Foi-se o tempo em que ficávamos com um mesmo aparelho até que ele praticamente parasse de funcionar, não é mesmo? Você já pensou em comprar um celular usado barato para substituir o atual?

A tecnologia avança tão rápido que, por vezes, a gente mal acaba de pagar um aparelho e a fabricante já anuncia que está prestes a lançar uma versão nova. Se você ainda não passou por isso, é bem provável que conheça alguém que sim.

É certo que temos que evitar o consumismo e o desejo de trocar o celular antigo por outro só porque uma novidade apareceu no mercado. Às vezes, porém, sentimos a real necessidade de buscar outro aparelho celular. O que fazer?

Celular usado vale a pena?

Para muita gente, a primeira coisa que vem à mente quando surge a necessidade ou o desejo de trocar de celular é comprar um aparelho novo. O entrave, muitas vezes, são os preços “salgados” praticados no mercado nacional ou apresentados por marcas de prestígio.

Com isso, a possibilidade de comprar um celular moderno de segunda mão, ou seja, smartphone usado começa a parecer mais atraente. Entendemos, porém, que você pode ter dúvidas quanto a isso e nosso objetivo é esclarecê-las.

Quando o assunto são dispositivos eletrônicos como o celular, o termo usado não se refere, necessariamente, a algo ultrapassado ou já com alguns defeitos do tempo. É certo que pequenas avarias, como arranhões, podem acontecer, mas é comum encontrar aparelhos em bom estado.

O que acontece é que muita gente gosta de ter os smartphones mais poderosos do mercado e podem pagar por isso. Assim, se em um ano compram o modelo mais moderno e, alguns meses, depois a fabricante lança um aparelho novo, essas pessoas decidem fazer a troca mesmo tendo que pagar milhares de reais.

Como consequência, acabam ficando com um celular usado para vender e encontram pessoas interessadas. Em geral, pessoas que trocam de smartphone com frequência já até se habituaram a guardar a caixa original, garantia e acessórios para passar ao próximo dono.

Seguindo o senso comum, uma pessoa que coloca um celular usado no mercado sabe que o aparelho sofreu depreciação. Assim sendo, oferta-o a um valor mais em conta. 

Em resumo, comprar um smartphone usado é uma prática cada vez mais comum e que pode valer muito a pena. A seguir, vamos dar algumas dicas do que fazer para encontrar aparelhos em bom estado para garantir uma compra satisfatória.

Comprar um celular usado e não se arrepender?

Antes de apresentar dicas para que você compre um smartphone de segunda mão, um esclarecimento importante: explicamos a dinâmica que movimenta o mercado de usados com base no desejo de indivíduos em terem sempre o celular mais poderoso do mercado.

Entretanto, esse desejo de comprar um aparelho melhor do que o atual acontece com quem tem celulares das mais variadas faixas de preço. Assim, no mercado de usados você não encontra apenas aparelhos caros, sendo possível encontrar também um bom celular usado e barato.

Agora, para que você saiba como evitar ciladas, vamos a algumas dicas que você precisa observar antes de fazer a compra:

Nota fiscal

Para que você tenha direito à garantia do seu smartphone usado, você precisa ter sua nota fiscal original. Em outras palavras, é importante que a pessoa que está vendendo o aparelho tenha guardado e disponibilize a você esse documento.

Isso é tão importante que é comum que aparelhos sem nota fiscal tenham redução ainda maior de preço, aparecendo entre os celulares usados mais baratos. Atente-se, porém, ao risco do barato que sai caro nesses casos;

Estado do aparelho

Como mencionado, pequenos arranhões ou amassadinhos de quedas que a gente dificilmente consegue evitar são aceitáveis. Mas você precisa analisar com atenção o estado do aparelho que deseja comprar.

Se a compra for realizada por site, vale a dica de salvar informações e até prints (fotos da tela) para conferir se o aparelho que chegou até você é o mesmo do visto e escolhido na plataforma de venda on-line.

Caso você tenha a oportunidade de se encontrar com o vendedor, verifique todos os detalhes de aparência e funcionamento antes de fechar negócio;

Histórico do aparelho

Eventualmente, donos de celulares modernos levam seus aparelhos à assistência técnica para corrigir algum problema. Informe-se quanto a isso, caso o celular tenha passado por algum conserto, descubra o motivo e avalie se esse histórico tem potencial ou não para afetar o funcionamento do aparelho;

Existência ou não de acessórios

Celulares novos vêm com fones de ouvido e carregador. Se o vendedor está disponibilizando apenas o aparelho usado, você pode tentar negociar o preço porque vai precisar investir depois para comprar esses acessórios.

Lembre-se de buscar informações quanto a isso. Estamos muito acostumados a comprar aparelhos novos já com os acessórios que podemos simplesmente presumir que o usado também virá completo. Algo que não é uma regra;

Procedência

Atualmente, existem diversos sites especializados que são utilizados porque tem celular usado para vender, como é o caso do Trocafone. É comum que esses sites oferecem algum tipo de garantia para a compra feita, o que garante mais segurança caso o aparelho venha com defeito ou simplesmente não chegue ao destino.

Busque sempre se informar sobre essas garantias, além de conferir as informações sobre o aparelho em questão que são disponibilizadas pelo próprio site. São feitas avaliações até sobre as condições do aparelho, o que ajuda o comprador a tomar uma decisão consciente.

Caso você decida comprar diretamente da pessoa que está vendendo, opte por alguém que seja de sua confiança ― um conhecido ou, ao menos, um amigo de um amigo. Atente-se, porém, para o fato de que, nesses casos, as garantias inexistem;

Preço

Por fim, mas não menos importante, faça uma pesquisa de preço. Uma vez que você souber qual modelo de smartphone usado deseja, confira nas lojas o preço do mesmo aparelho quando novo.

Além disso, pesquise e compare também nos sites de vendas de celular usado e, se possível, troque ideia com pessoas que são mais ligadas ao mundo dos dispositivos eletrônicos. Assim, você assegura de que o preço ofertado é justo e que seu investimento será bem feito.

O que fazer com seu celular usado?

Se você comprar um aparelho, seja novo ou usado, para substituir o seu vai acabar ficando com um sem uso ― a menos que seu objetivo seja mesmo ter dois dispositivos.

Você sabe o que fazer com seu celular usado? Há três alternativas que queremos destacar neste post: 1. a venda; 2. o descarte consciente; 3. a troca por um novo.

Venda de celular usado

Se você deseja vender seu celular usado para comprar, por exemplo, um ObaSmart, tem duas alternativas: uma delas é comentar com seus conhecidos e criar posts em suas redes sociais informando que tem um aparelho para vender; a outra é buscar os mesmos sites especializados que podem ser usados para compra.

Há sites que servem como uma plataforma segura para o processo de compra e venda, funcionando quase como um intermediador. Há outros que compram o celular usado e se responsabilizam por fazer a venda da forma que considerarem melhor depois.

Em todo caso, inclusive na venda por meios próprios, você vai precisar compartilhar fotos do aparelho e informações. Se você tiver um celular usado para vender, vai perceber que é bem comum que as pessoas perguntem o porquê da sua decisão, questionem sobre a nota fiscal e etc. Esteja preparado!

Descarte consciente

Se você acha que ninguém vai querer comprar seu aparelho porque ele estragou várias vezes ou está velho demais, pode simplesmente decidir por jogá-lo fora. Quanto a isso, um aviso importante: celulares, assim como qualquer aparelho eletrônico, não podem ser descartados junto ao lixo comum.

Eletroeletrônicos têm em elementos químicos em sua composição que, se descartados junto ao lixo comum, podem contaminar a natureza, os animais e até os seres humanos.

Por isso, é importante buscar uma empresa especializada em coleta de lixo eletrônico ou perguntar se a sua operadora de telefonia móvel se disponibiliza a recebê-lo e dar a destinação correta.

Troca por um novo

E por falar em procurar sua operadora de telefonia, muitas delas dão ao cliente a opção de trocar o celular usado por um novo. É certo que é preciso bancar a diferença em dinheiro, mas se você não quer comprar um smartphone usado, essa alternativa pode ajudar você a poupar um pouco.

Pronto para comprar ou vender um celular usado? Aproveite e compartilhe este post com quem também precisa saber mais sobre o assunto!