Se tem uma coisa que está fazendo falta em nossas vidas são as festas juninas, não é mesmo? Em um passado recente antes da pandemia, quando chegava junho todo mundo vivia a expectativa de curtir uma confraternização regada a canjica, pipoca, milho e outras delícias. 

Bons tempos que esperamos voltar a viver em breve. Mas nada impede de curtir uma festa junina em um clima mais intimista para poucos convidados.

Para que você possa celebrar esse momento, nós elaboramos esse post com iguarias típicas desta época. Ficou curioso e com água na boca? Então vem com a gente e bora entrar no clima de São João!

Afinal, qual a origem da festa junina no Brasil?

Por aqui, a festa tem origem católica e o objetivo é homenagear Santo Antônio (13 de junho), São Pedro (29 de junho) e São João Batista (24 de junho). 

Entretanto, ela foi trazida para o Brasil e logo os costumes brasileiros foram incorporados ao festival. 

Com o passar dos anos ela foi ganhando um viés multicultural. Por exemplo, na Europa ela é celebrada para lembrar do Solstício ou da chegada do Verão, já no Nordeste, ela se tornou uma forma de gratidão pela chuva que chegava às lavouras. 

Vale ressaltar que atualmente as grandes festas juninas estão no Nordeste, destaque para os eventos realizados em Caruaru (PE) e Campina Grande (PB).

Ingredientes que não podem faltar nas festas juninas

A gastronomia é um dos atributos que possui status de protagonismo nas festas juninas. Confira alguns alimentos que precisam fazer parte da celebração: 

  • Coco: essa iguaria pode dar vida a várias delícias como cocadas, tapioca, maria-mole e os já conhecidos quindins;
  • Mandioca: um bolinho de mandioca tem o seu lugar em uma festa junina. Ingrediente que certamente deixará os seus convidados com água na boca; 
  • Milho: o milho pode dar vida a vários pratos como pipoca, mugunzá, pamonha, milho cozido, canjica, bolo de fubá, bolo de milho; 
  • Amendoim: seja puro, torrado, doce ou salgado, o amendoim precisa marcar presença na sua festa junina. Além de saboroso, ele ainda ajuda a decorar pratos e ainda serve para confecção de paçoca e pé de moleque; 

Pinhão: ingrediente versátil que pode servir de base para preparo de receitas doces e salgadas.

Comidas de festa junina: O que não pode faltar na mesa?

Quer fazer uma lista do que não pode faltar de comida para a sua festa junina? Confere com a gente abaixo para não deixar nada de fora. 

  1. Salsichão: Festa junina sem o famoso salsichão nem festa é. Essa é uma das opções de comida salgada mais conhecidas da festa. Além disso, dá para você ousar no acompanhamento com molho à campanha e farofa. 
  2. Quentão: Para manter o corpo bem quentinho não pode faltar um quentão. A bebida é alcoólica e não é recomendada para a criançada, certo? Ah, não esqueça de colocar uma laranja no corpo para dar um gostinho a mais de do cítrico. 
  3. Caldinho de feijão: Temperadinho com tudo que tem direito, também é um dos sucessos das comidas típicas de festa junina. Um pãozinho ou torradinha para acompanhar trazem um gosto a mais. 
  4. Milho cozido: E o que dizer do milho verde? Tem como não se apaixonar? Dá para temperar com sal, mas temperar com manteiga também é tudo de bom. Vale a pena experimentar. 
  5. Caldo verde: Uma festa junina que se preze tem caldo verde, sim, senhor! O caldo é excelente para a época de frio e também traz bastante sustância. Mas não deixe de guardar um espacinho para comer outras iguarias depois. 
  6. Pé de moça: Para quem conhece o tradicional “pé-de-moleque” deve saber que o pé de moça é também uma delícia. É praticamente uma versão mais “mole” do pé de moleque. É de se apaixonar. 
  7. Tapioca variada: A tapioca é outro sucesso das comidas típicas de festa junina. Para quem adora ousar nos sabores pode ser uma excelente opção. Carne seca, doce ou até doce com salgada, é de ficar com água na boca. 

Conheça algumas receitas típicas de festa junina

Agora que você já conhece alguns dos principais ingredientes das festas juninas, bora colocar a mão na massa e preparar algumas receitas? 

Pensando em ajudá-lo, trouxemos alguns modos de preparos para que o seu menu junino fique top. Confira!

Queijadinha

A queijadinha leva os seguintes itens: 1 lata de leite condensado, 100g de manteiga, 3 ovos, 1 xícara de chá de açúcar, 1 xícara de queijo ralado, 200g de coco seco ralado e 5 colheres de farinha de trigo. 

O primeiro passo é peneirar as gemas e juntar as claras. Misture-os por 30 segundos e acrescente manteiga e leite condensado. 

Adicione farinha de trigo, queijo e coco ralado e misture todos os ingredientes até consolidar um creme homogêneo. Coloque a massa em forminhas de papel e as leve até o forno por 35 minutos.

Maria Mole

Já está com caneta e papel na mão? Então anote tudo porque você precisará de: 1 xícara de chá de coco ralado fresco; 5 colheres de sopa de água fria, 1 pacote de gelatina em pó sem sabor; 1 lata de creme de leite e 1 lata de leite condensado. 

Para preparar, comece fazendo a mistura de gelatina na água. Posteriormente, leve os ingredientes ao fogo para cozinhá-los em banho maria até amolecer. Acrescente na sequência o creme de leite e o leite condensado. 

Depois leve tudo para o liquidificador e bata tudo até virar um creme. Para finalizar, é só despejar a mistura em um pirex e deixá-la descansando na geladeira por 3 horas.

Maçã do amor

Aqui, para deixar essa maçã irresistível e saborosa você precisará de: 8 maçãs; 500g de açúcar cristal; 200ml de água; 1 colher de sopa de vinagre; palitos e 1 colher de café de corante vermelho. 

Para dar vida ao prato, dissolva o corante na água. Na sequência, acrescente vinagre e açúcar. Leve tudo ao fogo misturando com uma colher até chegar a uma textura grossa. 

Depois pegue as maçãs e as mergulhe na calda. Deixe elas secar em uma forma untada para que elas não grudem ao serem retiradas.

Canjica

Para essa tradicional receita você terá que ter a disposição os seguintes ingredientes: 2 xícaras de chá de canjica de milho; 1 xícara de chá de açúcar; 2 litros de água; 1 lata de leite condensado, 1 litro de leite, 1 lata de creme de leite; 100g de coco ralado; canela em casca e cravo-da-índia a gosto. 

Primeiramente, um dos segredos é deixar o milho de molho por 24 horas e depois levá-lo à panela de pressão. Posteriormente, junto ao milho, coloque cravo, canela e água. Deixe cozinhar por 45 minutos. 

Após esta fase, misture leite, coco, açúcar, leite condensado. Deixe os ingredientes cozinharem juntos mais uma vez até a canjica ficar cremosa. Depois é só adicionar creme de leite e deixá-la no fogo por mais 10 minutos.

Onde eu posso preparar essas iguarias tão saborosas? 

Além dos ingredientes, também é importante contar com alguns utensílios para não fazer feio no preparo das receitas. 

Sugerismo ler os artigos “ObaPro Pan: Antiaderente e inovadora para a sua cozinha” e “Doces na airfryer? Confira 3 receitas deliciosas!”  que estão no nosso blog.

Share:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *