Saber como armazenar alimentos pode ser uma tarefa e tanto quando se tem pouco espaço ou tempo para lidar com isso. 

Mas para tornar essa questão mais simples, resolvemos trazer nesse texto tudo o que você precisa saber para não perder comida. 

E não precisa se preocupar: vamos separar as informações para cada tipo de alimento: verduras, legumes, assados, entre outros. 

Então, vamos começar? Esperamos que tenha uma excelente e esclarecedora leitura!

Por que armazenar alimentos?

O armazenamento de alimentos é ideal para que você possa reaproveitar a comida em outro momento, mas sem a possibilidade de correr riscos. Esses riscos podem ir desde que a comida estrague até o contato com bactérias que podem fazer mal ao organismo humano. 

A umidade e a temperatura também são fatores que ajudam nesse armazenamento. Dependendo do tipo de alimento, cada um pode possuir fatores ideais para que seja armazenado da forma correta. 

Além disso, o armazenamento também garante que a pessoa não precise perder horas cozinhando a cada refeição. Feito da forma correta, o armazenamento pode garantir uma refeição que pode ser prolongada por dias e continuar saborosa como se tivesse sido feita na hora

Também não dá para esquecer que o armazenamento correto também pode garantir que o alimento não perca seus nutrientes, dependendo do tipo de alimento, claro. 

Como fazer o armazenamento de alimentos?

O armazenamento de alimentos pode ser feito de forma simples e rápida. Por isso, resolvemos separar as 13 dicas principais para te ajudar nessa missão. Confira abaixo.

Escolha o melhor tipo de embalagem para armazenar a sua comida

Para guardar comida ou congelá-la os potes de plástico podem não ser a melhor opção. Quando quente ou congelada, a comida que fica em contato com o material feito de plástico do recipiente, pode liberar substâncias tóxicas prejudiciais à saúde.

Ah, papel alumínio ou filme plástico também não são boas pedidas caso deseje armazenar, a menos que seja só para transportar a comida de casa para o trabalho. Porém, com muito tempo guardado esse tipo de material também pode liberar toxinas. Se quiser, opte pelos potes de vidro ou então papel manteiga.

E dentro da geladeira? Como funciona?

Ao abrir a geladeira observe que ela está dividida em partes mais altas e mais baixas. As mais altas servem para guardar alimentos que precisem de ambientes mais gelados. Isso vale para prateleiras e gavetas superiores. 

  1. Os alimentos para a parte superior da geladeira é ideal para guardar leite, queijos, requeijão e iogurtes, carnes que estejam preparadas, manteiga, além dos embutidos.
  2. Na parte central da geladeira você poderá guardar alimentos que estão prontos e que serão consumidos em breve, além das sobras de comida. 
  3. Na última parte da geladeira, ou seja, na parte mais baixa, fique à vontade para guardar frutas e alimentos que vão ser descongelados. Apenas cuidado para que não exista a contaminação cruzada de ambos os alimentos. Então, coloque os alimentos em embalagens, caso estejam dividindo o mesmo espaço. 
  4. Agora, se você tem dúvidas de como armazenar alimentos na porta da geladeira, lembre que temperatura deste local não é estável. O abre e fecha pode gerar choque de temperatura o tempo todo. Por isso, use-a a para armazenar bebidas, molhos e temperos que exigem menor atenção. 

Cada alimento precisa de atenção especial

Cada alimento tem sua forma correta de armazenagem, por isso, confira como lidar com cada um abaixo:

  1. Verduras: Alface, rúcula, couve, etc possuem muita água, por isso elas podem estragar muito fácil. Antes de guardá-las é bastante importante lavar bem e escorrer a água o máximo possível de forma que fiquem “secas”. Coloque cada uma das verduras em um pote limpo. Feito isso, guarde na parte inferior da geladeira.
  2. Legumes: São diversos os tipos de legumes. Alguns como cenoura, pepino e brócolis devem ir para a parte central da geladeira. Outros, como batata podem ficar do lado de fora.
  3. Frutas: Boa parte das frutas devem ser guardadas em temperatura ambiente. Porém, o mamão, uva e caqui são mais delicadas e precisam do ar refrigerado. Ao cortar uma fruta e caso não seja consumida inteiramente, também é necessário armazenar dentro da geladeira na região central ou superior. 
  4. Carnes: O tempo é de 48h para manter a carne crua na geladeira. Depois desse período a carne já começa a estragar. Quando comprada, coloque a carne diretamente no congelador. Deixe sempre a carne embalada em um pote de vidro e assim é possível prolongar seu tempo de uso. 

Não esqueça!

Confira sempre o prazo de validade para saber até quando o alimento está apto para o consumo. 

Fique de atenção em cheiros desagradáveis, água escorrendo e a cor do alimento que costumam apontam quando o mesmo estragou ou não. 

Mantenha o ambiente de armazenagem sempre limpo e organizado para que você saiba quais alimentos pode usar de acordo com a sua rotina. 

O que você viu nesse texto:

  • É essencial manter os alimentos guardados em potes com o material certo para ajudar no armazenamento;
  • Potes de vidro são melhores que potes de plástico
  • Papel alumínio só deve ser usado para transportar alimentos que serão consumidos rapidamente;
  • Dê preferência por papel manteiga;
  • Cada parte da geladeira serve para armazenar um tipo específico de alimento;
  • Na parte debaixo da geladeira; nas prateleiras inferiores, serve para descongelar alimentos;
  • As prateleiras superiores são feitas para alimentos que precisem do frio para continuarem bons para o consumo;
  • A parte central da geladeira é ideal para alimentos que vão ser consumidos rapidamente
  • Verduras, legumes, frutas e carnes têm o seu tipo ideal de armazenamento. 

Mais sobre conforto, saúde e comida

É tanta tecnologia sendo criada que fica até difícil acompanhar tudo bem de perto. Mas quando o assunto é cozinha, talvez você possa saber mais sobre esse assunto sem precisar pesquisar muito. Como?

Confira no texto que preparamos para você como você pode saber tudo o que está disponível para você ter ainda mais praticidade e conforto para cozinhar. 

Leia o post Cozinhando o futuro: o uso da tecnologia na sua cozinha e confira o que ainda vem por aí de novidades. 

Esperamos que goste da leitura!

Gostou desse conteúdo? Então, não deixe de compartilhar esse texto com quem precisa de mais dicas para saber como armazenar corretamente a comida.

Share:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *