Aprender mais sobre tecnologia na terceira idade ainda é um desafio para você? Parece que existe um abismo entre a sua mente e o mundo virtual? Então trate de ficar calmo, pois isso tudo é coisa da sua cabeça. Sempre é possível absorver algo novo a cada e dia e mostraremos que é possível. 

Para começar, trouxemos um dado interessante para você, a turma dos 60 é a nova geração dos 40. Trata-se de uma parcela da sociedade que se exercita, trabalha, se locomove e, logicamente, usa dispositivos tecnológicos.  

De acordo com a ONU, a estimativa é que até 2030 os idosos respondam por 1,4 bilhão da população mundial. Atualmente, no Brasil eles correspondem a 13% da população, número equivalente a aproximadamente 29 milhões de brasileiros. 

Com dados tão significativos, não é possível excluí-los da revolução tecnológica, certo? Se você concorda com isso e quer se inserir no mundo virtual, leia o post até o final. 

Qual a importância da tecnologia para o público da terceira idade? 

O acesso a tal conhecimento potencializa a inclusão digital nesta fase da vida, fato que contribui para o bem-estar e melhora da autoestima. 

Tais dispositivos se transformam em ferramentas importantes para mantê-los ocupados no tempo livre, fazendo com que se sintam atualizados e não como indivíduos a margem da sociedade, o que ajuda a combater enfermidades como depressão e solidão. 

Profissionais especializados em geriatria já alertam que o uso de smartphones facilitam o aprendizado e estimulam a manutenção do sistema cognitivo, fatores essenciais para manter a mente ativa. 

Além disso, em um contexto de pandemia onde o grupo desta idade faz parte da parcela de pessoas com maior risco de contrair o vírus, a tecnologia se transforma em uma importante aliada, seja para reduzir as distâncias em momentos de isolamento, ou para ter acesso a produtos e serviços com maior praticidade e segurança. 

Quais os benefícios que a tecnologia traz para o idoso? 

Conforme vimos até aqui, o rápido envelhecimento da sociedade e o acentuado crescimento das novas tecnologias faz com que os idosos sejam incluídos nesta nova realidade. Além disso, esse novo paradigma traz inúmeras prerrogativas. Veja alguns deles: 

  • Inclusão social: se comunicar com outras pessoas e explorar outros programas são formas de interação social e ajudam de forma significativa a aumentar a qualidade de vida deles; 
  • Diversão: a interatividade do idoso com a tecnologia é uma forma de promover o acesso ao lazer e entretenimento, seja pelo acesso a redes sociais, ou joguinhos de seu interesse; 
  • Mente em equilíbrio: uma das principais vantagens diz respeito a manutenção da saúde mental. A tecnologia tem efeitos positivos no combate ao Alzheimer e outras doenças cognitivas; 
  • Prevenção da saúde: vários dispositivos permitem ao idoso ter acesso a médicos de forma remota, fato que aproxima a pessoa de uma assistência em saúde de forma rápida e eficiente; 
  • Maior independência: a tecnologia proporciona ao idoso um aumento considerável de confiança, possibilitando a ele ficar mais independente para poder executar várias atividades sozinho como solicitar um motorista de aplicativo, conversar no Whatsapp, usar rede social, entre outras práticas do dia a dia. 

4 dicas de como ajudar no aprendizado da tecnologia na terceira idade

Muitos idosos têm vontade de saber mais sobre tecnologia. Entretanto, se esbarram em algumas barreiras como vergonha e medo de não conseguirem aprender. Se você é uma dessas pessoas ou conhece alguém nesta situação, vão aqui quatro formas para ajudá-los a superar este desafio. 

  1. Incentive fazer um curso de informática: estudar sobre as funcionalidades de um computador ou smartphone pode ser muito útil para quem passa por esse tipo de situação; 
  2. Estimule o uso de redes sociais: se inserir em espaços de relacionamento como esse é uma excelente de, não só aprender mais sobre essas ferramentas, mas uma forma de estarem mais pertos de amigos e familiares; 
  3. Ensine a baixar aplicativos: existe um amplo leque de apps capazes de trazer várias funcionalidades para a vida do idoso, ajudando inclusive a interagir com outras pessoas e resolver problemas; 
  4. Não deixe que a vergonha o impeça de aprender: é muito importante deixá-los confortáveis para esclarecerem possíveis dúvidas sobre os recursos tecnológicos. Portanto, para quem lida com idosos, atenção e paciência para as perguntas que possam surgir é fundamental para que eles não fiquem inibidos. 

5 aplicativos que não podem faltar na vida de um idoso

Pensando em estimular ainda mais a interatividade do idoso com novas tecnologias, separamos cinco apps super legais para eles. Confiram!

  1. Be2: aplicativo de paquera para terceira idade. Ele está disponível para IOS e, assim como Tinder, permite visualizar o perfil de pessoas e usar o chat para interagir; 
  2. BP Watch: excelente para acompanhar dados sobre saúde. Neste app, é possível extrair dados sobre pressão, peso, agendar consultas, entre outras funcionalidades; 
  3. iDosos: esta é uma ótima opção para aprender sobre tecnologia, pois ele traz tutoriais educativos sobre como, por exemplo, usar smartphones; 
  4. Caixa de Remédio: app que ajuda a pessoa a se lembrar de tomar medicamentos na hora e quantidade certa, auxiliando na organização de horários em diferentes espaços de tempo como 6h em 6h ou 8 em 8 horas; 
  5. Rádio Saudade: rádio online que toca músicas das décadas de 50, 60 e 70, ideal para quem quer matar a saudade das canções dos bons tempos;
  6. LastPass: guardar senhas é sempre um percalço para quem está na melhor idade. Neste app é possível armazená-las e recorrer a elas sempre que necessário. O detalhe é que o seu acesso é criptografado, o que aumenta ainda mais a segurança e proteção dos seus respectivos dados pessoais e bancários, pois só você conseguirá visualizá-las. 

Gostou do nosso conteúdo? Você tem algum idoso na família ou conhece alguém que vive essa realidade com alguém na melhor idade? 

Então fica a dica para que compartilhe esse conteúdo com quem precisa, pois ele pode ser muito útil para quem está nessa situação.

Share:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *