À medida que a tecnologia dos celulares avança, os vírus parecem acompanhar essa evolução. Os casos de vírus no celular vem aumentando cada vez mais e é de extrema importância ficar atento para saber o que fazer nesse caso. 

Por isso, resolvemos trazer esse texto para ajudar a você a entender como reconhecer quando seu celular está infectado. Além disso, aqui você também saberá mais sobre a ação do antivírus e quais os melhores para você instalar no seu aparelho. 

Esperamos que você tenha uma leitura esclarecedora!

O vírus no celular existe mesmo?

Sim! Por mais que o celular não pegue gripe e nem resfriado (#humor), os aparelhos celulares são alvos cada vez mais fáceis de vírus que podem fazer verdadeiros estragos na paciência de qualquer pessoa. 

Muitos desse vírus têm o objetivo de roubar informações sigilosas e pessoais, como senhas de banco, cartão de crédito e até em alguns casos, fazer transferências bancárias não autorizadas. 

Um dos casos recentes desse tipo de vírus foi o do vírus BRata, um malware brasileiro que foi descoberto em 2019 pela empresa de segurança cibernética, a Kaspersky. Esse tipo de programa conseguia roubar senhas de banco e até acessar mensagens criptografadas pelo Whatsapp para conseguir ter acesso aos dados. 

A realidade é que os vírus vem ficando cada vez mais sofisticados e estão conseguindo burlar até os mais altos padrões de segurança, tanto dos aparelhos, quanto dos aplicativos.

Nem os emails e os históricos de navegação ficam de fora dessa. Qualquer informação pode ser usada por esses programas maliciosos, então, toda atenção é pouca. 

Como os vírus entram no celular?

Quando o vírus entra no celular muitas vezes a pessoa nem percebe. O caso BRata que citamos acima, o malware chegou a ser comercializado no mercado clandestino por cerca de R$3.000.

Em outros casos, foi encontrado disfarçado como um aplicativo de correção da vulnerabilidade do celular e podia ser baixado pelo Google Play

Em boa parte dos casos, muitas pessoas acabam caindo em golpes que envolvem vírus ao abrir e-mails, por exemplo, de remetentes desconhecidos e que podem conter o malware

Há também situações onde o usuário pode fazer um download de qualquer arquivo, por exemplo, e o mesmo já estar infectado. 

A questão é que os vírus para celular ainda existem em menor proporção do que os de computador, mas ainda sim representam um grande perigo para qualquer pessoa. 

Como saber se seu celular está infectado

Os sinais que o celular apresenta e que podem representar a presença de vírus são muitos sutil. Então, é necessário ter atenção com os seguintes detalhes que vamos apresentar que podem representar que o celular esteja infectado com um malware

  1. Travamento dos aplicativos ou lentidão: Quando os aplicativos começam a funcionar de forma mais lenta, principalmente os mais usados, ou travarem a todo momento, esse pode ser o sintoma de que existe um vírus no sistema do aparelho. 
  2. Bateria durando menos do que o normal: A presença de um malware dentro do celular costuma consumir mais energia do que o comum, descarregando a bateria em poucas horas ou até minutos. 
  3. Pop-ups e anúncios aparecendo sem motivo: Um dos principais detalhes que mostram presença de vírus são anúncios aparecendo de forma descontrolada, mesmo que você clique em fechá-los. Os pop-ups também estão nessa lista. 
  4. Consumo excessivo de dados: É comum que as operadoras alertem sobre o consumo excessivo do pacote de dados do celular. Por isso, se você não estiver consumindo a internet e receber uma notificação, fique atento. 
  5. Aumento da conta ou transações desconhecidas efetuadas: Receber uma conta com valores maiores do que o normal ou perceber que transações foram efetuadas sem consentimento podem evidenciar vírus. 
  6. Envio de e-mails ou mensagens sem o seu conhecimento: Algumas pessoas podem relatar receber mensagens que não foram escritas por você. Se as mensagens tiverem links de acesso ou falsas promoções, alerte para que não cliquem no link, pois o vírus pode se alastrar para mais pessoa. 
  7. Bluetooth, câmera ou microfone ativado sem ter sido solicitado: Um dos sinais mais claros também é quando esses 3 dispositivos são acionados sem o seu comando e pode significar vírus. 

O papel do antivírus

O antivírus tem o papel de proteger o celular dessas ameaças e varrer para fora do sistema qualquer malware mal intencionado. Para que você mantenha o seu celular protegido, baixe uma das versões mais reconhecidas sobre antivírus e deixe que ele faça o trabalho de proteger os seus dados e aparelhos. 

Existem versões pagas e gratuitas que fazem um excelente trabalho de proteção. Conheça abaixo as melhores recomendadas. 

  1. Avast;
  2. Malwarebytes;
  3. Kaspersky;
  4. BitDefender;
  5. APUS Security

Lembrando que o antivírus tem o papel de te deixar informado de possíveis ameaças que o celular possa sofrer ou se há a presença de algum vírus. 

Além disso, o antivírus também rastreia possíveis malware tanto em arquivos, e-mails, como também em aplicativos. O usuário recebe um alerta sobre os riscos e como proceder em caso de ameaça ao sistema operacional do celular. 

Em caso de dúvida, não deixe de consultar uma profissional de informática para que ele possa informar mais opções de proteção para o seu aparelho. 

Mais sobre inovação e tecnologia

Um dos maiores pânicos que o ser humano enfrenta na vida é quando presencia a cena do próprio celular caindo na água. Se você já passou por isso deve saber o quão complicado é não saber o que fazer quando isso acontece. 

Porém, se é uma coisa que a ObaBox se compromete é de não deixar você passar sufoco. Por isso, preparamos um texto que vai ajudar a saber o que fazer quando celular está todo molhado para que você não corra o risco de perder o aparelho. 

Leia agora mesmo o nosso post Vish! O seu celular caiu na água? Veja o que fazer! e saiba tudo sobre o assunto. 

Esperamos que tenha uma boa leitura!

Gostou desse conteúdo? Então, não deixe de compartilhar esse texto em suas redes sociais com quem precisa saber o que fazer quando tem vírus no celular.

Share:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *