• E vai durar muito tempo esse alimento aí?
  • Ah, vai sim. Está embalado a vácuo, né!

Em algum momento da sua vida, você já participou de um diálogo como esse? Não é bem uma novidade que conservar alimentos a vácuo tem benefícios, mas será que é verdade? Se sim, quais são e por que esses benefícios existem?

Neste post, vamos ajudar você a entender melhor sobre esse assunto. Tanto para saber se vale a pena procurar por produtos embalados a vácuo quanto para analisar a possibilidade de dar esse tratamento aos alimentos em sua própria casa.

Siga em frente e boa leitura!

O que é embalar a vácuo

A ideia de conservar alimentos embalados a vácuo não é nova, mas é perfeitamente possível que você não saiba ao certo do que estamos falando, então vamos esclarecer.

Falamos de um processo de empacotamento ou selagem do alimento que consiste na retirada de todo o ar do recipiente em que esse alimento está acondicionado.

O mais comum é que alimentos selados a vácuo estejam em saquinhos, mas essa não é a única opção. Em todo caso, há formas de fazer isso usando maquinário industrial ou equipamentos e utensílios que podemos ter em casa.

Seja como for, o princípio do funcionamento da tecnologia é sempre o mesmo. Existe um mecanismo que faz a retirada do ar e sela o recipiente, impedindo que o ar volte a entrar.

Benefícios de conservar alimentos a vácuo

Se você compra um alimento conservado a vácuo, está colhendo benefícios sobre os quais falaremos a seguir.

O que queremos evidenciar com as informações que vamos te passar é que pode ser interessante buscar equipamentos ou utensílios seladores para ter em casa também. Confira os motivos:

Alimentos duram mais tempo

Talvez o benefício mais conhecido da conservação de alimentos embalados a vácuo seja o ganho de durabilidade. Um dos motivos que fazem com que alimentos apodreçam é o contato com o ar que favorece a proliferação de microorganismos.

Com isso, embalar a vácuo é reduzir as chances de desenvolvimento de bactérias que, em um processo natural, acabam por estragar um alimento. É preciso dizer, porém, que a solução não vai fazer com que alimentos durem para sempre, ok?

Em todo caso, alimentos embalados a vácuo podem ser congelados e isso, como você já deve saber, aumenta ainda mais sua durabilidade.

Como consequência, você evita o desperdício de alimento, ajudando o planeta e seu bolso, já que menos desperdício é igual a menos gasto comprando itens novos.

Preserva o sabor e os nutrientes

Outra consequência do contato direto de alimentos com o ar é a oxidação, um processo que pode provocar a perda de textura, cor, sabor e até de nutrientes.

Com isso, embalar alimentos a vácuo é fazê-los conservar suas características naturais por mais tempo, inclusive o frescor e o fator nutricional. Algo que favorece uma dieta mais saudável.

Mantém a geladeira mais limpa

É natural que alimentos desenvolvam odor com o passar do tempo, ainda que permaneçam em boas condições para o consumo. Ninguém gosta, porém, de abrir a geladeira e sentir um cheiro mais forte tomando todo o ambiente, não é mesmo?

Tendo isso em mente, vale considerar que a embalagem a vácuo impede que o odor dos alimentos passe para a geladeira e da geladeira para a cozinha ou para a casa toda. Assim, todo o ambiente fica mais higiênico.

Facilita o transporte de alimentos

Ainda, conservar alimentos embalados a vácuo faz com que seja mais fácil transportá-los. Isso porque o processo faz com que os alimentos ocupem um espaço bem menor, possibilitando que caibam em espaços limitados ou que sejam transportados em grandes quantidades.

Além do mais, em muitos casos a embalagem a vácuo impede o vazamento de líquidos, o que conta a favor da facilidade no transporte.

Alimentos que podem ser embalados a vácuo

Pode ser que, com base nesses benefícios, seu interesse em embalar alimentos a vácuo esteja se despertando ou até aumentando.

Com isso, surge a curiosidade em saber o que pode ser embalado seguindo esse processo de retirada total do ar e preparamos uma lista para responder a essa questão:

  • carnes, aves, peixes e pescados;
  • espetinhos;
  • linguiças;
  • salgados;
  • queijos;
  • cereais;
  • legumes;
  • pizzas, massas e molhos;
  • palmito;
  • cogumelos;
  • frios fatiados;
  • comidas congeladas;
  • horifruti;
  • sucos.

Uma boa variedade de alimentos, como você pode notar. Há, inclusive, indicação de líquidos na lista. Quanto a isso, sugerimos apenas que avalie o tipo de embalagem.

Algumas promovem a selagem completa, outras indicam que pode haver algum vazamento a depender do manuseio, então, convém ter atenção a esses detalhes.

Quando vale a pena ter uma seladora a vácuo

A essa altura, pode ser que você esteja se perguntando se e quando vale a pena ter uma seladora a vácuo em casa. Ressaltamos que essa é uma decisão pessoal, mas tentaremos dar alguns insumos para que você chegue a uma conclusão.

A primeira coisa que temos a dizer é que existem diferentes equipamentos e utensílios que conservam alimentos embalados a vácuo. Seu valor varia de acordo com a marca, suas características e até finalidade de uso.

Você não precisa, por exemplo, comprar logo uma máquina seladora se não tem certeza de que vai se adaptar ao seu uso. Pode começar com uma tampa como a ObaKeep Fresh para observar os benefícios na conservação de queijos, vegetais e até de bolos e tortas.

Ainda, convém avaliar qual é a sua necessidade. Atualmente, muitas pessoas reservam um dia para preparar o cardápio de toda a semana e ganhar tempo sem deixar de se alimentar de forma saudável. Se você faz parte desse grupo, por exemplo, está entre as pessoas que têm motivos para ter uma seladora em casa.

Lembre-se ainda de considerar os benefícios de conservar alimentos a vácuo que apresentamos. Se você quer evitar o desperdício e economizar ou se quer manter o sabor e o valor nutricional por mais tempo, também têm motivos para buscar um equipamento ou utensílio que possibilite isso.

De início, pode ser que você precise se habituar ao processo de embalar os alimentos, mas logo entenderá que é possível fazer isso de forma prática e rápida de que vale a pena.

Gostou do post? Leia também: Como Armazenar Alimentos: Dicas Para Você Não Perder Comida!

Share:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *