Aprender a tocar um instrumento musical é o sonho de muita gente, mas há quem acabe desanimando antes mesmo de começar. De fato, o aprendizado exige estudo e dedicação, mas isso não deveria fazer você desistir!

Tem gente que acha que se não aprendeu a tocar um instrumento na juventude, perdeu o timing e agora já não dá mais. Ou que, por ter uma rotina atribulada, vai ser incapaz de conseguir se dedicar um pouquinho que seja.

Esperamos que, com as dicas desse post, você reveja essas e outras ideias e finalmente comece a correr atrás desse sonho. Vamos lá?

1. Escolha o instrumento que mais gosta

“Quem aprende a tocar piano tem facilidade com qualquer outro instrumento depois”. Já ouviu algo assim? Há quem defenda que o piano é o rei de todos os instrumentos musicais e, de fato, existe uma lógica por trás da ideia apresentada.

Apesar disso, se você não gosta de piano ou tem predileção por outro instrumento, não faz muito sentido se forçar a um aprendizado que não vai te trazer tanto prazer.

Algumas pessoas aprendem a tocar instrumentos com mais facilidade do que outras, mas independentemente de qual grupo você esteja, o melhor a se fazer é começar pelo instrumento que você tem mais vontade de aprender.

Isso porque nem tudo são flores. Você vai precisar separar tempo e se dedicar e, nesse movimento, pode ter dias de alegria e de frustração também. Por isso, é mais recomendado que você passe por isso aprendendo um instrumento que realmente te motiva a superar os desafios.

2. Escolha um bom instrumento

O preço dos instrumentos musicais variam de acordo com uma série de fatores, como acontece com basicamente qualquer coisa que a gente é capaz de comprar.

Se você não faz ideia se vai mesmo gostar e conseguir aprender um instrumento, certamente não deve começar comprando o melhor de todos os violões, pianos, baterias, flautas ou o que for.

Tenha em mente que existem instrumentos de boa qualidade que custam menos e vale a pena começar por eles. Quanto a isso, temos duas dicas adicionais a compartilhar:

  • Depois de definir qual instrumento musical você quer aprender, procure algum conhecido que toque ou até mesmo que seja professor e peça dicas sobre um modelo bom o bastante para iniciantes.

Em geral, pessoas que amam música querem que mais pessoas vivam essa paixão e, por isso, podem se dispor a ajudar com essa escolha;

  • Considere comprar um instrumento usado porque, não raro, quem toca muda por que quer evoluir e não necessariamente porque o instrumento antigo está em mau estado.

Instrumentos musicais não são baratinhos. Por isso, as dicas são bem-vindas e uma boa pesquisa de preços e “reviews” (avaliações de quem comprou) também.

Essa escolha é importante para que a má qualidade do instrumento não dificulte sua aprendizagem e te faça desistir. Com isso em mente, não compre nada por impulso e busque a orientação que puder para não se arrepender de nada.

3. Busque um “canal” de aprendizagem

Atualmente, é fácil encontrar aulas gratuitas para quem quer aprender a tocar um instrumento.

Há muito conteúdo em vídeo no youtube com gente dando dicas básicas ou ensinando o passo a passo para alguma música. Além disso, existem aplicativos desenvolvidos especialmente para ajudar você a aprender o instrumento que tanto deseja.

Com isso, começar com algo gratuito pode ser uma saída caso você queira descobrir se tem um perfil mais autodidata. Entretanto, caso isso não dê muito certo, não desanime!

Vídeos e apps não são personalizados e, por isso, desconsideram características próprias de cada aluno. Por essa razão, o mais adequado pode ser pagar para ter aulas com um professor qualificado que vai saber te orientar melhor e ajudar você a aprender com mais facilidade e rapidez.

4. Respeite seu próprio tempo

Soube de alguém mais velho ou mais ocupado que você que começou a aprender a tocar um instrumento musical e logo deslanchou? Pode acontecer, mas não se compare.

Cada um de nós tem seu próprio tempo de aprendizagem e querer pular etapas ou se igualar a alguém que você conheça pode tornar o processo mais difícil para você. Por isso, não caia na bobagem de se cobrar demais e tenha você mesmo como parâmetro para a sua evolução.

Ter essa mentalidade vai ajudar você a não desistir e, no fim das contas, a persistência vai ser recompensadora!

5. Escolha músicas que te motivam

Inicialmente, você vai precisar aprender fundamentos básicos antes de descobrir como tocar uma música que adora.

Assim, antes de qualquer coisa, você precisa ter em mente que pode precisar se dedicar a alguns exercícios que parecem chatos primeiro e depois chegar a algo que seja mais interessante.

Apesar disso, é possível ir alinhando expectativas, sobretudo se você está tendo aulas com um professor. Explicações sobre como cada fundamento se aplica na música preferida ou no estilo do seu artista favorito podem te motivar a se dedicar ao processo.

6. Pratique todos os dias 

Por último, mas não menos importante, uma dica de ouro para quem quer aprender a tocar um instrumento musical é praticar todos os dias. Isso mesmo, todos os dias.

Já fez cara feia aí do outro lado da tela porque está pensando que não vai ter tempo disponível para isso? Entenda, portanto, que você não precisa praticar várias horas todos os dias.

Se, no dia a dia, você puder tirar 15 ou 30 minutos, já vai estar em um bom caminho. Quando puder se dedicar um pouco mais, ótimo!

O que você precisa ter em mente é que bons instrumentistas parecem ter o violão, as baquetas ou o que for como uma extensão de seu corpo. Já notou isso? É algo que só acontece depois de muita intimidade criada com o instrumento musical.

Assim, o simples fato de você se habituar a segurar o instrumento de forma adequada e confortável, ajustar a postura e ir aprendendo pouco a pouco como criar essa intimidade vai te ajudar.

Em outras palavras, pode ser que em 15 minutos por dia você não consiga reproduzir uma aula inteira, mas vai conseguir se conectar cada vez mais com o instrumento.

Ainda, esse contato diário vai permitir que você aprenda a tocar um instrumento aos poucos, ampliando seus conhecimentos e aprimorando suas habilidades dia após dia.

Aprender a tocar um instrumento musical não tem segredo, simplesmente, exige comprometimento e dedicação!

Gostou do post? Leia também sobre os melhores aplicativos para você aprender a tocar um instrumento!

Share:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *