Os acidentes domésticos são uma das principais causas para graves problemas de saúde. Por vezes, lesões graves podem acarretar dificuldade até de mobilidade e a retomada da rotina normal, principalmente em pessoas de mais idade.

É sempre recomendada a prevenção e para ajudar que ocorra de forma mais efetiva, resolvemos trazer esse texto de fundamental importância para a vida dos mais idosos, mas também de qualquer pessoa. 

Esperamos que goste da leitura e que ela ajude a prevenir a sua saúde contra acidentes. 

Acidentes domésticos: o perigo pode morar em casa 

Os acidentes domésticos podem acontecer por uma série de fatores, mas o principal desencadeador pode ser a falta de atenção. 

É claro que nem sempre é possível ter atenção em tudo. Os acidentes acontecem e nem sempre será possível estar pronto para eles. 

Porém, quanto mais se tem atenção, menores são os riscos para que algo realmente grave aconteça. 

Existem acidentes que podem ser mais comuns por conta da rotina do lar da maior parte das pessoas. 

Acidentes como queimaduras de panela, intoxicação com produtos de limpeza e quedas estão entre os maiores casos em emergências, clínicas e hospitais. 

Resolvemos trazer aqui além desses tipos de acidentes, tantos outros que podem ser evitados com medidas simples. Confira abaixo: 

Os principais acidentes domésticos

Conheça agora os acidentes que podem acontecer dentro de um ambiente residencial e como se prevenir para evitá-los ao máximo. 

Queimaduras com o fogão

A cozinha pode possuir alguns perigos e o fogo é o principal deles. As queimaduras com fogão e panela são uma das causas mais comuns para acidentes domésticos. 

Esses acidentes acontecem, infelizmente, em grande proporção com crianças que podem tentar manusear panelas quentes ou ligar o fogo sozinhas. 

Recomenda-se que os cabos de panelas estejam virados para dentro para impedir que crianças tentem alcançá-las. 

Inalação de gás

Um perigo silencioso e que também acomete muitos acidentes com crianças é a inalação de gás. 

Crianças podem ficar fascinadas em mexer em tudo que veem pela frente e o fogão pode ser um alvo preferido. 

Por isso, para evitar o risco de inalação e até explosões, busque manter o registro do gás fechado. 

Para quem possui gás em botijão, aposte em instalá-lo em uma área externa para não ocorrer nenhum tipo de risco de acidente. 

Quedas 

As quedas por ser as principais dores de cabeça sobre acidentes dentro de casa. Porém, o público da terceira idade pode ser um dos que mais correm riscos com esse tipo de acidente. 

Por conta da fragilidade dos ossos, as quedas podem trazer consequências irreversíveis para quem a sofre, principalmente com o passar da idade

Para evitar esse tipo de situação, especialmente com pessoas de mais idades, recomendações como as descritas abaixo visam ajudar na segurança e prevenção: 

  • Tapetes antiderrapantes;
  • Instalação de corrimão;
  • Instalação de barras no banheiro;
  • Ambientes iluminados.

Intoxicação por produtos químicos e de limpeza 

Esse tipo de acidente pode acontecer com frequência com crianças e animais. Além disso, pessoas que passam muito tempo manuseando esses produtos também podem acabar sofrendo com danos à saúde. 

É essencial manter os produtos químicos fora do alcance de animais e crianças para evitar que possam tentar ingeri-los. 

Além disso, ao menor sinal de intoxicação ao manusear esses produtos e perceber sintomas, como tontura, falta de ar e dificuldade para respirar, pare imediatamente o manuseio, busque ajuda e um local fresco para se recuperar. 

Atenção redobrada: prevenindo acidentes com idosos 

Como falamos anteriormente, as quedas podem ser uma das principais causas de acidentes domésticos. 

Por conta da dificuldade para enxergar obstáculos ou pela falta de reflexo, acidentes sérios podem acontecer. É de extrema importância encontrar formas de prevenção. 

As consequências para esses acidentes podem ser graves, desde uma lesão que deixe sequelas, até a necessidade de aparelhos que tentem trazer de volta a antiga mobilidade, como é o caso de bengalas e muletas

Em alguns casos, os acidentes podem se dar por um calçado que não se ajuste à necessidade do idoso ou até pela caminhada em chãos escorregadios, com declínio ou buracos. 

Para os desafios encontrados fora de casa, calçadas e espaços com acessibilidade deficitária, não há muito o que se fazer a não ser andar com muito cuidado, e se possível, contar com a ajuda de um conhecido para o percurso. 

Já em ambientes da casa, a instalação de barras de ferro e corrimão dentro de casa ajudam e muito ao idoso ter um outro ponto de apoio para se locomover. Isso lhe traz mais segurança para andar dentro de casa e fazer as suas tarefas. 

Os tapetes antiderrapantes ajudam na hora do banho. As quedas dentro do box são uma das mais recorrentes e uma das mais graves. Por isso, todo cuidado é pouco. 

Se você deseja saber mais sobre o perigo que as quedas representam para pessoas de mais idade, escrevemos um artigo bastante completo sobre o assunto. 

Leia o nosso texto Cuidado onde pisa: a queda de idosos é risco de vida e saiba tudo sobre esse delicado tema. Esperamos que ajude! 

Um dos maiores causadores de acidente: o medo 

Muitas vezes o medo pode acarretar graves consequências. Isso não significa que qualquer pessoa deva desafiar o medo e colocar a própria vida em risco. 

Porém, há um outro lado da moeda. O medo pode fazer uma pessoa não conseguindo agir como deveria para poder enfrentar e resolver uma questão. 

Uma pessoa, por exemplo, que resolve mexer com frituras e acaba provocando fogo pelo excesso de quentura no óleo, pode se assustar e tomar uma atitude impensada. Tal ação pode lhe trazer graves consequências e até ajudar a agravar o acidente. 

Quando alguém se deixa tomar pelo medo, o cérebro pode receber estímulos rápidos para tentar reverter o quadro. Porém, nem sempre esses estímulos são direcionados para uma boa ação. 

O medo é uma emoção que pode ser canalizada por meio de inteligência emocional. Quanto mais preparada a sua inteligência emocional é, isto é, sua capacidade para lidar com as próprias emoções de forma equilibrada, melhores poderão ser os reflexos para lidar com um acidente. 

Esse texto te ajudou a saber como prevenir ainda sobre os acidentes domésticos? Então, não deixe de compartilhar com seus amigos e família para ajudar outras pessoas.

Share:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *