Pouca gente sabe, mas com o avanço das normas de segurança, a internet também tem dado outras opções para proteger os seus dados de pessoas mal intencionadas.

Para isso, é necessário que o usuário entenda para que serve a autenticação de dois fatores

Se você não faz nem ideia do que se trata esse assunto, o texto de hoje é informativo. Vamos falar para que serve, o que é e como usar essa autenticação.

Se você deseja manter os seus dados seguros, a leitura é recomendada para você. 

Esperamos que goste do conteúdo! 

Para que serve autenticação de dois fatores?

Antes de explicarmos para que serve autenticação de dois fatores, é importante começar este artigo explicando o que a mesma seria.

A autenticação de dois fatores é uma segunda verificação que é feita quando alguém tenta entrar na sua conta de e-mail, whatsapp ou até redes sociais de um aparelho desconhecido. 

Então, ao existir a tentativa de acesso, você recebe do seu celular um aviso de que alguém tentou entrar na sua conta. Em alguns casos você é informado de qual aparelho o acesso foi feito e a localidade que a pessoa tentou entrar.

Um código também é enviado para o seu celular, pois caso seja você tentando entrar, você poderá digitá-lo normalmente e fazer o login. 

Porém, se for alguém mal intencionado, a pessoa não terá mais como saber o código de acesso. Dessa forma, você consegue ficar avisado(a) a tempo de mudar a sua senha e impedir que um novo acesso seja feito. 

Pode até parecer difícil que algo desse tipo aconteça, mas garantimos que é mais comum do que parece. Na internet, há pessoas muito treinadas e engenhosas que sabem invadir as informações de pessoas comuns.

As pessoas que são conhecidas por fazer isso são chamadas de hackers

Como ativar a autenticação de dois fatores?

Bom, agora que você já sabe para que serve autenticação de dois fatores, chegou a hora de colocar a mão na massa e saber como fazê-la.

Não precisa se preocupar, pois o processo é simples e rápido. Abaixo separamos um tutorial de como você pode fazê-lo agora.

Confira:

  1. Entre nas configurações da sua conta: É muito provável que o seu e-mail e redes sociais possua um espaço apenas para configurações. Então, o primeiro passo é você acessar essa área para começar a habilitar a autenticação. 
  2. Verifique as opções de “segurança” e “privacidade”: Quando você entrar nas configurações, possivelmente vai perceber um setor só voltado para a segurança e privacidade. 
  3. Autenticação de dois fatores: Essa opção poderá ser sugerida para você. Para isso, possivelmente você terá que fazer um novo login, redigitar a sua senha atual para garantir que você mesmo está pedindo essa segurança extra para a sua conta. 
  4. Além das redes sociais: Os bancos também costumam ter uma forma de verificação de acesso. Essa verificação é chamada de “token” que pode ser entendida como um código que chega até o seu celular para você completar o acesso para a conta. 

Mantendo a sua segurança ainda mais forte

Se alguém mal intencionado teve acesso à sua conta, provavelmente você necessite trocar a sua senha.

Senhas fortes que misturam caracteres, números, letras maiúsculas, minúsculas e são um pouco longas podem dificultar o acesso de hackers aos seus dados. 

Evite também utilizar a mesma senha para todas as suas contas, pois a ação de um hacker pode ser rápida e dar muita dor de cabeça depois.

Ao criar a sua conta, os próprios dispositivos costumam alertar se a sua senha tem uma potência forte para proteção ou fraca. 

Outra forma de você conseguir manter seus dados protegidos é registrar perguntas que precisam ser respondidas quando um novo acesso à sua conta é feito.

Algumas plataformas de e-mail, como o Outlook, utilizam essa modalidade para verificar a autenticidade do login. 

E não parando por aí. Outros métodos de autenticação são bastante conhecidos.

É o caso da biometria, do reconhecimento facial, QR Code, entre outros. Essas são outras alternativas que podem ajudar a sua conta ficar ainda mais segura. Vale a pena garantir tudo o que for possível para dificultar o acesso de criminosos. 

Vai mudar a senha? Tenha também a sua senha anotada em um local de confiança para que você não se esqueça depois. Quanto mais difícil for a senha, mais difícil será de lembrar. Então, mantenha ela junto a você até que consiga lembrar dela com facilidade. 

Você viu no texto de hoje:

  • Com o avanço da tecnologia, pessoas mal intencionadas também estão avançando formas de conseguir informações pessoais de usuários sem a sua autorização;
  • Para isso, entender para que serve autenticação de dois fatores pode ser uma forma de proteção;
  • Muitas plataformas de e-mail, bancos e redes sociais oferecem essa opção para proteger os dados de cidadãos comuns;
  • Há diversas formas de autenticação de dois fatores, como a biometria, reconhecimento facial e o QR Code;
  • Além disso, é imprescindível trocar a senha de acesso de uma conta, caso ela tenha sido invadida por um login desconhecido. 

Mais para a sua segurança na internet

A internet é algo que revolucionou a vida de inúmeras pessoas pelo mundo. Com isso, o acesso à informação ficou ainda mais facilitado.

Para proteger essa facilidade toda, muitos recursos foram criados para que aparelhos celulares ficassem longe do risco de serem invadidos por pessoas mal intencionadas. 

Um desses recursos foi a biometria. O acesso pela digital apresentou seus primeiros passos há poucos anos, mas a cada dia vem se tornando um obstáculo para o não vazamento de informações pessoais. 

Se você ainda conhece pouco sobre como esse recurso ajuda a proteger o seu telefone celular, o texto de hoje vai te ajudar a entender mais sobre o assunto.

Não deixe de conferir a nossa sugestão de leitura: A segurança na ponta dos dedos: tudo sobre a biometria digital no celular.

Esperamos que goste!

Gostou do conteúdo? A gente espera que sim! Então, não deixe de compartilhar esse texto nas suas redes sociais com amigos e familiares.

Ah! E não deixe de fazer os seus comentários!

Share:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *