem mais em aproveitar o clima. 

Por outro lado, se a ideia é investir em um evento mais intimista como um jantar, aí é melhor avaliar bem a quantidade a ser servida. 

Como avaliar a quantidade de bebidas? 

O volume pode variar conforme o evento, mas se você quer uma regrinha básica, sugerimos o exemplo abaixo: 

  • Cerveja: 1 litro por pessoa; 
  • Whisky: para cada 110 pessoas, 1 garrafa de 750 ml;
  • Vodka: uma garrafa de 750 ml para cada 3 convidados;
  • Coquetel de frutas com álcool: um litro para 10 convidados; 
  • Refrigerante, suco, chá e água: 600 ml por convidado;
  • Vinho tinto: para cada grupo de 3 pessoas durante um almoço ou jantar, uma garrafa de 750 ml;
  • Champanhe: se for para servir a todo momento, a dica é uma garrafa de 750 ml para duas pessoas ou uma garrafa para 8 pessoas se for brindar. 

Trabalhe com médias por pessoa

Algumas pessoas comem mais do que as outras e isso é normal. Dizem também que homens se alimentam mais que mulheres, o que sabemos ser verdade, mas isso pode ser irrelevante na hora de fazer seus cálculos. 

Aqui também vai uma lista com uma média para orientá-lo neste momento de escolha. Lembrando que a informação a seguir não é uma regra, mas uma base de cálculo para ajudá-lo. Confira!

  • Massas – 150 a 200 g por convidado;
  • Queijos – 150 g por pessoa;
  • Camarão – 70 g por pessoa;
  • Churrasco – 300 g por pessoa;
  • Carne e peixes – 200 g por pessoa;
  • Arroz – 50 g por pessoa (cru);
  • Bolo – 100 a 150 g por pessoa;
  • Canapés – 4 ou 5 por pessoa;
  • Docinhos – 5 a 6 por pessoa;
  • Sorvete – 1 kg = 20 bolas (uma bola por pessoa);
  • Sanduíches – 1 metro de sanduíche serve 6 pessoas;
  • Mini sanduíches: 5 ou 6 por pessoa;
  • Salgadinhos – 6 a 8 por pessoa, em caso de haver um jantar completo; se servidos apenas com o coquetel, 12 a 15 por pessoa.

Conclusão

A ideia do post de hoje é mostrar que o cálculo de comida por pessoa passa por alguns detalhes como local, perfil do evento, quantidade de pessoa, entre outros aspectos. 

Entretanto, é possível fazer essa medição com maior assertividade para preparar iguarias incríveis para saborear ao lado das pessoas que mais gostamos. 

Além da quantidade, nós sabemos também que é importante ter uma boa noção sobre os utensílios que serão usados na hora de cozinhar. 
Ter os equipamentos certos na hora de preparar o menu também é um dos ingredientes para você fazer bonito. Que tal conhecer um pouco mais sobre eles? Para isso, sugerimos a leitura do post “11 utensílios para sua cozinha”, que está em nossa página.

Share:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *